Vivaldo faz apelo para que Saúde no RN seja prioridade

unnamed (31)

Parlamentar disse que soluções para problemas de filas e superlotação precisam ser mais ágeis

Citando como exemplo o aparelho de tomógrafo do Hospital Walfredo Gurgel, que se encontra quebrado, o deputado Vivaldo Costa (PROS) fez um apelo para que a saúde pública no RN tenha soluções mais rápidas no tocante a este e outros problemas. O parlamentar citou ainda o caso do pronto-socorro de hospitais que estão com grandes demandas, principalmente no tocante às urgências e emergências causadas pela dengue, chikungunya e zyka vírus.

“Estou fazendo um apelo para que a Saúde do nosso Estado melhore e sugiro que o secretário Ricardo Lagreca consiga recursos para o interior, a fim de melhorar o atendimento da população que está morrendo por falta de assistência digna. Nosso secretário é um homem respeitado, fez uma grande gestão no Hospital Onofre Lopes, mas é preciso rapidez nesse momento porque muitas pessoas estão morrendo por falta de assistência”, afirmou o deputado.

O parlamentar mencionou os maiores municípios do Seridó – Caicó e Currais Novos – que estão com grandes demandas no pronto-socorro e sugeriu que a ampliação do espaço físico dessas unidades de saúde possa ser feita de forma alternativa, utilizando-se contêineres e outras. “Em Caicó são atendidas cerca de 500 pessoas por dia e quem chega pela manhã só consegue ser atendido à noite”, disse Vivaldo Costa.

Em aparte, os deputados Hermano Morais (PMDB), Nelter Queiroz (PMDB) e Kelps Lima (Solidariedade) endossaram esta preocupação. Para Hermano, a situação é grave tanto na capital quanto no interior. A falta de recursos foi citada por Nelter Queroz: “A situação é muito delicada. O secretário Ricardo Lagreca competente e está mostrando o maior interesse em melhorar a saúde pública, mas me parece que a situação é falta de dinheiro”, afirmou. Kelps Lima criticou o Governo Estadual e afirmou que os problemas se agravam pela falta de propostas e planejamento. “A saúde não tem solução fácil, exige recursos e uma equipe qualificada e o secretário não é autor dos problemas”, afirmou.

Assessoria

Cenário de dunas, mar e sertão aguarda o fogo olímpico na terra do sol e do sal

6c67f3eb-963c-469b-96d3-a9e33ae99ee4

Quando ingressar no Rio Grande do Norte, a chama olímpica vai percorrer, inicialmente, um cenário de verdes canaviais entre a Paraíba e a Natal, onde pernoitará para uma merecida festa já em clima de festejos juninos.  A capital potiguar promete receber o símbolo dos jogos olímpicos com uma grande celebração na noite do dia 4 de junho.

Antes de entrar em Natal, a tocha olímpica vai passar por São José de Mipibú e Parnamirim, duas cidades da região metropolitana. A primeira, uma antiga missão indígena, ainda preserva a majestosa igreja de Santana e São Joaquim. Ao lado, fica a antiga Vila de Papary, hoje Nísia floresta, com sua igreja barroca dedicada à Nossa Senhora do Ó, um gigantesco baobá na pracinha e o túmulo de sua filha mais ilustre, Nísia Floresta Brasileira Augusta, tida como a primeira feminista brasileira. A rota da tocha é passagem obrigatória para destinos como Pipa, Tabatinga e Búzios, entre outras praias ao sul de Natal.

Já Parnamirim, também conhecida como o Trampolim da Vitória, abriga a histórica Base Aérea usada pelos Estados Unidos durante a 2ª Guerra Mundial. O município ainda é sede da base de lançamento de foguetes da Barreira do Inferno e do frondoso cajueiro, mundialmente conhecidos pela sua copa em torno de 10.000 m², além das badaladas praias de Pirangí e Cotovelo.

Enquanto a tocha voa para o arquipélago de Fernando de Noronha a uma hora de Natal, no dia 5, os potiguares continuarão no ritmo da sanfona que embala os arraiás do litoral ao sertão e no vai-e-vem dos buggys e dromedários pelas dunas de Genipabu ao norte da capital. Têm opções para todos os gostos e bolsos numa terra onde o sol brilha o ano interior. O visitante ainda tem a opção e se refrescar num banho de mar ou de inúmeras lagoas ao longo de 400 km de costa.

No dia 6 de junho, a tocha retorna ao continente com uma incursão pelo sertão potiguar. No roteiro estão Lajes e Angicos, separadas pelo monumento natural do Pico do Cabugi, um vulcão extinto escalado pelos amantes do traking e praticantes do ecoturismo. Lajes ainda se orgulha de ter sido a primeira cidade brasileira administrada por uma mulher. A prefeita Alzira Soriano, eleita em 1928, quatro anos antes do voto feminino no Brasil.

