MP vai investigar Haddad e aliados de Alckmin em SP

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, durante cerimônia de lançamento do ‘Novo Ensino Médio’, em Brasília (DF) – 22/09/2016 (Ueslei Marcelino/Reuters)

O Ministério Público do Estado de São Paulo deu início à instauração de uma série de inquéritos para investigar os crimes apontados por executivos e ex-executivos da Odebrecht nos acordos de colaboração firmados com a Procuradoria-Geral da República. Entre outros, serão investigados o ex-prefeito da capital Fernando Haddad (PT), deputados estaduais, ex-diretores de estatais e integrantes do governo Geraldo Alckmin (PSDB). O próprio governador de São Paulo é alvo de pedido de inquérito no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Na mira da promotoria, estão obras nas linhas 2, 4, 5 e 6 da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô), um emissário submarino da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), o Trecho Sul do Rodoanel e a Rodovia Carvalho Pinto, ambos tocadas pela Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa), além de uma rodovia construída pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e uma obra não especificada pelos delatores da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU).

No caso de Haddad, os investigadores querem saber se a Odebrecht obteve vantagens junto à Prefeitura de São Paulo durante a gestão do petista (2013-2016) por efetuar repasses via caixa 2 para sua campanha. Ao menos quatro procedimentos preparatórios para instauração dos inquéritos civis haviam sido protocolados até sexta-feira. Os promotores pretendem instaurar todos os inquéritos até o fim desta semana.

 

Fonte:http://veja.abril.com.br/brasil/mp-vai-investigar-haddad-e-aliados-de-alckmin-em-sp/