MPT/RN ingressa com ação para mudança de horário de jogos da Série C do Brasileirão

961515631_CampeonatoBrasileiro

O Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte (MPT/RN) ingressou com ação civil pública (ACP) contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) visando à alteração ou suspensão dos jogos da Série C do Campeonato Brasileiro de Futebol marcados para as 11h e que envolvam equipes potiguares.

Caso acatados ainda esta semana, os pedidos liminares já teriam efeitos sobre a partida agendada para esse domingo (5), em João Pessoa, envolvendo Botafogo/PB e ABC/RN.

A ACP foi ajuizada na 1ª Vara do Trabalho de Natal/RN e teve como base denúncia do Sindicato dos Atletas Profissionais de Futebol do RN, após recebimento de abaixo-assinados dos jogadores de ABC e América.

Dentre os argumentos utilizados, o MPT/RN cita estudos que apontam os prejuízos à saúde do jogador profissional de futebol quando submetido à prática do esporte em temperaturas elevadas e exposto aos raios ultravioletas no horário das 11h às 13h30.

“É chocante que, mesmo diante de risco comprovado para a saúde e integridade física dos atletas, a entidade máxima do futebol brasileiro não repense este novo formato de jogos matutinos”, ressalta o procurador do Trabalho José Diniz de Moraes, que assina a ação.