Após uma pausa em Angicos, a chama da Olímpiada chegará em Assu, cidade banhada pelo rio de mesmo nome, o maior do estado. Emoldurada por carnaubais, há mais de 200 anos Assu dedica o mês de junho ao padroeiro São João Batista com muita quermesse, novena, grandes shows populares, festivais de quadrilhas e o auto de São João, encenado na frente da matriz.

Já em Mossoró, o fogo olímpico fará mais um pernoite antes de ingressar no Ceará. A segunda maior cidade do Rio Grande do Norte realiza o maior São João do estado. Um caldeirão cultural com agenda e espaço para diferentes manifestações artísticas. Destaque para o espetáculo “Chuva de Bala no País de Mossoró”. A encenação relembra a vitória da cidade contra o bando de Lampião no dia de Santo Antônio. A igreja de São Vicente, cenário do espetáculo, ainda mantém na torre as marcas das balas do fatídico dia 13 de junho de 1927 quando o cangaceiro Jararaca caiu ferido e foi morto.

Além de outras três igrejas que serviram de trincheiras contra o ataque, do Palácio da Resistência e da Estação das Artes, centro cultural situado na sede da antiga estrada de ferro, o corredor cultural de Mossoró ainda leva o visitante ao Memorial da Resistência ao cangaço. Já o museu da cidade que abriga rico material histórico no prédio da antiga Cadeia Pública, testemunhou boa parte da história libertária da cidade. Foi palco da abolição dos escravos pela Sociedade Libertadora Mossoroense antes da lei Áurea e do primeiro voto feminino. Celina Guimarães Viana foi a primeira brasileira a ter título de eleitora em 1927.

Aos menos aficionados em história, Mossoró ainda é conhecida pelas suas águas termais e pirâmides de sal na foz do rio que banha a cidade. Cerca de 95% do sal brasileiro é extraído da região de Mossoró.  Além da beleza exótica das salinas, as cidades vizinhas de Tibau, Grossos e Areia Branca, ainda oferecem praias de areias finas e brancas dunas praticamente inexploradas.

Desde 2003, o Ministério do Turismo já realizou mais de mil contratos para apoiar o desenvolvimento do turismo no Rio Grande do Norte. São R$ 430 milhões em obras de infraestrutura turística, sendo R$ 386 milhões de responsabilidade do MTur, com destaque para a reforma do Centro de Convenções de Natal; reurbanização da orla   e implantação do Museu da Rampa, também na capital, e para o teleférico de Santa Rita de Cássia, em Santa Cruz, no interior do estado.

A tocha visitará sete cidades do Rio Grande do Norte com pernoites em Natal e Mossoró. Saiba quais são:

São José de Mipibu

Parnamirim

Natal

Lages

Angicos

Assu

Mossoró

Assessoria

Kelps Lima fala sobre morte de policial militar em Mossoró

unnamed (30)

A morte do policial militar, ocorrida ontem (21) em Mossoró, foi assunto do pronunciamento do deputado estadual Kelps Lima (SDD) em sessão ordinária desta terça-feira (22). Wildiney Alves de Andrade morreu após ser baleado em uma troca de tiros com ladrões. O parlamentar chama a atenção para a necessidade de valorização da categoria.

“Wildiney morreu ao tentar conter um assalto num cartório e infelizmente eu apresento mais um voto de pesar pela morte de outro policial militar vítima da violência. Precisamos ter uma visão mais ampla para a categoria, que está condicionada a defender a sociedade e que tem uma condição de vida especial”, disse Kelps.

Kelps Lima destaca o cotidiano de um policial que sai de casa, estando ou não a trabalho, e não sabe se vai atirar ou levar um tiro. O deputado lembrou que apresentou uma emenda dando autonomia financeira para a Polícia Militar e Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte. “Com a autonomia financeira, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros deixariam de ter interferência política”, disse.

