Moradora de Caçapava morre com suspeita de febre amarela

Raquel Tossetto era moradora do bairro Jardim Caçapava (Foto: Arquivo Pessoal)
Raquel Tossetto era moradora do bairro Jardim Caçapava (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma mulher de 34 anos, moradora de Caçapava (SP), morreu na madrugada deste domingo (8) por suspeita de febre amarela. Se confirmada, essa será a primeira morte pela doença na cidade.

Segundo a Vigilância Epidemiológica, Raquel Tossetto era moradora do bairro Jardim Caçapava e morreu com complicações renais e hepáticas. Ela estava internada no hospital Frei Galvão em Guaratinguetá.

O exame que pode comprovar o diagnóstico de febre amarela será feito pelo Instituto Adolfo Lutz de Taubaté e deve ter um resultado em até 15 dias.

A Prefeitura de Caçapava informou que a mulher não foi vacinada contra a febre amarela, e realizou trilha no município de Santo Antonio do Pinhal e Monteiro Lobato. Ela recebeu os primeiros atendimentos no hospital Unimed de Caçapava, no dia 4 de abril, antes de ser transferida para Guaratinguetá.

O corpo da jovem está sendo velado desde às 13h no Velório Municipal de Caçapava e será enterrado às 16h no cemitério municipal.

Caçapava tem seis notificações de febre amarela em 2018, sendo 3 casos positivos (1 autóctone e 2 importados) e 3 casos em investigação, incluindo a morte da mulher.

Vacinação

Além das oito unidades que já realizam a vacinação, o Centro de Saúde “Dr. Odilon de Souza Miranda” – “Postão”, passa a fazer a imunização a partir desta segunda (9).

O posto fica na rua Prof° João Batista Ortiz Monteiro, n° 345 – Vila Antonio Augusto, e atenderá em horário alternativo das 14h às 22h. Os demais postos funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. Confira onde se vacinar em Caçapava.

Fonte: https://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/moradora-de-cacapava-morre-com-suspeita-de-febre-amarela.ghtml