Prefeitura de Natal não irá recolher carros do Uber até regulamentação

uber-4301308

A Prefeitura de Natal decidiu que não vai mais recolher os carros do Uber “até que seja aprovada a regulamentação definitiva desse modelo de transporte”. A decisão foi comunicada através de nota à imprensa emitida na noite desta segunda-feira (29). O aplicativo Uber começou a funcionar na capital potiguar na sexta-feira (26). O fim de semana foi marcado por protestos e brigas entre taxistas e motoristas do Uber.

A Prefeitura diz na nota que, em contato dos dirigentes da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) com os titulares da Promotoria de Defesa do Consumidor, ficou definido que a Secretaria não irá apreender veículos que exploram o serviço.

Além disso, a Prefeitura informa que, ao tomar conhecimento de parecer jurídico da Procuradoria da Câmara Municipal indicando a inconstitucionalidade do projeto que trata da utilização de aplicativos para o transporte de passageiros, encaminhado ao poder legislativo em agosto de 2015, e em comum acordo com a Câmara Municipal, irá retirar esse projeto de lei.

Do G1rn

Ezequiel Ferreira acompanha assinatura para licitação do Transporte Cidadão

unnamed (3)
O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), acompanhou a assinatura da licitação para contratação da empresa que fará o Transporte Cidadão, projeto que vai assegurar as pessoas com doenças crônicas e com deficiência e seus acompanhantes, desempregados, gestantes, idosas e ou beneficiárias de programas sociais de transferência de renda do Governo Federal, o direito a oferta de transporte gratuito. Os deputados Jacó Jácome (PSD), Disson Lisboa (PSD) e Ricardo Motta (PSB) também acompanharam a cerimônia. O ato aconteceu na manhã desta segunda-feira (29), na Escola do Governo.

“Em um momento de dificuldade é preciso inovar, melhorar a gestão. Esse projeto tem um grande alcance social. Só quem tem necessidade sabe da importância desse projeto. Quero parabenizar o Governo do Estado por conseguir inovar em um momento de crise, por criar uma solução para atender a população sem criar gastos para a administração pública, usando o Fundo do Restaurante Popular. É assim, pensando no novo, que vamos vencer a crise”, disse Ezequiel Ferreira.

O projeto do Transporte Cidadão tramitou na Casa Legislativa e foi aprovado em todas as comissões permanentes. De acordo com o texto o programa será operacionalizado pela emissão de um cartão de identificação, após cadastro efetuado na secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas), que estabelecerá os critérios e prioridades para implementação nas áreas escolhidas e com condições de receber o Transporte Cidadão. O programa será gerido pela Sethas e operacionalizado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Crédito da Foto: João Gilberto

Primeiro fim de semana do Uber em Natal é marcado por protesto e brigas

uber

G1 – O aplicativo de transporte individual Uber começou a funcionar em Natal na sexta-feira (26). Antes mesmo de iniciar a operação, houve um protesto promovido por taxistas contra o serviço.Os motoristas percorreram as principais avenidas da cidade, pararam em frente a sede da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) e cobraram a proibição do funcionamento do concorrente.

A primeira viagem em um carro utilizando o novo aplicativo foi feita pelos integrantes da banda potiguar Plutão Já Foi Planeta. Até o fim do sábado (27), pelo menos cinco carros do Uber haviam sido apreendidos pela STTU, que agiu com base em denúncias de taxistas. A categoria alega que protesta porque os motoristas do Uber não pagam os impostos necessários. Em nota, o Uber afirma que não concorda com as apreensões.

Segundo a STTU, as apreensões aconteceram por causa da não regulamentação municipal do serviço. Rogério Leite, chefe de fiscalização, disse que o transporte por meio do aplicativo é considerado clandestino. Já o Uber, alega que o serviço tem respaldo na Constituição Federal e é previsto em lei (Política Nacional de Mobilidade Urbana, PNMU).