Assessoria

Vídeo mostra momento em que policial é assassinado em Natal; veja

A Delegacia Geral de Polícia Civil do Rio Grande do Norte (Degepol) divulgou na tarde desta terça-feira (22) um vídeo com imagens do momento em que o policial civil Iriano Serafim Feitosa foi assassinado a tiros na avenida do Xavantes, em Cidade Satélite, na Zona Sul de Natal. O crime foi cometido no dia 3 de fevereiro deste ano. Na manhã desta terça, a Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) potiguar prendeu o também agente de Polícia Civil Tibério Vinícius Mendes de França, apontado como sendo o principal suspeito do crime.
O vídeo, feito por uma câmera de vigilância, mostra o momento em que o o carro de Iriano reduz a velocidade para passar por uma lombada. Um motociclista fica ao lado do carro e efetua vários disparos de arma de fogo. Iriano morreu minutos após dar entrada no pronoto-socorro Clóvis Sarinho, em Natal.
iriano
A advogada Ana Paula Nelson, viúva de Iriano, foi atingida por dois tiros – um na perna e outro no quadril.
Ana Paula diz saber quem matou o marido em Natal (Foto: Ana Paula Nelson/Arquivo Pessoal)
Ana Paula diz saber quem matou o marido em
Natal (Foto: Ana Paula Nelson/Arquivo Pessoal)
Tibério Vinícius foi detido em cumprimento a um mandado de prisão preventiva assinado pelo juiz Ricardo Procópio Bandeira de Melo, titular da 3ª Vara Criminal de Natal. O policial foi chamado para prestar depoimento na DHPP. Ao chegar, recebeu voz de prisão. O agente também é apontado pela Polícia Federal como suspeito de envolvimento com grupos de extermínio, investigação que faz parte da operação Thanatus, deflagrada em dezembro do ano passado.
A morte de Iriano Feitosa é investigada por uma comissão de delegados que faz parte da DHPP. “A prisão do agente Tibério foi pedida à Justiça após a constatação da existência de provas materiais e testemunhais que demonstram a atuação do suspeito para a consecução do homicídio. Além disto, a prisão preventiva foi pedida para garantia da ordem pública e conclusão da investigação”, informou a assessoria de comunicação da Polícia Civil.
A advogada Ana Paula Nelson, viúva de Iriano, também aponta Tibério como sendo o autor do homicídio. Entrevistada pelo G1 duas semanas após o crime, ela disse que a execução foi motivada pelo fato de o marido dela ter denunciado o outro policial por envolvimento com extorsão. “É de conhecimento de toda a polícia que meu marido e esse policial tinham uma rixa. Iriano vinha denunciando crimes cometidos por esse policial e ele já vinha nos ameaçando. Tanto que existe um inquérito para investigar quem foi o autor de tiros contra o nosso apartamento. Tenho certeza que também foi ele quem fez isso”, afirmou a viúva.

CCJ discute a aprova 11 matérias na primeira reunião deliberativa

unnamed (29)
Crédito da foto: Eduardo Maia

Projeto que concede isenção de taxas para doadoras  de leite materno é aprovado

Na primeira reunião deliberativa deste ano, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) discutiu, votou e  aprovou 11 matérias nesta terça-feira (22) deixando o presidente do grupo permanente de trabalho, deputado Albert Dickson(PROS), satisfeito com o empenho dos relatores dentro da agilidade que pretende estabelecer.
“É dessa forma que pretendemos trabalhar na CCJ. Nesta reunião foram aprovadas matérias importantes para o Estado. Destaco entre elas a de origem no Ministério Público, que trata da extinção de cargos de promotor e procurador de Justiça e a que concede para doadoras de leite materno isenção do pagamento de inscrição em vestibular na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte e nos concursos públicos, de iniciativa do deputado Gustavo Fernandes (PMDB)”, afirma Albert Dickson.
O Projeto de Lei Complementar 07/16 do MP vai representar uma economia de R$ 9 milhões e 808 mil. Ficou definido que o Ministério Público não será extinto na cidade de São Rafael, como estava no projeto original.
A matéria que trata da isenção para as doadoras de sangue materno recebeu um substituto do relator deputado José Adécio (DEM).  A isenção prevista será concedida mediante apresentação, na forma prevista em edital, de documento comprobatório das doações realizadas, emitido por banco de leite humano em regular funcionamento.
Participaram da reunião, os deputado Albert Dikckson, Carlos Augusto Maia (PSD), Márcia Maia (PSDB), Gustavo Fernandes, José Adécio e Kelps Lima (Solidariedade). O presidente da CCJ distribuiu 18 matérias para serem relatados na reunião ordinária da próxima terça-feira (29).

Assessoria

Deputados estaduais formam nova composição partidária na Assembleia

unnamed

Com a janela partidária que permitiu a troca de partidos aos detentores de mandatos legislativos, oito deputados estaduais trocaram de legenda e passam a compor novas bancadas na Assembleia Legislativa. Com as mudanças, o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), que até então não possuía representantes na atual legislatura, passa a ser a maior bancada partidária da Casa.

A legenda recebeu a adesão do presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira de Souza, que deixou o PMDB, e dos deputados Gustavo Carvalho e Raimundo Fernandes, antes do PROS. A deputada Márcia Maia, ex-PSB, e o deputado José Dias, ex-PSD, também estão no partido.

Outra legenda que cresce na Assembleia em razão das mudanças é o Partido Social Democrático (PSD). Apesar da saída de José Dias, a sigla recebeu a adesão dos deputados Carlos Augusto Maia, ex-PTdoB, e Jacó Jácome, ex-PMN, que se somam aos parlamentares Galeno Torquato (PSD) e Dison Lisboa (PSD), líder do Governo na Casa.

O Partido Socialista Brasileiro (PSB), mesmo com a saída da deputada Márcia Maia, manteve dois representantes na Assembleia Legislativa em razão da chegada do deputado Ricardo Motta, ex-PROS, que passa a representar a legenda ao lado de Tomba Farias.

