Melhorias de estradas no RN e do transporte público em Natal pautam horário dos deputados

Os deputados Souza (PSB) e Eudiane Macedo (PV) se pronunciaram reivindicando melhorias para o interior do RN e a capital. Primeiro a se pronunciar no horário destinado aos deputados na sessão plenária desta quarta-feira (8), o deputado Souza reivindicou melhorias nas estradas através de requerimentos ao governo estadual.
 
“Solicitamos a recuperação da RN-011, que dá acesso à Serra do Mel e da RN-072, que passa por Frutuoso Gomes e vai até o trevo de Lucrécia, mas também queremos agradecer à governadora por atender o pleito de recuperação da área mais crítica da RN, de acesso a Grossos”, destacou Souza. O parlamentar afirmou que nesse trecho o governo estadual recuperou por completo 4 km da estrada, cuja situação precária não comportava mais operações “tapa buraco”.
 
Souza também voltou a solicitar à Secretaria de Saúde do RN (Sesap), a implantação de uma unidade do Samu para atender os municípios de Grossos e Tibau. “No momento a população dessas cidades é atendida pelo Samu de Areia Branca e a assistência fica difícil por conta do rio”, observou.
 
O parlamentar ainda agradeceu aos colegas da Assembleia Legislativa a aprovação, ontem (7), da Lei Daniel Dias da Fonseca, iniciativa do seu mandato. A lei que dispõe sobre a criação, o comércio e o transporte de abelhas-sem-ferrão (Meliponíneas). Souza destacou a atuação do homenageado, falecido há cerca de um ano. “Ele coordenava no Sebrae os projetos de fortalecimento das cadeias produtivas da apicultura e da melinopolicultura, que ajudou a alavancar em nosso Estado quando inseriu a atividade nos projetos do Sebrae”, afirmou.
 
 
Durante a sessão plenária o deputado Jacó Jácome (PSD) apresentou voto de pesar pela morte súbita do vice-prefeito de Upanema, Carlinhos Garcia e destacou os serviços prestados ao povo daquela cidade seja como vice-prefeito ou vereador por dois mandatos.
 
 
A questão do transporte público de Natal, cuja população vem sendo penalizada com a redução da quantidade de ônibus que atendem os diversos pontos da cidade foi o tema da deputada Eudiane Macedo. Segundo a deputada, foram 34 linhas que já deixaram de circular.
 
“Se observarmos bem, vamos perceber que na cidade a gente quase não vê transporte público como víamos antes e isso vêm afetando milhares de pessoas, principalmente trabalhadores e estudantes que não sabem a quem recorrer. Há trabalhadores que não estão voltando para as suas residências, ficam no seu local de trabalho para dar continuidade aos afazeres no outro dia e alguns estão indo em casa somente nos finais de semana, porque não têm condições de se deslocar”, alertou a deputada.
 
Eudiane Macedo citou várias linhas que estão prejudicadas com a retirada de ônibus, incluindo os “corujões”, que rodavam na madrugada. A deputada citou que a decisão judicial determinando o retorno das linhas vem sendo descumprida tanto pela prefeitura de Natal quanto pelo Seturn.
 
“A justiça estipulou multa que deverá ser paga pelos dois (prefeitura e Seturn) e uma audiência já está marcada para o dia 17 de junho. Quem vem acompanhando esse processo sabe a dificuldade que é para o trabalhador e o estudante se locomoverem ao seu local de trabalho e estudo”, lamentou Eudiane.
 
A parlamentar também citou a má condição das paradas de ônibus da capital. “Têm pessoas que ficam até duas horas e meia aguardando o transporte, procuram um abrigo e não encontram, pois as paradas não protegem da chuva e nem do sol. Como moradora da zona Norte, muitas vezes perdi vaga de emprego pela falta de transporte público, porque o patrão já deduzia que iria chegar atrasada”, disse a deputada.

Leave a Comment