Filho do pré-candidato a presidente do Brasil Ciro Gomes é vítima de assalto

Cirinho caminhava para o carro quando foi abordado, seuno a polícia (Foto: Reprodução/Facebook)
Cirinho caminhava para o carro quando foi abordado, segundo a polícia (Foto: Reprodução/Facebook)

G1 – Ciro Saboya Ferreira Gomes, filho mais velho do ex-ministro Ciro Gomes – pré-candidato a presidência do Brasil em 2018 pelo PDT – segue internado em um hospital particular de Fortaleza, após ter sido ferido com um tiro na perna na noite deste sábado (23), na Praia de Iracema, área turística da capital. Cirinho, como é conhecido, fez cirurgia para retirada da bala, passa bem e deve ser transferido da UTI para um quarto neste domingo, segundo informações da assessoria do ex-ministro.

Cirinho, de 30 anos, disse à polícia que se deslocava para o estacionamento quando foi abordado por dois homens em uma moto preta, que pediram o celular, na travessa Dragão do Mar. Houve um disparo, que atingiu a perna do rapaz, conforme informações repassadas pelo coronel Francisco Souto, do Comando de Policiamento da Capital (CPC).  Ele foi socorrido em uma viatura da Polícia Militar, de acordo com Souto, para o hospital.

Em nota, Ciro e a mãe do jovem, Patricia Saboya, lamentaram o caso e agradeceram as manifestações de solidariedade. A nota divulgada na noite deste sábado diz que o rapaz sofreu uma tentativa de assalto e está fora de perigo. Ciro foi lançado oficialmente na sexta-feira (22) como pré-candidato do PDT à Presidência da República em 2018. Patricia é conselheira do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Leia a nota na íntegra:

Em atenção à opinião pública, informo que um dos meus filhos sofreu tentativa de assalto próximo à Praia de Iracema, em Fortaleza, por volta das 21h deste sábado. Ele foi ferido com um tiro mas, graças a Deus, sem maior gravidade e não corre risco de morte. Nossa família agradece a todas as manifestações de solidariedade que estamos recebendo”

ProUni divulga amanhã lista de pré-selecionados na primeira chamada

Agência Brasil – Os candidatos a bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) poderão conferir nesta segunda-feira (25) a lista dos pré-selecionados na primeira chamada. O resultado estará na página do programa na internet. De amanhã até o dia 1° de fevereiro os pré-selecionados deverão comparecer às instituições de ensino e comprovar as informações prestadas no momento da inscrição. Nesta primeira edição de 2016, o programa ofertou 203.602 bolsas para 30.931 cursos.

É responsabilidade do estudante verificar nas unidades de educação superior os horários e o local onde deve comparecer para a comprovação de informações. A perda do prazo ou a não comprovação das informações resultarão na reprovação do candidato. Entre as informações exigidas estão documento de identificação, comprovantes de residência, de rendimento dos estudantes e de integrantes do grupo familiar e comprovantes de ensino médio.

O resultado da segunda chamada será divulgado no dia 12 de fevereiro. Quem não for pré-selecionado em nenhuma das duas chamadas poderá entrar na lista de espera do dia 26 fevereiro ao dia 29 do mesmo mês.

Por meio do ProUni, estudantes concorrem a bolsas de estudos parciais e integrais em instituições particulares de educação superior, com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As inscrições para o ProUni encerraram na última sexta-feira (22). O último balanço divulgado pelo Ministério da Educação registrou 1.425.575 candidatos inscritos concorrendo às 203.602 bolsas oferecidas.

Crueldade sem limites: mãe e filha são assassinadas a tiros dentro de casa em Parnamirim, RN

Os bandidos no RN estão fazendo uso de uma crueldade sem limites. Além de irem executar uma mulher que pode ser que seja cúmplice dos erros do marido que foi morto há três meses. Mataram também de forma desumana uma criança de apenas oito anos de idade. 

O pior é que a sociedade brasileira está sem ter a quem pedir socorro.

Anderson Barbosa Do G1 RN

Rosimeire Martins da Silva, de 29 anos, e Wisla Raila Martins Viana, de apenas 8 (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Rosimeire Martins da Silva, de 29 anos, e Wislla Raylla Martins Viana, de apenas 8 (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Mãe e filha, uma mulher de 29 anos e uma menina de apenas 8, foram mortas a tiros na noite deste sábado (23) dentro de casa em Parnamirim, cidade da Grande Natal. De acordo com a Polícia Civil, o alvo dos criminosos seria a mãe. Um homem que também estava na residência, mas que ainda não se sabe se é parente das vítimas, também foi baleado. Ele levou um tiro na barriga, foi socorrido e permanece internado. Ninguém foi preso.

Delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Marcos Vinícius contou ao G1que o duplo homicídio aconteceu dentro da casa da família, que fica no bairro de Monte Castelo. “Havia uma comemoração no local. Quando chegamos, encontramos muitas latas de cerveja. A família fazia algum tipo de festa”, relatou. “Pelo as informações que recebemos, três homens entraram na residência em busca de Rosimeire Martins da Silva, que foi baleada na garagem. A filha dela, Wislla Raylla Martins Viana, tentou correr para a cozinha, mas também foi atingida pelos disparos. Foi uma atitude covarde. O tiro atravessou as costas da menina”, acrescentou.

Ainda de acordo com o delegado, a garota morreu na hora. Rosimeire ainda chegou a ser socorrida, mas também não resistiu. “Já temos a identificação de pelo menos um dos assassinos. Ainda fizemos buscas por ele durante a noite e madrugada, mas não conseguimos encontrá-lo”, disse Marcos Vinícius.

Sobre a motivação do crime, o delegado disse que ainda é cedo para qualquer afirmação. Contudo, ele contou que o homem com que Rosimeire vivia foi morto há três meses. “Era uma pessoa envolvida com drogas. E essa é uma linha de investigação que não podemos descartar”, ressaltou.

Por fim, Marcos Vinícius fez um apelo à população. “Para ajudar a polícia, existe o nosso Disque-Denúncia. É só ligar 181. Não precisa se identificar. Qualquer informação é muito importante”, concluiu.

Novo comandante da PM do RN vai a Alcaçuz e diz que policiais são ‘heróis’

Anderson Barbosa Do G1 RN

Do alto de uma das guaritas de Alcaçuz, coronel Dancleiton constatou que são muitas as dificuldades enfrentadas pelos policiais militares que fazem a guarda da penitenciária (Foto: Divulgação/PM)
Do alto de uma das guaritas de Alcaçuz, coronel Dancleiton constatou que são muitas as dificuldades enfrentadas pelos policiais militares que fazem a guarda da penitenciária (Foto: Divulgação/PM)

“Nossos policiais militares são heróis”. Segundo o novo comandante-geral da PM do Rio Grande do Norte, coronel Dancleiton Pereira, foi esta a impressão que ele teve após visitar a Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior unidade prisional do estado. A visita, com o objetivo de verificar pessoalmente as condições de trabalho da guarda carcerária, aconteceu na tarde deste sábado (23).  Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal. Atualmente, a penitenciária possui aproximadamente 1.100 presos.

Esta foi a primeira visita que o coronel fez a um presídio do estado já na condição de comandante-geral da PM potiguar. “Nossos presídios não seguram ninguém. Aqui em Alcaçuz, as guaritas são muito velhas. As escadas estão enferrujadas e é complicado subir nelas. Falta estrutura para que o policial militar faça o trabalho dele”, acrescentou, dizendo que vai solicitar ao governo que as guaritas sejam reformadas.

Embora a condição física seja ruim, o coronel garantiu que as 10 guaritas que circundam Alcaçuz estão ocupadas, diferentemente do que vinha acontecendo há alguns dias. Na semana passada, por exemplo, presos escaparam da penitenciária passando por baixo do muro. Os detentos cavaram um buraco entre duas guaritas que estavam sem policiamento. Isso aconteceu duas vezes. Na madrugada do dia 19, três presos fugiram. Já na madrugada do dia 21, foram dez. No dia seguinte, ainda houve uma terceira tentativa, mas desta vez a guarda externa conseguiu evitar que outros 9 internos fugissem mato a dentro.

Coronel Dancleiton Pereira assume o comando-geral da PM no Rio Grande do Norte (Foto: Divulgação/PM)
Coronel Dancleiton novo comando-geral da PM /RN

“O problema da falta de PMs nas guaritas já foi resolvido. Agora temos que dar melhores condições de trabalho. As guaritas precisam ser reformadas. E eu vou pedir que isso seja feito”, afirmou. Dencleiton disse também que duas caminhonetes com tração 4×4 já foram adquiridas e que nos próximos dias estes veículos serão entregues à guarda de Alcaçuz. “Os policiais da Força Nacional têm os carros deles. Eu quero que a guarda de Alcaçuz também tenha os seus”, afirmou.

