Multidão se uniu na Avenida Itapetinga para protestar pela morte da estudante Maria Karolyne

Uma multidão de gente se uniu em favor da justiça, da paz, e em protesto contra o assassinato da estudante de turismo, da UFRN, que foi vitimada na última quarta feira (20), na Avenida Itapetinga, Conjunto Santarém, Zona Norte de Natal.

Maria Karolyne foi assassinada de forma fria e covarde por um bandido que assaltou seu celular. Ela estava fazendo caminhada, acompanhada de sua irmã, quando foi abordada e cruelmente assassinada.

A mãe de Karol, a senhora Giankarla disse em meio a seu discurso: “eu queria que a secretária de segurança do Estado, Kalina Leite saísse daquela sua pose, com seus cabelos bem alisados e bem tratados, e invés de ficar mentido para a população, dizendo que as coisas vão bem, ela viesse para aqui, onde minha filha foi morta”.

P1020163

P1020165

P1020166

P1020167

 P1020168

A insegurança

Se a segurança do Estado estivesse bem, a Karolyne estava viva em sua casa com seus familiares.

Segundo declarações do próprio bandido que conduzia a moto; ele disse que estava juntamente com o assassino tomando banho na lagoa de Extremoz. Se uma viatura da polícia tivesse passado ali e feito uma abordagem preventiva, esse crime não teria acontecido. Pois os bandidos teriam sido desarmados.

Veja o vídeo em que a irmã de Karol fala muito emocionada sobre a tragédia que vitimou sua família.