Também no sábado, discussões entre os concorrentes aconteceram na capital potiguar. Um dos casos é o de um motorista do Uber que foi coagido por taxistas próximo a rodoviária da cidade, no bairro de Nazaré.

Já no domingo (28), um grupo de taxistas impediu que um turista utilizasse o novo serviço. Um carro cadastrado pelo Uber foi parado no bairro de Areia Preta e os taxistas obrigaram que o visitante saísse do veículo. Um vídeo publicado em uma rede social mostra o momento da abordagem. “Este tipo de protesto não funciona. Parem com isso”, disse o turista. Um taxista afirmou: “o Uber não vai ter vez aqui”.

Ainda no domingo, pelo menos oito taxistas foram levados para a Delegacia de Plantão da Zona Sul, onde foram autuados por usurpação da função pública e constragimento ilegal.

Audiência
Uma audiência pública está marcada para acontecer na manhã desta terça-feira (30) na Câmara Municipal de Natal para discutir a regulamentação ou proibição do Uber na cidade. Ao todo, três projetos de lei tramitam na Casa. Um deles, de autoria do prefeito Carlos Eduardo, prevê a proibição do funcionamento de aplicativos de smartphones para o transporte de pessoas de forma remunerada na capital potiguar.

Polêmica
Wdarlan Rodrigues, presidente do Sindicato dos Condutores de Táxis do RN, disse que é contra o funcionamento do Uber em Natal “porque é uma concorrência desleal”.

Uber
O aplicativo Uber começou a operar em Natal na sexta-feira (26). Segundo Fábio Sabba, diretor de comunicação da empresa, a oferta é apenas para a categoria X, que é a mais simples. O tempo de espera para os passageiros é de cinco minutos em áreas mais centrais. A tarifa inicial de utilização é de R$ 2,50 mais R$ 1,20 por quilômetro rodado, mais R$ 0,17 por minuto de utilização do serviço. O preço mínimo de corrida e a taxa de cancelamento é de R$ 6.

Para usufruir do serviço, o usuário precisa baixar o aplicativo, se cadastrar na plataforma, inserir o e-mail e dados do cartão de crédito. O pagamento das viagens é feito apenas por cartão de crédito. Após a corrida, o passageiro recebe no próprio e-mail o mapa do trajeto realizado, além de um recibo com os detalhes do preço final. Caso o passageiro precise reportar algum incidente, a Uber conta com uma equipe de suporte ao usuário que analisa caso a caso.

Um ponto importante é o sistema de  “avaliação de mão dupla” após cada viagem. Além de ser anônima, é ela que garante que a plataforma mantenha-se saudável tanto para motoristas parceiros quanto para usuários. Os motoristas precisam ter média de 4,6 (em uma escala de 1 a 5 estrelas) para continuar na plataforma. O usuário também pode ser desconectado da plataforma se tiver uma média baixa de avaliações ou conduta que viole os termos de uso.

Para se cadastrar como motorista parceiro, é preciso ter carteira de motorista com licença para exercer atividade remunerada e passar por checagem de antecedentes criminais em todos os estados do Brasil. Os carros precisam ser cadastrados com a apresentação de Certidão de Registro e Licenciamento do Veículo e Bilhete de DPVAT do ano corrente.

Parlamento Jovem apresenta pleitos para a Educação

unnamed (2)

A necessidade de melhorias nas escolas, no tocante aos reparos das quadras poliesportivas, reposição de professores, serviços de saúde, entre outras melhorias, deram o tom da sessão plenária do Parlamento Jovem, que aconteceu na manhã desta segunda-feira (29). O projeto está em sua 5ª edição e a deputada Márcia Maia (PSDB), idealizadora desta iniciativa na Assembleia Legislativa, também participou da sessão ordinária, destacando a importância dos jovens se engajarem na política para mudar os rumos de sua cidade e País.