Com as mudanças, os partidos políticos na Assembleia ficam assim representados: noPSDB Ezequiel Ferreira, Gustavo Carvalho, José Dias, Raimundo Fernandes e Márcia Maia; no PSD Dison Lisboa, Galeno Torquato, Carlos Augusto Maia e Jacó Jácome; noPMDB Gustavo Fernandes, Hermano Morais, Álvaro Dias e Nélter Queiroz; no PSBTomba Farias e Ricardo Motta; no DEM José Adécio e Getúlio Rêgo; no PROS Vivaldo Costa e Albert Dickson; no PT Fernando Mineiro; no PHS Souza Neto; no PR George Soares; no PCdoB Cristiane Dantas e no Solidariedade o deputado Kelps Lima.

Bancadas e Blocos
Na Assembleia Legislativa, o partido com no mínimo três deputados forma o agrupamento chamado bancada partidária, enquanto o bloco parlamentar é constituído pela união de no mínimo três parlamentares de partidos que não possuem a representatividade exigida para formarem uma bancada. As atividades exercidas por esses grupos são fundamentais ao processo legislativo e asseguram o pluralismo do Legislativo Potiguar.

A formação dos novos blocos parlamentares será anunciada nas próximas semanas.

Assessoria

Preso é espancado e morre dentro de penitenciária no RN, diz Coape

Manoel Ambrósio sobrinho foi morto p
Manoel Ambrósio sobrinho foi morto

Um preso foi morto na noite desta segunda-feira (21) dentro da Penitenciária Estadual de Parnamirim, na Grande Natal. A informação foi confirmada por Zemilton Silva, coordenador de Administração Penitenciária (Coape). “Foi vítima de espancamento”, disse.

O crime aconteceu no pavilhão 2 da unidade. Um guariteiro viu o detento sendo espancado na quadra e acionou os agentes penitenciários. Eles entraram no pavilhão e retiraram o preso, que já estava bastante ferido. O Samu foi ao local, mas o homem já estava morto.

O detento foi identificado como Manoel Ambrósio Sobrinho, de 45 anos. Natural de Bento Fernandes, ele cumpria pena por homicídio e tráfico de drogas.

Mortes em presídios
A morte de Manoel Ambrosio Sobrinho foi a quinta registrada este ano dentro do sistema prisional potiguar. A última aconteceu na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior unidade prisional do estado. André Carlos Silva de Limeira, de 28 anos, mais conhecido como ‘André Pé Seco’, foi encontrado com uma corda amarrada no pescoço, dependurado numa trave de futebol na quadra do pavilhão 2, dominado por uma facção da Paraíba.

2015
Ano passado, 28 homens morreram dentro de unidades carcerárias do RN. Deste total, 25 foram assassinados a facadas ou encontrados enforcados, mortos em condições suspeitas. Outros dois morreram soterrados após o desabamento de um túnel na Penitenciária Estadual de Alcaçuz. E, no início de 2015, um adolescente morreu ao ser baleado em uma unidade para cumprimento de medida socioeducativa durante uma tentativa de resgate no Ceduc de Caicó. Os números são da Coordenadoria de Análises Criminais da Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Calamidade
O governo do Rio Grande do Norte renovou por mais seis meses o decreto de calamidade no sistema prisional potiguar. A renovação, assinada pelo governador Robinson Faria, foi publicada na edição do dia 17 de março do Diário Oficial do Estado (DOE). O documento diz que a renovação tem por objetivo “legitimar a adoção e execução de medidas emergenciais que se mostrarem necessárias ao restabelecimento do seu normal funcionamento”.

G1

Carro pega fogo após capotar na Zona Sul de Natal

Carro pegou fogo após capotar na Zona Sul de Natal (Foto: Muriú Mesquita/Inter TV Cabugi)
Carro pegou fogo após capotar na Zona Sul de Natal (Foto: Muriú Mesquita/Inter TV Cabugi)

G1 – Um carro capotou e pegou fogo na madrugada desta terça-feira (22) na marginal da BR-101, no viaduto de Ponta Negra, Zona Sul de Natal. O Corpo de Bombeiros foi acionado e apagou as chamas. O motorista do veículo conseguiu escapar.

O acidente aconteceu por volta das 4h30. O Corpo de Bombeiros informou que o motorista perdeu o controle ao fazer a curva para subir o viaduto de Ponta Negra. Ele invadiu o canteiro e capotou. O condutor, ainda não identificado, conseguiu sair do veículo a tempo. O carro ficou completamente queimado.

Seca histórica faz governo do RN renovar emergência em 153 cidades

pau-7

O governo do Rio Grande do Norte renovou, por mais 180 dias, a situação de emergência no qual se encontram 153 dos 167 municípios do estado – o equivalente a 91,6% das cidades potiguares. O motivo? A seca histórica, a pior dos últimos 100 anos, que assola o sertão potiguar desde 2011. A prorrogação do decreto foi publicada na edição desta terça-feira (22) do Diário Oficial do Estado.