Além de Alcaçuz, o coronel também visitou a Cadeia Pública de Natal, como é mais conhecido o Presídio Provisório Raimundo Nonato Fernandes, na Zona Norte da capital. Lá, ele disse que a situação é semelhante, e que “reformas precisam ser feitas urgentemente”.

Coletiva
A partir das 9h desta segunda-feira (25), o novo comandante-geral concede uma entrevista para falar sobre como a Polícia Militar irá atuar de agora em diante. “Eu, particularmente, vou estar presente. Quero participar ativamente das operações, acompanhar de perto o trabalho dos nossos policiais”, assegurou.

Coronel Ângelo Dantas deixou o comando da PM nesta quinta-feira (21) (Foto: Fernanda Zauli/G1)
Coronel Ângelo deixou o comando da PM

Críticas
O governo do estado recebeu duras críticas após a saída do coronel Ângelo Mário de Azevedo Dantas do comando da PM. Promotores de Justiça que atuam na área criminal chegaram a afirmar, em nota enviada à imprensa, que “este é sem dúvida o pior governo dos últimos tempos em matéria de segurança pública”. O próprio coronel Ângelo, após ser exonerado, usou uma rede social para dizer que se sentia como um “bode expiatório”. Quanto às críticas, o coronel Dancleiton limitou-se a dizer que “a hora é de acreditar na Polícia Militar” e que “as respostas serão dadas com trabalho”.

Multidão se uniu na Avenida Itapetinga para protestar pela morte da estudante Maria Karolyne

Uma multidão de gente se uniu em favor da justiça, da paz, e em protesto contra o assassinato da estudante de turismo, da UFRN, que foi vitimada na última quarta feira (20), na Avenida Itapetinga, Conjunto Santarém, Zona Norte de Natal.

Maria Karolyne foi assassinada de forma fria e covarde por um bandido que assaltou seu celular. Ela estava fazendo caminhada, acompanhada de sua irmã, quando foi abordada e cruelmente assassinada.

A mãe de Karol, a senhora Giankarla disse em meio a seu discurso: “eu queria que a secretária de segurança do Estado, Kalina Leite saísse daquela sua pose, com seus cabelos bem alisados e bem tratados, e invés de ficar mentido para a população, dizendo que as coisas vão bem, ela viesse para aqui, onde minha filha foi morta”.

P1020163

P1020165

P1020166

P1020167

 P1020168

A insegurança

Se a segurança do Estado estivesse bem, a Karolyne estava viva em sua casa com seus familiares.

Segundo declarações do próprio bandido que conduzia a moto; ele disse que estava juntamente com o assassino tomando banho na lagoa de Extremoz. Se uma viatura da polícia tivesse passado ali e feito uma abordagem preventiva, esse crime não teria acontecido. Pois os bandidos teriam sido desarmados.

Veja o vídeo em que a irmã de Karol fala muito emocionada sobre a tragédia que vitimou sua família.

 

Justiça determina bloqueio superior a R$ 1 milhão do Estado para tratamento de paciente

O juiz Luiz Alberto Dantas Filho, da 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal, ordenou novo bloqueio on line, via BacenJud, na conta bancária do Estado do Rio Grande do Norte, do valor total de R$ 1.134.711,65, destinados à compra do medicamento ECULIZUMAB SOLIRIS, para ser utilizado no tratamento de uma paciente durante seis meses, com base no laudo médico emitido pelo Hematologista que a acompanha. O remédio destina-se ao tratamento de pessoas com uma doença que atinge o sistema sanguíneo.

A paciente já havia obtido sentença favorável para o tratamento de sua enfermidade sem, contudo, o ente público ter dado cumprimento à determinação judicial. Por isso, ela ingressou com ação de execução pedindo bloqueio dos valores necessários para iniciar seu tratamento. Como não logrou êxito, fez novo pleito na execução definitiva de sentença que transitou em julgado em 20/03/2015.

Assim, a autora pleiteou medida judicial no sentido de obter do ente estatal o custeio necessário à compra da medicação destinada ao tratamento de sua saúde, ou seja, a Hemoglobinúria Paroxística Noturna, especificamente o remédio Soliris (Eculizumab), a ser importado dos Estados Unidos da América, no valor total de R$ 1.134.711,65, e pediu o bloqueio da quantia com a finalidade de adquirir a medicação a ser utilizada durante o primeiro semestre do ano em curso.