“Quero deixar a minha palavra de estímulo e motivação para vocês, que são muito importantes para os nossos mandatos. Espero que este projeto possa chegar ao maior número possível de jovens. Vamos continuar trabalhando em prol de políticas públicas para as mulheres, os jovens, os trabalhadores, os idosos, os portadores de deficiência. É necessário que estejamos sempre disponíveis a fiscalizar e termos mandatos propositivos”, afirmou Márcia Maia.

Em seu pronunciamento, o jovem deputado Pedro Gabriel chamou a atenção para a precariedade de algumas escolas, principalmente quanto à falta de professores: “Esses jovens serão prejudicados no ano letivo e também no ENEM e sofrerão dificuldades para ingressar no mercado de trabalho”, disse.

A parlamentar Luana Ribeiro fez uma sugestão para que as escolas sejam melhor equipadas com itens básicos de pronto-socorro. “Temos colegas portadores de deficiência, outros que necessitam de cuidados especiais, além dos próprios funcionários, que às vezes se acidentam e precisam de cuidados”, afirmou Luana.

A necessidade de cursos profissionalizantes e técnicos a fim de qualificar os estudantes para melhor se posicionarem no mercado de trabalho foi o tema do pronunciamento da deputada Rayssa Alves de Oliveira. “É preciso incentivar os jovens a desejar melhores oportunidades e a se esquivarem das drogas e da criminalidade”, afirmou. Atual presidente da Mesa Diretora, o jovem deputado João Ramalho fez sugestões para que o Governo do RN invista na escola de tempo integral e na educação de qualidade.

Dilma e Aécio revivem clima das eleições de 2014 no Senado

Talita Abrantes, de EXAME.com

Combinação com os candidatos do segundo turno da eleição, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB)
Combinação com os candidatos do segundo turno da eleição, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB)

São Paulo – Protagonistas da eleição mais acirrada desde a redemocratização, a presidente afastada Dilma Rousseff (PT) e o senador Aécio Neves (PSDB-MG) voltaram a se enfrentar nesta segunda-feira durante julgamento final doimpeachment.

O tucano foi o 11º senador a questionar a presidente afastada. Começou sua fala dizendo que não imaginava que iria encontrar a petista, depois dos debates, nesta situação e que não é com alegria que a interroga nesta segunda-feira. “”não é desonra perder uma eleição, sobretudo, quando se cumpre a lei. Eu não diria o mesmo de vencer eleições faltando com a verdade”, afirmou.

Ele se refere ao discurso de Dilma na corrida eleitoral de 2014 que teria sido desmentido logo após posse da presidente. O senador lembrou de debate eleitoral em setembro de 2014, quando Dilma Rousseff afirmou que a inflação estava próxima de zero e negou que a economia estivesse ruim. Segundo ele, os números de 2015 provam que ela mentiu.

Em resposta, a presidente afirmou que, embora ambos tenham se respeitado durante a corrida eleitoral, Aécio e seu partido teriam tomado uma série de medidas para desestabilizar seu governo como o pedido para recontagem dos votos e a abertura da ação que questiona a legalidade dos gastos da campanha da petista.

Presidente da Assembleia participa da abertura do 29º Motores do Desenvolvimento

unnamed (1)

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), participou na manhã desta segunda-feira (29) da abertura da 29ª edição do Motores do Desenvolvimento. Promovido desde 2008 pelo jornal Tribuna do Norte, o projeto teve pela primeira vez o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) como protagonista da discussão acerca do futuro da economia dos municípios, abordando o tema “Cidades criativas como caminho para o desenvolvimento sustentável”.

“É preciso destacar a importância desse evento por trabalhar a união dos poderes pelos municípios de todo o Rio Grande do Norte. Esse é um bom momento para discutir novas políticas de desenvolvimento é o tempo oportuno pois estamos no momento de definição de novos gestores. E cada entidade tem obrigação de contribuir com a busca de novas ações de gestão”, destacou Ezequiel Ferreira.