O decreto também cita alguns dos prejuízos causados pela longa estiagem. De 2012 a 2015, por exemplo, o estado perdeu mais de 135 mil cabeças de gado. Já no período entre 2012 e 2014, ainda segundo o documento, houve uma redução de 65,79% na produção de grãos (milho, arroz, feijão e sorgo).

Os municípios em situação de emergência são: Acari, Assu, Afonso Bezerra, Água Nova, Alexandria, Almino Afonso, Alto dos Rodrigues, Angicos, Antônio Martins, Apodi, Areia Branca, Baraúnas, Barcelona, Bento Fernandes, Bodó, Brejinho, Boa Saúde, Bom Jesus, Caiçara do Norte, Caiçara do Rio do Vento, Caicó, Campo Redondo, Caraúbas, Carnaúba dos Dantas, Carnaubais, Ceará-Mirim, Cerro-Corá, Coronel Ezequiel, Campo Grande, Coronel João Pessoa, Cruzeta, Currais Novos, Doutor Severiano, Encanto, Equador, Espírito Santo, Felipe Guerra, Fernando Pedroza, Florânia, Francisco Dantas, Frutuoso Gomes, Galinhos, Governador Dix-Sept Rosado, Grossos, Guamaré, Ielmo Marinho, Ipanguaçu, Ipueira, Itajá, Itaú, Jaçanã, Jandaíra, Janduís, Japi, Jardim de Angicos, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, João Câmara, João Dias, José da Penha, Jucurutu, Jundiá, Lagoa Nova, Lagoa Salgada, Lagoa D’anta, Lagoa de Pedras, Lagoa de Velhos, Lajes, Lajes Pintadas, Lucrécia, Luís Gomes, Macaíba, Major Sales, Marcelino Vieira, Martins, Messias Targino, Montanhas, Monte das Gameleiras, Monte Alegre, Mossoró, Macau, Nova Cruz, Olho D’água do Borges, Ouro Branco, Passagem, Paraná, Paraú, Parazinho, Parelhas, Passa e Fica, Patu, Pau dos Ferros, Pedra Grande, Pedra Preta, Pedro Avelino, Pedro Velho, Pendências, Pilões, Poço Branco, Portalegre, Porto do Mangue, Pureza, Serra Caiada, Rafael Fernandes, Rafael Godeiro, Riacho da Cruz, Riacho de Santana, Riachuelo, Rodolfo Fernandes, Ruy Barbosa, Santa Cruz, Santa Maria, Santana do Matos, Santana do Seridó, Santo Antônio, São Bento do Norte, São Bento do Trairi, São Fernando, São Francisco do Oeste, São João do Sabugi, São José de Mipibu, São José do Campestre, São José do Seridó, São Miguel do Gostoso, São Miguel, São Paulo do Potengi, São Pedro, São Rafael, São Tomé, São Vicente, Senador Elói de Souza, Serra Negra do Norte, Serra de São Bento, Serra do Mel, Serrinha dos Pintos, Serrinha, Severiano Melo, Sítio Novo, Taboleiro Grande, Taipu, Tangará, Tenente Ananias, Tenente Laurentino Cruz,  Tibau, Timbaúba dos Batistas, Touros, Triunfo Potiguar, Umarizal, Upanema, Várzea, Venha-Ver, Vera Cruz e Viçosa.

Dispensa de licitação
Durante o período em que persistir a situação de emergência, poderá o estado contratar com dispensa de licitação obras e serviços que se mostrarem aptos a aliviar as consequências provocadas pela estiagem.

Colapso
Em meio aos 153 municípios em situação de emergência,17 cidades estão em colpaso, ou seja, água só com a ajuda de caminhões pipa ou de poços artesianos. E em 74 municípios, é o rodízio no abastecimento que ainda garante água nas torneiras.

Previsões pessimistas
O Instituto de Gestão de Águas do Rio Grande do Norte (Igarn) divulgou nesta segunda-feira (21) o último balanço dos níveis das barragens e açudes que o órgão monitora em todo o estado. Ao todo, são 47 reservatórios. Atualmente, 11 deles estão completamente secos e outros 14 encontram-se no volume morto – como é chamada a reserva técnica que fica abaixo do nível das comportas. A análise ainda traz previsões pessimistas. Caso a estiagem persista, por exemplo, apenas um reservatório deverá manter-se com água até 2019: a barragem de Santa Cruz, que fica na região Oeste do estado.

Localizada na cidade de Apodi, a Barragem de Santa Cruz possui atualmente 179,6 milhões de metros cúbicos de água, o equivalente a 29,95% dos 600 milhões de metros cúbicos totais de sua capacidade. Já o maior reservatório do estado, a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, na região do Vale do Assu, que tem capacidade para até 2,4 bilhões de metros cúbicos de água, encontra-se com apenas 19,81% desta capacidade. E, se não chover, deve entrar no volume morto em novembro deste ano ou mesmo secar por completo antes mesmo de o ano acabar.