O magistrado concedeu o que foi pleiteado, observando a urgência da pretensão em análise e considerando que o Estado do Rio Grande do Norte em outros momentos anteriores, apesar de intimado, não deu efetividade à sentença judicial proferida, com base no art. 196 da Constituição Federal e no art. 461 e § 5º do Código de Processo Civil.

De Anna Ruth

Sábado de muita névoa em Jardim do Seridó

12620463_824838400977219_437443517_o

A manhã de sábado (23) iniciou com muita névoa, dando a sensação de se estar em algum município serrano. O fenômeno é devido a intensa chuva que tem caído por e outros municípios da região do Seridó. A meteorologia aponta boas precipitações para a região no fim de semana.

 

Fonte: Robson Pires

PM apreende dinamite e munições dentro de casa em Areia Branca, RN

Bananas de dinamite, munições de grosso calibre, um mapa, coletes à prova de bala, duas placas frias de carro e grampos de metal foram encontrados dentro de uma casa (Foto: Marcelino Neto/O Câmera)
Bananas de dinamite, munições de grosso calibre, um mapa, coletes à prova de bala, duas placas frias de carro e grampos de metal foram encontrados dentro de uma casa (Foto: Marcelino Neto/O Câmera)

Dois homens foram presos na noite desta sexta-feira (22) em Areia Branca, cidade da região da Costa Branca potiguar, suspeitos de participação em explosões e arrombamentos de caixas de banco. Em uma residência, policiais militares encontraram bananas de dinamite, munições de grosso calibre, um mapa, coletes à prova de bala, duas placas frias de carro e grampos de metal.

Segundo a própria PM, um veículo estava circulando pelo bairro Santa Maria em atitude suspeita. Após receberem a denúncia, policiais da Rádio Patrulha e da Rocam localizaram o veículo e tentaram abordar os ocupantes. Em determinado momento, no entanto, o carro desenvolveu alta velocidade.

Houve perseguição até que o carro foi interceptado. Pelo menos dois homens conseguiram fugir. Outros dois, que permaneceram no automóvel, foram detidos e conduzidos para a delegacia da cidade.

Antes, eles levaram os policiais até uma residência, onde todo o material apreendido foi encontrado.
Ainda de acordo com a PM, a casa pertence a um comerciante. O dono do imóvel não foi localizado.

‘O pior em segurança pública’, dizem promotores sobre o governo do RN

 
 
Governador reuniu cúpula da segurança pública nesta quinta (21) (Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi)
Governador reuniu cúpula da segurança pública nesta quinta (21) (Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi)

Para os promotores de Justiça do Rio Grande do Norte, em particular os que atuam na esfera criminal, o atual governo do estado “é sem dúvida o pior dos últimos tempos em matéria de segurança pública”. A afirmação consta em uma nota divulgada nesta sexta-feira (22) em decorrência da mudança promovida pelo governador Robinson Faria no comando-geral da Polícia Militar. No lugar do coronel Ângelo Mário de Azevedo Dantas assumiu o coronel Dancleiton Pereira Leite.

“Conseguiu enfraquecer ainda mais a PM e, para piorar, perdeu totalmente o controle do Sistema Penitenciário – SISPEN, despejando nas ruas bandidos de alta periculosidade, retroalimentando assim a criminalidade”, acrescenta a nota, que é assinada pelos promotores Fausto Faustino França Júnior, Sílvio Ricardo Gonçalves de Andrade Brito, Emanuel Dhayan Bezerra de Almeida e Márcio Cardoso Santos.

Até o momento, o governo do estado não se manifestou quanto à nota assinada pelos promotores. Quem se pronunciou, também por meio de uma nota, foi a Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte. A Adepol repudiou a opinião dos promotores de Justiça, ao dizer que a nota divulgada por eles “macula a imagem da instituição Polícia Civil atacando de forma generalizada profissionais abnegados, que diuturnamente arriscam suas vidas em prol da segurança pública do Estado”.

Do G1

Um absurdo: bandidos são confundidos com trabalhadores em Alcaçuz

O vídeo abaixo que já conta com mais de 17 mil visualizações no Facebook, registra quando os bandidos presos em Alcaçuz foram confundidos por trabalhadores. É lógico que estamos ironizando pra não chorar. Os bandidos foram filmados por responsáveis pela segurança, enquanto os que filmavam declaram que não podem fazerem nada para impedir os trabalho dos bandidos.

Os bandidos cavando um túnel em plena luz do dia, sem nem uma preocupação.