O deputado enalteceu a proposta do Motores do Desenvolvimento de pensar em cidades criativas como caminho para o desenvolvimento sustentável, pois caminha ao lado do trabalho que vem sendo executado para a construção de uma Nova Assembleia. “Mais transparente, mais moderna e mais próxima da população”, finalizou Ezequiel Ferreira. Os deputados Fernando Mineiro (PT), Márcia Maia (PSDB) e Hermano Morais (PMDB) também acompanharam a abertura do seminário, no auditório da sede do MPRN.

Em seu discurso de abertura o procurador geral de Justiça, Rinaldo Reis, explicou que o Ministério Público pode atuar na luta por melhorias para a sociedade. “O Ministério Público pode dialogar com os poderes e instituições para propor soluções, não só questionar”, disse.

O Motores do Desenvolvimento debate o tema Cidades Criativas e Desenvolvimento Sustentável durante todo o dia no auditório da sede da PGJ/RN. O projeto Motores do Desenvolvimento, idealizado pela RG Salamanca e liderado pela Tribuna do Norte, com apoio da Assembleia Legislativa, alcançou a marca de 29 seminários realizados.

PROGRAMAÇÃO
9h00 | Palestra 1
TEMA: Cidades Inteligentes e Sustentáveis: tendência mundial para soluções locais.
PALESTRANTE: Alain Grimard – Diretor Sênior para Assentamentos Humanos da ONU Habitat – Brasil.
9h40 | Palestra 2
TEMA: Cidades Criativas: Desafios e Oportunidades.
PALESTRANTE: Ana Carla Fonseca Reis – Sócia-Diretora da Garimpo de Soluções – Economia, Cultura & Desenvolvimento, Economista, Mestre em Administração e Doutora em Urbanismo pela Universidade de São Paulo.
10h40 | Mesa Redonda
TEMA: Cidades Criativas: Desafios e Oportunidades.
COMPONENTES: Gilka da Mata – Promotora de Justiça de Defesa do Meio Ambiente em Natal, Especialista em Gestão Ambiental e Mestra em Estudos Urbanos e Regionais pelo Departamento de Políticas Públicas da UFRN; Daniel Nicolau Pinheiros – Secretário Adjunto da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo de Natal – SEMURB e Mestrando em Planejamento Urbano pelo Programa de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo da UFRN.
MODERADOR: Rinaldo Reis – Procurador-Geral de Justiça do Rio Grande do Ministério Público do Rio Grande do Norte.
11h20 | Participação da plateia com perguntas dirigidas aos expositores

Assembleia presta homenagem aos 10 anos da Lei Maria da Penha

unnamed

Promulgada no dia 7 de agosto de 2006, a Lei Maria da Penha, criada com o objetivo de coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, completa uma década e para marcar a data a Assembleia Legislativa vai realizar sessão solene. O evento acontece nesta quarta-feira (31), às 9h, no Plenário Clóvis Motta, numa iniciativa da deputada Cristiane Dantas (PCdoB).

“A promulgação da lei foi um momento importante na luta contra a violência doméstica, mas precisamos avançar ainda mais para termos uma cultura de paz, empoderamento e dignidade para as mulheres”, destacou a parlamentar, cujo mandato defende políticas públicas na área, como a instituição do mês de agosto como Mês de Proteção à Mulher e a criação da Patrulha Maria da Penha.

No Rio Grande do Norte, as últimas semanas foram marcadas por casos quase que diários de violência contra a mulher, principalmente cometidas pelos seus companheiros ou ex-companheiros. Considerada pela ONU como uma das melhores legislações acerca do problema, a Lei Maria da Penha foi elaborada sob a inspiração do caso de agressão sofrido pela biofarmacêutica Maria da Penha Maia Fernandes, que era espancada e sofreu ações de violência diariamente pelo seu marido durante anos.

