Olavo de Carvalho morre aos 74 anos nos Estados Unidos

No ano passado, Olavo de Carvalho chegou a ser internado no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas após sofrer um mal súbito durante voo / Reprodução/YouTube

O escritor  Olavo de Carvalho, morreu na noite desta segunda-feira, 24, na região de Richmond, na Virgínia, nos Estados Unidos. A informação foi divulgada nas redes sociais pela família. Segundo o comunicado, o escritor de 74 anos estava hospitalizado. No ano passado, Olavo Luiz Pimentel de Carvalho chegou a ser internado no Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (InCor) da FMUSP, em São Paulo, após sofrer um mal súbito durante voo aéreo. Ele já havia sido internado em um hospital na Virgínia por problemas respiratórios e chegou a passar por um cateterismo e por uma cirurgia de emergência na bexiga no Brasil. A causa da nova internação de Olavo e de sua morte não foram divulgadas. No entanto, no último dia 16, o filósofo tinha anunciado ter se infectado pelo coronavírus e cancelado as aulas online de seu curso de filosofia.

“O professor deixa a esposa, Roxane, oito filhos e 18 netos. A família agradece a todos os amigos as mensagens de solidariedade e pede orações pela alma do professor”, diz nota no perfil oficial do escritor, que recebeu mensagens de críticos e de apoiadores, entre eles os filhos do presidente Jair Bolsonaro. “Que Deus receba o Professor em sua infinita bondade”, escreveu o deputado federal Eduardo Bolsonaro no Twitter. “Ao Professor Olavo a minha eterna gratidão por sua vida dedicada ao conhecimento, que semeou em uma terra arrasada chamada Brasil e fez florescer em muitos de nós um sentimento de esperança, de amor pela verdade e pela liberdade. Que sua obra ilumine para sempre a nossa história!”, afirmou o vereador Carlos Bolsonaro, também na rede social. “Grande foi a sua influência em nossas vidas, não apenas em política, mas também através de ensinamentos valorosos e inúmeras amizades geradas por convergência de valores”, completou.

Jovem Pan