Nunca se viu tanto absurdo em todo o Brasil.

Governo realiza mais mudanças na Segurança Pública do RN

seguranca

Além de substituir o comando da Polícia Militar, o Governo do Estado está realizando mais mudanças na Segurança Pública do Rio Grande do Norte. A delegada Sheila Maria Freitas assume o cargo de diretora de Polícia Civil da Grande Natal (DPGRAN), o Coronel Laurêncio Menezes de Aquino passa a ocupar o cargo de subcomandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do RN (CBMRN) e o tenente-coronel Marcus Vinicius assume o Comando de Policiamento Metropolitano (CPM).

Sheila Maria Freitas atualmente encontrava-se responsável pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), onde atuou, diretamente, na desarticulação de onze associações criminosas especializadas em explosão e roubo de dinheiro de caixas eletrônicos e sequestros. As nomeações serão publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (23).

Robson Pires

Adolescente e mãe envolvidas no caso Gizela, são detidas

Gizela Mousinho foi assassinada na nopite deste sábado (2), em Natal (Foto: Arquivo Pessoal)
Gizela Mousinho, morta no dia 2, em Natal (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma adolescente foi apreendida nesta sexta-feira (22) suspeita de participação na morte da turismóloga Gizela Mousinho, de 43 anos,baleada no pescoço quando tentava retirar a filha e o namorado da garota de dentro do carro para evitar que os adolescentes fossem levados pelos assaltantes. O crime aconteceu no dia 2 deste mês em frente a uma padaria no bairro de Lagoa Nova, na Zona Sul de Natal.

A apreensão da adolescente aconteceu em cumprimento a um mandado expedido pela 3ª Vara da Infância e da Juventude de Natal. A garota foi levada para o Ceduc Padre João Maria, na Zona Norte da cidade.

Segundo o juiz da 3ª Vara da Infância e Juventude de Natal, Homero Lechner, a adolescente teve participação ativa no crime pela receptação dos objetos da vítima, incluindo o cachorro da família. A mãe da adolescente também foi detida pelo crime de receptação. Na casa em que elas foram apreendidas, a polícia encontrou pertences de Gizela.

Prisões
No dia 11 de janeiro, a polícia já tinha prendido outros dois suspeitos de participação no assassinato: Wagner Almeida do Nascimento, de 23 anos, e Jully Shayonara Alves de Oliveira, de 18. Esta última, admitiu ser a autora do disparo que atingiu o pescoço de Gizela.“Foi sem querer. Não foi porque eu quis não. Aconteceu”, disse Jully após confessar o crime. “Fiquei louca do meu juízo”, acrescentou.

G1

Lula diz que esquema de compra de MP é “coisa de bandido”

Lula diz que esquema de compra de MP é "coisa de bandido" Heinrich Aikawa/Instituto Lula

Foto: Heinrich Aikawa / Instituto Lula

Em depoimento à Polícia Federal no inquérito que apura a compra de medidas provisórias em seu governo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou que nunca recebeu lobistas durante o mandato na Presidência e chamou de “coisa de bandido” combinação com empresários para viabilizar normas de interesse do setor automobilístico.

Em depoimento prestado no dia 6, o petista afirmou que não foi comunicado pelo filho, o empresário Luís Cláudio Lula da Silva, de que havia sido contratado por R$ 2,5 milhões pelo lobista Mauro Marcondes Machado, preso sob acusação de operar o suposto esquema de compra de medidas provisórias.

Lula, conforme transcrição da PF, “fez questão de registrar” que não recebia lobistas e que “tanto ele quanto seus parentes jamais exerceram lobby ou consultoria empresarial”.

“Afirmou ainda que mesmo após sua saída do cargo público nunca nem ele nem seus parentes realizaram atividade de lobby ou consultoria empresarial. Disse que fazia questão de informar que realiza conferências no Brasil e no Exterior, sempre em defesa do interesse nacional, e que tomou como decisão de honra não interferir na gestão do novo governo”, registrou a PF.

O ex-presidente disse acreditar “que Luís Cláudio tenha procurado Mauro Marcondes para obter patrocínio para seu projeto na área de futebol americano” e que, ao que sabe, “o filho foi contratado para estudos na área do esporte”.