Chuvas abaixo do normal
As previsões para o sertanejo também não são otimistas. Segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn), as chuvas na região Nordeste devem ficar abaixo do normal no período de março a maio deste ano. Essa foi a conclusão da II Reunião de Análise e Previsão Climática para o Nordeste Brasileiro, evento realizado no final de fevereiro em Natal. Gilmar Bristot, meteorologista da Emparn, disse ao G1 que as chuvas de janeiro – que foram acima do previsto – criaram uma expectativa positiva para o homem do campo, mas a previsão é mesmo de chuvas abaixo do normal. “Nós temos expectativa de chuva, mas abaixo do normal”, afirmou.

Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, está com 25% da capacidade. Este é o mais baixo volume de sua história   (Foto: Anderson Barbosa/G1)
Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, está com 19,81% da capacidade. Este é o mais baixo volume de sua história (Foto: Anderson Barbosa/G1)

21 de março: Dia Internacional da Síndrome de Down

21demarço

Dentre os 365 dias do ano, o 21 de março foi inteligentemente escolhido porque a Síndrome de Down é uma alteração genética no cromossomo “21”, que deve ser formado por um par, mas no caso das pessoas com a síndrome, aparece com “3” exemplares (trissomia). A ideia surgiu na Down Syndrome Internacional, na pessoa do geneticista da Universidade de Genebra, Stylianos E. Antonorakis, e foi referendada pela Organização das Nações Unidas em seu calendário oficial.

Oficialmente estabelecida em 2006 e amplamente divulgada, essa data tem por finalidade dar visibilidade ao tema, reduzindo a origem do preconceito, que é a falta de informação correta. Em outras palavras, combater o “mito” que teima em transformar uma diferença num rótulo, numa sociedade cada vez mais sem tempo, sensibilidade ou paciência para o “diferente”.

A Síndrome de Down foi descoberta em 1862 pelo médico britânico John Langdon Down, e apesar de ainda estarmos em situação muito distante da ideal, nesse intervalo de 153 anos muitos foram os avanços no âmbito da ciência e da sociedade, de forma especial nas últimas três décadas.

De Robson Pires

Assembleia Cidadã abre calendário de 2016 em Pium

unnamed (28)

Promover ações de cidadania sem fins lucrativos, em forma de mutirão. Essa é a missão da Assembleia Cidadã, que promove atendimentos nas áreas de ação social, saúde, educação, cultura e lazer à sociedade carente do Rio Grande do Norte. O programa já analisa o novo cronograma para 2016 e, antes da definição sobre o calendário, a Assembleia Cidadã já atua em prol da população.

“É um programa que beneficia diretamente a população e leva serviços essenciais, além de colaborar com o lazer e qualidade de vida. Vamos buscar sempre seu aperfeiçoamento e fazer com que a Assembleia Cidadã chegue a cada vez mais conterrâneos”, disse o presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira.

Além da realização das ações próprias em Natal e no interior do estado, a Assembleia Cidadã também dá apoio logístico a entidades que realizam atos em prol da sociedade. Para isso, os membros do programa disponibilizam a estrutura de logística e planejamento para que as atividades tenham êxito.

Exemplo dessa atuação é a participação da Assembleia Cidadã em ações do Rotary, como a que ocorreu na última sexta-feira (18) pela manhã, em Pium, promovida pelo Rotary junto a estudantes e famílias da localidade.

Foram realizados atendimentos nas áreas de assistência social, saúde e educação, como corte de cabelo, oficina de brinquedos, clínica médica, pediatria, bazar, recreação e lazer, entre outros.

“É comum que as entidades convidem a Assembleia Cidadã para colaborar com essas ações. Sempre buscamos dar o apoio logístico e levar nossa experiência para que as ações tenham o resultado esperado, apesar de não haver custos adicionais para o Poder Legislativo”, explicou a coordenadora do Assembleia Cidadã, Magaly Cristina.

Aguardando a definição do calendário para este ano, a Assembleia Cidadã levará ao interior e à capital, serviços de retirada de documentos (carteira de identidade, carteira de trabalho e CPF), oficinas de capacitação profissional, oficinas de artesanato, oficinas de educação, corte de cabelo, atendimento médico adulto e infantil, orientação em saúde bucal, recreação infantil, lazer para a comunidade, apresentações culturais, dentre outros.

“Entramos em um ano com muitos desafios e nosso foco continuará sendo contribuir com serviços importantes à população”, disse Magaly Cristina, lembrando que em 2015 foram realizadas três edições do programa.

Assessoria

Bandidos arrombam sede da Secretaria de Justiça do RN

b86894eabb5193d980339d680f3b2ee1-e1454021395706

Bandidos arrombaram a sede da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) e da Coordenação de Administração Penitenciária (Coape) do Rio Grande do Norte entre a noite deste domingo (20) e a madrugada desta segunda-feira (21). A informação foi confirmada pelo secretário de Justiça e Cidadania, Cristiano Feitosa. De acordo com o secretário, quatro salas do prédio onde a secretaria funciona foram arrombadas.