Ezequiel Ferreira participa de grande carreata e comício de Marinho Saturnino em Maxaranguape

unnamed (1)

unnamed (3)

unnamed (2)

unnamed (4)

Créditos das Fotos: Laurivan de Sousa

O deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa participou neste domingo (28) da grande carreata que saiu do distrito de Santa Ana até a sede do município de Maxaranguape, encerrando com comício do jovem Marinho Saturnino (PMDB) e Marta Maria (PP), vice da coligação “Unidos por Maxaranguape”. A prefeita Maria Ioneide, Neidinha (PMDB) e o ex-prefeito Amaro Saturnino (PMDB), maior liderança do município também receberam o deputado.

“Maxaranguape precisa continuar avançando e seguir diminuindo a diferença em termos de assistência aos moradores das áreas rurais e dos mais próximos ao centro, continuar como atrativo turístico, que também gera emprego e renda. Marinho apesar da juventude já tem experiência e está preparado para continuar o trabalho. Ao lado de homens como Amaro Saturnino que deixou seu legado e mulheres como Neidinha, que continua o trabalho que vem destacando Maxaranguape no cenário estadual”, frisou Ezequiel Ferreira.

Em seu discurso, o ex-prefeito Amaro Saturnino destacou o trabalho que Ezequiel Ferreira vem fazendo na Assembleia Legislativa. “O deputado tem apresentado pleitos e solicitado ações que colaboram com o desenvolvimento de Maxaranguape. Ações de segurança e melhores condições para a polícia trabalhar, aquisição de viatura policial, além de recursos no OGE para drenagem e pavimentação de ruas”, disse ex-prefeito, considerado como um dos melhores prefeitos que a cidade já teve.

A chapa da coligação “Unidos por Maxaranguape” tem o atual vice-prefeito Marinho Saturnino (PMDB), filho de Amaro Saturnino e a sindicalista Marta Maria (PP), que exerce também liderança no distrito de Dom Marcolino, um dos maiores do município. PMDB/PP/DEM e PEN apoiam a chapa em Maxaranguape.

Assessoria

Três são assassinados a tiros no RN; mãe deficiente e filho são vítimas

policia
Crime aconteceu neste domingo (28) em Parnamirim, na Grande Natal (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

Três pessoas foram assassinadas a tiros na tarde deste domingo (28) em Parnamirim, na Grande Natal. Entre as vítimas estão uma mulher, que era deficiente física, e o filho dela. A outra pessoa morta foi um homem. De acordo com a Polícia Militar, ninguém foi preso.

O triplo homicídio aconteceu por volta das 16h30 na rua Pico do Cabugi, no bairro de Bela Vista. Criminosos em um carro vermelho se aproximara e atiraram. Francisco Jacson da Silva, de 25 anos, e o adolescente Carlos Henrique Fernandes, de 16, foram baleados e morreram no local. Após assassinar os dois jovens, os bandidos também mataram a mãe de Jacson, a dona de casa Josefa Maria da Silva, de 58 anos. Deficiente física, ela não conseguiu fugir.

Policiais do 3º Batalhão da PM fizeram buscas na região, mas ninguém foi preso. A polícia também não sabe a motivação dos assassinatos.

 

 

Do G1

Conexão Enem prepara estudantes na reta final para o Exame

unnamed

Quem vai fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está contando os dias. E falta pouco. A turma não quer perder tempo e cada dica pode fazer a diferença. Por isso, a TV Assembleia apresenta semanalmente o programa Conexão Enem, com aulas preparatórias para o Exame e agora com aulas presenciais, com a participação de alunos de escolas públicas, cadastrados pela Secretaria de Educação do Estado. Neste domingo (28) pela manhã aconteceu mais um aulão aberto ao público e transmitido pela TV direto do auditório da Casa.

O programa é apresentado pelo professor João Maria, que exibe o Conexão Enem todas as quintas, das 19h30 às 20h30. “Estamos apresentando e discutindo os temas mais recorrentes do ENEM em todas as áreas, contribuindo para o reforço do aprendizado dos candidatos que irão prestar o Exame”, disse o professor.