O ex-presidente ressaltou que ele e o Instituto Lula não têm qualquer tipo de relacionamento financeiro com a empresa do filho que recebeu o pagamento de R$ 2,5 milhões, a LFT Marketing Esportivo. Aos investigadores, sustentou nunca ter indicado “potenciais clientes ao seu filho, como também ele nunca lhe pediu”. Acrescentou ainda não saber dizer quando Mauro Marcondes e sua mulher, Cristina Mautoni, conheceram seu filho.

O ex-presidente foi questionado pela PF sobre arquivo encontrado no computador da empresa de Marcondes, no qual estava registrado: “A MP foi combinada entre o pessoal da Fiat, o presidente Lula e o governador Eduardo Campos (morto em 2014)”.

“Combinação nesse tipo é coisa de bandido”, reagiu o petista, acrescentando que não ocorreu a transação mencionada.

Lula afirmou que participou de uma reunião, a pedido de Eduardo Campos, na qual o ex-governador levou o dirigente da Fiat na América Latina Cledorvino Belini. O ex-presidente, porém, diz não se recordar se o empresário ainda era da Fiat ou se já estava na Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).

Lula explicou que, no encontro, foram esclarecidos os benefícios da instalação da fábrica da montadora em Pernambuco. A partir dessa reunião, afirmou, as discussões transcorreram dentro dos setores técnicos dos ministérios.

Conforme denúncia do Ministério Público Federal (MPF), lobistas contratados por montadoras de veículos pagaram propina a servidores e autoridades públicas para viabilizar a edição de medidas provisórias que concediam incentivos fiscais às empresas do setor automotivo. Uma empresa de Luís Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, recebeu R$ 2,5 milhões de um dos lobistas. O caso foi revelado pelo jornal O Estado de S.Paulo em outubro.

*Estadão Conteúdo

Dilma se diz “estarrecida” com previsões do FMI para Brasil

A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (22) que ficou “estarrecida” com a piora das previsões do Fundo Monetário Internacional (FMI) para a economia brasileira. Durante reunião do Diretório Nacional do PDT hoje (22), em Brasília, ela destacou que o país voltará a crescer.

“Estou estarrecida com o relatório do Fundo Monetário Internacional, a gente sabe que o fundo fala muita coisa”, afirmou. Esta semana, o FMI divulgou relatório com previsões para a economia global. No caso do Brasil, a entidade aumentou, de 1% para 3,5%, a estimativa de queda do Produto Interno Bruto (PIB).

Segundo Dilma, o fundo não atribuiu a situação crítica do Brasil à economia. “Eram dois fatores: a duração da instabilidade política e o fato de as investigações contra a Petrobras terem um prazo de duração maior e mais profundo que eles esperavam. Isso seria os principais fatores responsáveis pelo fato de eles terem de rever a posição do fundo monetário em relação ao crescimento do Brasil.”

Para Dilma, os investimentos voltarão ao país e o Brasil retomará o crescimento. “Temos todos os fundamentos sólidos para isso”, garantiu, ao acrescentar que o processo de inclusão social não será interrompido e que educação continuará sendo a questão central de sua gestão.

“Tenho certeza de que vamos estabilizar politicamente o país, vamos assegurar ao país a tranquilidade para voltar a crescer. Na democracia, é absolutamente normal que a oposição e qualquer um critiquem e se manifestem. Não podemos aceitar que as questões essenciais para o país não sejam objeto de uma ação conjunta visando a garantir que nós voltemos a gerar empregos e renda. Nós faremos a nossa parte”, destacou.

Pré-candidatura

Além de oficializar a pré-candidatura do ex-governador do Ceará e ex-ministro da Integração Nacional, Ciro Gomes, à Presidência da República em 2018, o Diretório Nacional do PDT decidiu referendar hoje a decisão de dezembro das bancadas do partido na Câmara e no Senado e da Executiva Nacional contrária ao processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, aberto na Câmara dos Deputados. Os pedetistas também decidiram apoiar a saída de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da presidência da Casa.

Dilma voltou a dizer que o processo que está sofrendo é uma tentativa de golpe. “Não tenho na minha vida, ao longo do tempo que passei no PDT ou no PT, nenhuma acusação de uso de dinheiro público. Não tenho dinheiro no exterior e tenho uma vida ilibada”, disse sob aplausos da militância pedetista.

A presidenta lembrou o fundador o PDT, Leonel Brizola, a quem chamou de herói brasileiro e disse que precisa de sugestões para fazer com que o Brasil vá pra frente. “Você já declarou que me ama várias vezes, espero que você mantenha a sua palavra”, brincou com o presidente do PDT, Carlos Lupi.

Portal Terra