Kelps chama a atenção para os efeitos do fechamento das Alpargatas no RN

A economia do Rio Grande do Norte voltou a ser assunto de pronunciamento do deputado Kelps Lima (Solidariedade) durante sessão plenária na Assembleia Legislativa. Nesta quarta-feira (6), o parlamentar chamou a atenção para os efeitos do fechamento da última fábrica das Alpargatas no Rio Grande do Norte. Unidade de produção ficava na cidade de Nova Cruz, e tinha quase 400 funcionários contratados. Kelps solicita atenção do Governo do Estado para a situação.

“São quase 400 empregos que o município de Nova Cruz perde com o fechamento das Alpargatas, o que gera impactos econômico e social, além de afetar a arrecadação da prefeitura e o comércio local. Espero que o Governo veja alternativas para essa situação”, disse Kelps Lima.

Para o deputado, o Rio Grande do Norte não produz um ambiente econômico favorável e faz um apelo ao Governo para que tente remediar a situação e estude alternativas para o desemprego na região. “A economia não está em pauta no RN e nenhuma empresa fica em um ambiente sem condições de negócios. A economia do Estado não pode ser sustentada pelo dinheiro público. Discutir a economia é debater a sustentabilidade da sociedade”.

Kelps Lima destaca que se não for feito nada pelo município de Nova Cruz a violência vai aumentar por causa do desemprego.

Em aparte, a deputada Márcia Maia (PSDB) reforçou a preocupação com o aumento da violência e disse que é preciso investir nas políticas de prevenção. “Agosto foi o mês mais violento da história do Rio Grande do Norte e a população está desesperada. Temos que nos preocupar com o fortalecimento da economia para reduzir essa insegurança”.

Assessoria

Leave a Comment