Neste domingo as aulas abordaram as disciplinas de Filosofia, com o professor Phillipe Castro; Geografia, com Carlos Alex e História, com Felipe Mikael e Kleyton Andrade.  Além dos alunos que podem participar no auditório, quem tá acompanhando pela TV Assembleia pode enviar, através do Whatsapp, perguntas para os professores.

Os aulões presenciais acontecem nos últimos domingos e os próximos acontecerão em setembro e outubro, das 8h às 12h, na sede do Poder Legislativo.

Educação
A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte tem levantado a bandeira da educação. Prova disso são os investimentos na Escola da Assembleia, que oferece cursos gratuitos para a população e capacitação para os servidores públicos, com cursos de graduação, pós-graduação e mestrado. Para o presidente da Casa, o deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), esse é o caminho para o desenvolvimento econômico e social do Estado. “A educação é, sem dúvida, a solução para uma sociedade mais justa. Por isso, defendemos que também é papel do Poder Legislativo contribuir neste sentido”, afirmou.

Assessoria

Uma faixa da Avenida João Medeiros Filho, na Zona Norte de Natal, será interditada a partir da próxima terça-feira (30)

b86894eabb5193d980339d680f3b2ee1-e1454021395706

Uma faixa da Avenida João Medeiros Filho, na Zona Norte de Natal, será interditada a partir da próxima terça-feira (30) por um período de 20 dias, para realização de obras de esgotamento sanitário. O tráfego de veículos será bloqueado no sentido viaduto-Redinha, em frente ao Complexo da UERN. Enquanto o trecho estiver em obras, os veículos transitarão pelo outro lado da via que será transformada em mão dupla, de acordo com orientações da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU).

O gestor do Grupo de Acompanhamento de Obras da Caern, Paulo Vieira Cunha, explicou que a interrupção é necessária por causa da profundidade das escavações, que obedecem a inclinação do solo e atingem uma média de quatro metros de profundidade. De acordo com a Caern, por essa vala vai passar uma rede coletora de esgotos medindo 150 milímetros de diâmetro que será interligada a outras tubulações que trarão os dejetos dos imóveis em diversos setores da Zona Norte.

Atualmente a Caern está executando obras nos seguintes bairros: Nossa Senhora da Apresentação, Igapó, Lagoa Azul, conjunto Pajuçara e Redinha, na Zona Norte. Na Zona Sul, incluindo as Zonas Leste e Oeste, estão sendo beneficiados os bairros Ponta Negra, Capim Macio, Mirassol, San Vale, Nova Cidade, Candelária, e Lagoa Nova e Potilândia.

A Caern recomenda aos usuários que não façam qualquer ligação de esgotos nas tubulações antes de receber aviso escrito da companhia, informando que o serviço foi concluído. Se algum usuário resolver ligar por conta própria, é considerado crime ambiental e está sujeito as penalidades previstas na Lei do Saneamento. A implantação de tubos é a primeira etapa do serviço. Ainda faltam as estações elevatórias e de tratamento.

Ezequiel Ferreira participa de grandes mobilizações políticas no Seridó

unnamed (3)
Fotos Laurivan de Sousa

O deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa participou neste sábado (27) de grandes mobilizações políticas na região do Seridó. A primeira foi em Tenente Laurentino Cruz, onde a professora Sueleide Araújo (PSDB), viúva do saudoso ex-prefeito Júnior Laurentino concorre a prefeitura pela primeira vez, tendo o comerciante Paulo Araújo (PSDB) como vice-prefeito da chapa. Ezequiel também prestigiou o comício do ex-prefeito José Sally (PSD), que voltará a comandar Cruzeta, desta vez com a jovem Isa Carneiro (PSD) de vice-prefeita. O PSDB também faz parte da coligação “Vontade do Povo” no município seridoense.

unnamed (2)“Saímos do Seridó com a convicção das vitórias de Sueleide Araújo em Tenente Laurentino Cruz e Sally em Cruzeta. Duas grandes mobilizações populares onde a população mostrou que já decidiu nos dois municípios. Sueleide já vinha sendo preparada pelo grande líder Júnior Laurentino, melhor prefeito que a cidade já teve. Já Sally teve sua gestão como exemplo para todo Rio Grande do Norte. Sally fez muito para seu povo e contará com nosso mandato para trazer de volta o desenvolvimento para Cruzeta”, comentou Ezequiel Ferreira.