Segundo Feitosa, os bandidos que invadiram o prédio, localizado no Centro Administrativo do RN, na Zona Sul de Natal, conseguiram entrar nas salas da chefia de gabinete, no gabinete do secretário adjunto, na sala onde funciona a direção da Coape e no gabinete do próprio secretário. No entanto, de acordo com a assessoria de comunicação da Sejuc, nada foi roubado da sala do secretário.

Ainda de acordo com o secretário, os bandidos roubaram documentos, notebooks e aparelhos de televisão. A Sejuc informou que uma perícia está sendo realizada no local para identificar o conteúdo dos documentos roubados.

Curso do Instituto do Legislativo Potiguar ensina a otimizar o uso de tablets e smartphones

unnamed (27)

O Instituto do Legislativo Potiguar (ILP) está com inscrições abertas para um curso de aperfeiçoamento ao uso de tablets e smartphones, que acontecerá nos dias 28 e 30 de março.

O curso irá orientar sobre acesso, através dos smartphones, a contas bancárias, músicas, como fotografar e filmar, ler livros, fazer cursos rápidos, acessar a maioria dos sites (já que a tendência é que todos os sites migrem para um formato mais responsivo), comprar em lojas virtuais, e muito mais.

Quem usa tablet vai saber como carregar verdadeiras bibliotecas consigo, e ainda recortar determinadas partes da obra ou grifar em cores diferentes – o que muitas pessoas não fazem em suas versões impressas.

O preço das obras digitais caiu, tornando o livro digital um produto muito acessível. Além disso, quase todas as demais funções do smartphone, (excetuando-se telefonia), você tem agora em seu tablet, que dispõe como fator vantagem a autonomia da bateria, que lhe permite maior tempo de uso.

“O curso propõe aperfeiçoar o usuário ao manuseio do tablet e smathpone como ferramenta de uso cotidiano, ensinando atividades básicas necessárias ao comprimento de operações corriqueiras”, explica o professor George Pereira de Azevedo.

O curso disponibilizado à comunidade através do ILP é gratuito. O Instituto do Legislativo Potiguar, conhecido como Escola da Assembleia, tem endereço na rua Açu, 426, no Tirol, em Natal.

Assessoria

Operador da Lava Jato foragido é preso em Lisboa

download (1)

Raul Schmidt, foragido da justiça e investigado pelo escândalo na Petrobras, foi detido nesta segunda-feira em Lisboa dentro da operação “Lava Jato”.

A Procuradoria portuguesa confirmou a detenção de um cidadão luso-brasileiro por suposto envolvimento nesse escândalo, embora foi a imprensa lusa que revelou a identidade de Schmidt, sócio de um antigo diretor da Petrobras.

A polícia judiciária (PJ) se limitou a indicar, em comunicado, que o detido deverá prestar declaração no Tribunal de Relação de Lisboa, e que é suspeito de “ter atuado como intermediário em operações da Petrobras que levaram à cobrança indevida de comissões no valor de vários milhões de reais”.

Schmidt é investigado pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal do Brasil, e desde julho do ano passado havia um mandado de detenção internacional.

A imprensa portuguesa revelou que a detenção de Schmidt aconteceu hoje em um apartamento de luxo situado no centro de Lisboa, e que ele havia fugido e estava escondido na capital portuguesa, onde contava com a ajuda de vários familiares.

Schimdt tem dupla nacionalidade, brasileira e portuguesa.

A justiça brasileira tinha solicitado oficialmente a cooperação das autoridades portuguesas, por isso que na detenção de hoje participaram policiais e promotores dos dois países.

O Ministério Público português revelou, além disso, que as autoridades brasileiras já “manifestaram intenção de iniciar um processo de extradição” para que Schmidt seja julgado no Brasil.

Dia da Síndrome de Down: Kalina, Manu e Felipe são a marca da Assembleia Legislativa

unnamed

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte tem bons motivos para lembrar, neste dia 21 de março, o Dia Internacional da Síndrome de Down. A data é comemorada desde 2006 e sua importância está no fato de reconhecer que o indivíduo com Síndrome de Down merece respeito, garantia de direitos e oportunidades de inclusão social.

E foi com base nisso que a Assembleia, de forma pioneira no Brasil, contratou, através de um convênio com a Associação Síndrome de Down do Rio Grande do Norte e a Associação de Pais e Pessoas com Deficiência, de Funcionários do Banco do Brasil e da Comunidade (APABB), três funcionários com a síndrome.

Desde 2011, Manuela Nely de Lima Araújo, Kalina Santos Focão e Felipe Medeiros Ramos, compõem o quadro de funcionários da Casa. Lotados no Cerimonial, desempenham funções no setor e no plenário.

No Cerimonial, Kalina, de 27 anos, e Felipe, de 28, trabalham organizando os convites que são emitidos para eventos como sessões solenes e audiências públicas. Já Manuela, Manu como é tratada com carinho pelos deputados, é assistente de plenário.

