Objetivo é que Bolsa Família seja desnecessário, diz Temer

size_810_16_9_2016-06-29t163918z_865985225_s1aetmsnjiaa_rtrmadp_3_brazil-politics

Brasília – O presidente em exercício, Michel Temer, afirmou nesta quarta-feira, 29, em cerimônia no Palácio do Planalto, que o objetivo do governo é “num dado momento” verificar que talvez seja desnecessário o programa Bolsa Família.

Ao anunciar o reajuste de 12,5% em média no benefício, Temer disse que a medida mostra “valorização do programa”, que não teve reajuste nos dois últimos anos, mas ressaltou de que apesar de fundamental, ele não deve ser algo “para perdurar”.

“Enquanto houver extrema pobreza o Bolsa Família vai existir”, disse.

Segundo Temer, faz parte de uma “concepção cívica” a necessidade de que os programas que deram certo continuem.

O presidente em exercício ressaltou, como tem dito em seus últimos eventos, “que o primeiro direito social é o direto ao emprego”.