Sueleide Araújo é professora do ensino infantil e foi por três vezes primeira-dama e secretária de Assistência Social de Tenente Laurentino, destacada por ter feito um grande trabalho social aos mais carentes. José Sally já administrou por duas vezes Cruzeta e construiu muitas obras ficando marcado como o melhor prefeito que a cidade já teve em sua história. Sally é do PSD, mas tem o apoio do PSDB, PR, PTN, DEM, PDT e o Solidariedade, que juntos integram a coligação “Vontade do Povo”.

GLOBO ANTECIPA DENÚNCIA DO MP CONTRA LULA

images-cms-image-000514131

Brasil247 – O jornal O Globo deste domingo antecipa a informação de que o ex-presidente Lula será denunciado pelo Ministério Público Federal ao juiz Sergio Moro por fatos relativos ao sítio em Atibaia (SP) e ao apartamento no Guarujá (SP).

“Os procuradores da Operação Lava-Jato já estão preparando denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por supostos crimes cometidos em transações relacionadas ao tríplex do edifício Solaris, em Guarujá, e ao sítio em Atibaia, segundo disse ao GLOBO uma fonte que acompanha o caso de perto. Não está decidido, no entanto, se Lula será denunciado por corrupção passiva, ocultação de patrimônio ou lavagem de dinheiro, ou pelos três crimes em conjunto. Para investigadores, as provas são suficientes para apresentar acusação formal contra o ex-presidente à Justiça Federal, mesmo sem a propalada delação do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro”, diz reportagem de Jailton de Carvalho.

A pressa da Globo, que fez da destruição de Lula sua razão de existir, tem uma motivação política: se Lula vier a ser condenado por Moro e também na segunda instância, não poderá concorrer à presidência da República em 2018.

A defesa de Lula argumenta que ele não é dono dos imóveis e diz que Moro não tem competência para julgá-lo, uma vez que os imóveis se encontram em São Paulo, e não no Paraná, que é a jurisdição do juiz que conduz a Lava Jato.

Vilma lança site oficial da campanha para vereadora de Natal

b86894eabb5193d980339d680f3b2ee1-e1454021395706A ex-governadora e candidata a vereadora de Natal, Vilma de Faria, lançou neste sábado o site oficial de sua campanha. No endereço www.vilmadefaria.com.br os eleitores podem encontrar informações sobre a história política da candidata, explorar um novo meio de comunicação entre a atual vice-prefeita e a população natalense. Outra ferramenta disponível na plataforma é um mapa com suas obras.

No site de campanha da presidente estadual do Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB), o primeiro material disponível é o Manifesto de Amor a Natal. Um vídeo com Vilma declarando seu amor pela cidade onde construiu sua carreira de guerreira e representante popular, relembrando seus marcos políticos, sua experiência e encerrando com um convite a todos que a apoiam e aprovam seu trabalho para estarem do mesmo lado no dia 2 de outubro, dia das eleições.

75c41d92-ae0f-481d-abba-58352fa9e8b7

Uma baixaria do PT no senado, últimos suspiros do governo Dilma

Desde quando se estalou o julgamento do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff do PT, uma baixaria tem se estalado no plenário do senado, e segundo notícias do Exame Abril segunda feira vai ser mais intenso.

Há notícias de que Dilma e Lula organizam imagens para um filme que contará a história de um suposto golpe contra Dilma.

Dizem que Dilma está sendo aconselhada a chorar na segunda feira.