Até o começo deste ano, Manu era responsável pela lista com registro dos deputados presentes às sessões, porém, com a instalação do painel eletrônico, teve que mudar de função e hoje é responsável por colher assinaturas de deputados para projetos e processos que passam pelo plenário.

Os três funcionários se destacam em todos os setores da Assembleia pela facilidade de relacionamento. Por onde passam são cumprimentados por todos a quem conquistaram nesses cinco anos de muito trabalho. Manu, Kalina e Felipe acordam cedo e chegam cedo à Assembleia onde cumprem expediente até às 13 horas.

Kalina e Manu dividem um motorista contratado para levá-las ao trabalho. Felipe pega carona de manhã cedo com um primo, e volta para casa com a mãe, Francisca Medeiros, que vai buscá-lo todos os dias.

Há poucos meses a vida de Felipe mudou. Ele perdeu o pai, vítima de um AVC. “Eu perdi minha voz e fiquei sem trabalhar, depois eu retornei”, revelou o jovem que tem na família unida, o porto seguro.

“Se eu definir Felipe do jeito que eu acho, é amor demais. Ele não me dá trabalho, é compreensivo, inteligente e eu sou muito coruja”, diz Francisca, reafirmando a dificuldade que a família vem enfrentando com a morte repentina de Edson, ex-funcionário do Ibama.

Mãe e filho dividem alegrias e tristezas com Thiago, irmão mais velho de Felipe que trabalha em um navio de cruzeiros e vive longe de casa. Há poucos dias, vindo da Argentina e seguindo para a Europa, Thiago fez uma parada de duas horas em Recife, tempo suficiente para Felipe e a mãe irem abraçá-lo. Em seu smartphone, o funcionário da Assembleia exibe fotos e mensagens que o irmão manda quase que diariamente, dando conta de suas viagens pelo mundo.

Discreto, o filho de Francisca é hoje um vencedor, na visão da mãe que nunca mediu esforços para buscar a igualdade que jamais imaginou encontrar para o filho.

“Quando ele nasceu não existia essa abertura de hoje; imagine 29 anos atrás, sem conhecimento nenhum, ele parecia alguém totalmente inútil, sem progresso. Uma pessoa para ser isolada”, lembra a mãe, explicando que a família nunca parou diante da dificuldade. “Naquela época levei muitos ‘nãos’ nas escolas. Eu matriculava o outro filho e quando eles viam Felipe, perguntavam: ‘é esse? Nós não recebemos’. Hoje com a inclusão, Felipe tem trabalho, e um trabalho que eu nem almejei”, diz a mãe emocionada.

Apesar de ter parado de estudar, Felipe sonha em ser dentista. Nas horas vagas gosta de jogos no computados e prefere não falar sobre namoro. “Já tive uma e não tenho mais”, foi só o que disse.

Mais expansiva, Kalina gosta de sair, de ir para a fazenda da família, e tem um namorado: Tiago. “Já faz oito anos. Ele é muito quieto e não tem Down. E eu tenho minha sogra e meu sogro”, diz Kalina que costuma combinar os programas sociais com os pais, Focão e Ana Lígia, e com o irmão Marquinhos e a namorada dele, Lilita. “Gosto de sair com meu irmão e os amigos dele que são gente boa demais”, diz Kalina que define seu trabalho no Cerimonial da Assembleia Legislativa com palavras como amor, harmonia e alegria.

É exatamente assim que a chefe do Cerimonial, Gevaneide Pereira, define os três, com quem convive diariamente. “Eles vieram engrandecer o setor e trazer companheirismo. É uma turma muito unida e com eles a gente aprende a conviver  com limitações. Eles desenvolvem toda e qualquer tarefa com alegria e bom humor; são muito amorosos e nos trazem sempre doses de otimismo e alegria”.

Alegria é a palavra que define Manuela Nely, de 31 anos. Manu lembra que estudou em escolas particulares e regulares durante boa parte de sua vida, mas foi só no Magistério, na Escola Berilo Wanderley, que conheceu o preconceito. “Sofri muito preconceito em sala de aula e até hoje não sei como lidar com Matemática, Química e Física. Tinha uma professora que dizia que eu não tinha capacidade de aprender, de passar de ano. Graças a Deus venci, porque eu cheguei ao ponto de desistir do Magistério”, desabafa Manu, que divide suas alegrias e conquistas com a psicopedagoga Janira Bezerra de Brito, que durante anos lhe acompanhou.

Natural de Santa Cruz, Manu é filha única do casal Gorete e José de Anchieta, com quem viaja nas férias e com quem divide, inclusive, as atividades da casa. Quando não está trabalhando, Manu gosta de assistir à novela ‘Cúmplices de um Desejo’, no SBT, e se diverte nas redes sociais. “Minha vida é uma rede social”. Sobre namorados, diz que o assunto é “pessoal” e prefere não misturar os assuntos quando dá entrevistas.