Depoimento de Dilma na 2ª deve escalar tensão no Senado
size_810_16_9_senado-impeachment
Senado: “A presidente vai fazer um discurso de estadista. Não terá provocação”, afirmou

Brasília – Ato derradeiro antes da votação final do impeachment, o depoimento da presidente Dilma Rousseff, na segunda-feira, promete ser ainda mais tenso do que vêm sendo as sessões do julgamento da petista no Senado, apesar da tentativa de alguns em serenar os ânimos.

Advogado da presidente afastada, o ex-ministro da Justiça e da Advocacia-Geral da União José Eduardo Cardozo, afirmou não temer que o depoimento se transforme em mais uma batalha no Senado.

“A presidente vai fazer um discurso de estadista. Não terá provocação”, afirmou. A julgar pelos dois dias de depoimentos de testemunhas até aqui, no entanto, dificilmente deixará de haver duros embates no plenário.

“Se alguém levantar o tom com ela, nós vamos responder. Qualquer ação vai gerar uma reação, está tudo à flor da pele”, afirmou a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).

“Acho que vamos ter um debate muito forte, mas não dá para prever se vai sair do controle. Pela tensão que está no plenário, não é impossível.”

No domingo, líderes da base governista vão fazer uma reunião para traçar uma estratégia para o depoimento de Dilma. Fontes do Senado afirmam que o próprio presidente interino Michel Temer participaria do encontro, o que o Planalto nega.

O encontro seria para traçar uma estratégia para os questionamentos à presidente afastada e também para tentar evitar que uma agressividade maior acabe colocando Dilma no papel de vítima.

O líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE), defende que se evite perguntas.

“Eu defendo com muita clareza que a presidente vem aqui fazer sua defesa para marcar posição. Se depender da minha opinião, não devemos fazer perguntas. Não vai mudar a posição de ninguém. Se puder evitar um clima mais tenso, melhor. O processo é difícil para os dois lados”, defendeu.

Essa, no entanto, não é a posição do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que defende o direito da base governista questionar Dilma.

Caiado afirma que o tom subirá a depender do que será dito pela presidente e pelos seus defensores. “O tom vai ser o que eles derem”, disse o senador, um dos mais beligerantes em plenário.

“Se subir muito vamos trazer aquele muro lá de fora aqui para dentro”, brincou numa referência ao muro montado do lado de for a do Congresso para separar manifestantes favoráveis ao impeachment dos contrários ao impedimento.

Nos dois dias de depoimento, o clima entre base e oposição esquentou várias vezes, com bate-bocas entre senadores, xingamentos e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que preside o julgamento, tendo que suspender a sessão para acalmar os ânimos.

No entanto, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) –depois de pessoalmente se envolver em uma discussão com a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR)–, avalia que o clima será melhor que o desta sexta-feira.

“Isso é um ponto fora da curva para o Senado. Aqui as pessoas se agridem civilizadamente”, brincou. Durante o depoimento de Dilma, pela primeira vez as galerias do Senado serão tomadas por espectadores.

Nesta sexta-feira, Renan autorizou a entrada para as galerias do plenário de 32 convidados da presidente afastada. Na lista, boa parte dos seus ex-ministros, o presidente do PT, Rui Falcão, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Chegou-se a cogitar que o ex-presidente assistisse ao depoimento em um dos gabinetes, para evitar o tumulto que normalmente sua presença causa, mas Lula afirmou que quer ficar na galeria com os demais convidados.

O presidente do Senado afirmou que, para dar igualdade aos dois lados, permitiu que a bancada governista traga o mesmo número de pessoas, mas não se sabe ainda se realmente acontecerá e quem seriam esses convidados.

No meio, servindo de muro entre os dois grupos, estarão fotógrafos e cinegrafistas, além de seguranças da Casa. Dilma poderá falar por até uma hora.

Depois disso, será inquirida pela defesa e pela acusação, e então por todos os senadores que se inscreverem para falar. Será o último depoimento do processo.

Em seguida, começará o processo de votação, com cada senador podendo falar por 10 minutos. A previsão no Senado é que isso aconteça ao longo da terça-feira, com a votação em si na madrugada de quarta-feira.

Exame.Abril.com.br