Ezequiel Ferreira solicita investimentos para segurança pública de Currais Novos

O deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, apresentou requerimentos com o objetivo de melhorar a segurança pública do município de Currais Novos. O parlamentar solicitou, entre outras ações, a implantação da Delegacia da Mulher na cidade e a transformação da companhia independente de Polícia Militar local em Batalhão.

“Atualmente a PM funciona em um prédio estadual, cedido, e que hoje supre as necessidades e demandas dos policiais e munícipes. Mas, objetivando uma ampliação no número de efetivos e, consequentemente, uma maior segurança para o município de Currais Novos, com rondas ostensivas e fiscalização frequente, é fundamental que a Companhia Independente seja transformada em Batalhão”, disse Ezequiel.

Sobre a Delegacia, o deputado explica que o objetivo é garantir maior segurança “à população feminina, vítima de violência, por meio das atividades de investigação, prevenção e repressão dos delitos praticados contra a mulher”. O equipamento ainda atenderia a população dos demais municípios do Seridó.

Em outro requerimento, Ezequiel pede a disponibilidade de uma nova viatura policial para a cidade. “O município está vulnerável quanto à segurança. Atualmente Currais Novos está com déficit de viaturas para atender a demanda da zona urbana e comunidades rurais”, explicou o deputado.

O presidente da Assembleia ainda apresentou requerimentos solicitando o retorno do vale-alimentação para os policias militares que atuam na cidade e a realização de um curso de formação de sargentos, também no município.

 

Assessoria

Assembleia homenageia Liga contra o Câncer pelos 70 anos de fundação

O deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) homenageou, nesta quinta-feira (11), com Sessão Solene na Assembleia Legislativa, a Liga Norte-rio-grandense Contra o Câncer, que está completando 70 anos de fundação. Durante o evento, foi anunciada a construção de uma unidade de pediatria oncológica. Reconhecida pelo Ministério da Saúde como centro de alta complexidade em Oncologia, a Liga é uma entidade sem fins lucrativos.

“Um trabalho digno de todas as honrarias, feito com extraordinária dedicação por homens e mulheres, que só poderia resultar no alto padrão alcançado e com elevada acessibilidade, principalmente através do SUS”, disse Vivaldo em seu discurso. “Como médico e homem público, devo registrar quanta satisfação eu tive há mais de uma década quando a Liga implantou em Caicó a sua unidade de Oncologia”, ressaltou o parlamentar seridoense.

Superintendente da Liga, Roberto Sales falou em nome da entidade ressaltando seu crescimento nas últimas décadas. “A Medicina evoluiu muito e a Liga também”, disse o médico que compôs a mesa de autoridades ao lado do deputado Vivaldo Costa.

Na ocasião, foram homenageados os médicos Airton Dantas Wanderley, Aldo da Cunha Medeiros, Flávio Rocha de Medeiros, Genival Dias Melo, Geraldo Batista de Araújo, Ivo Barreto de Medeiros, José Américo dos Santos Costa, Karla Assunção de Carvalho Emerenciano, Leão Pereira Pinto, Maciel de Oliveira Matias, Onofre Lopes da Silva Júnior, Ricardo José Curioso da Silva, Roberto Luiz Curioso Silva.

Falando em nome dos homenageados, Ivo Barreto anunciou a inauguração para daqui a dois meses, do segundo Acelerador Linear “mais moderno do Brasil”, e a construção, em breve, da unidade de pediatria oncológica. “Será mais um legado da Liga que a população não esquecerá nos próximos 30 ou 40 anos”, previu o médico que atua na Liga Norte-rio-grandense contra o Câncer desde 1972. Lembrando a história da entidade, ele relatou que a Liga foi criada com25 leitos e 25 funcionários, e hoje conta com 300 leitos, 1.500 funcionários, 300 médicos e 4 unidades no Rio Grande do Norte.

Estiveram presentes à sessão os deputados Coronel Azevedo (PSL), Hermano Morais (MDB) e Doutor Bernardo (Avante). E compuseram a mesa representantes da do Governo do Estado, Prefeitura de Natal, Liga, UFRN e Forças Armadas. O vereador Ary Gomes (PDT) representou a Câmara Municipal de Natal.

Assessoria

Maioria dos deputados do RN é a favor da reforma da previdência; veja como cada um votou

Plenário da Câmara aprova em 1º turno o texto-base da reforma da Previdência — Foto: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo 

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (10), em primeiro turno, por 379 votos a 131, o texto-base da proposta de emenda à Constituição (PEC) de reforma da Previdência, que altera as regras de aposentadoria. A maioria dos parlamentares potiguares foi favorável ao projeto. Na bancada estadual, houve cinco votos “sim”, dois “não” e uma ausência.

Votaram favoravelmente à matéria os deputados Benes Leocádio (PRB), Beto Rosado (PP), Fábio Faria (PSD), João Maia (PL) e Walter Alves (MDB).

Contrários ao projeto, os deputados Natália Bonavides (PT) e Rafael Motta (PSB) foram os potiguares que votaram pelo “não”. Já a ausência na sessão foi a do deputado General Girão (PSL), que passou por uma cirurgia no dia 1º de julho.

Voto dos deputados do RN na Reforma da Previdência  — Foto: O Voto dos Deputados/G1/Reprodução
Voto dos deputados do RN na Reforma da Previdência — Foto: O Voto dos Deputados/G1/Reprodução 

Para concluir a votação, os parlamentares ainda precisam analisar emendas e destaques apresentados pelos partidos para tentar alterar pontos específicos da proposta.

Considerada uma das principais apostas da equipe econômica para sanear as contas públicas, a proposta de reforma da Previdência estabelece, entre outros pontos:

  • Imposição de idade mínima para os trabalhadores se aposentarem: 65 anos para homens e 62 anos para mulheres;
  • Tempo mínimo de contribuição previdenciária passará a ser de 15 anos para as mulheres e 20 anos para os homens;
  • Regras de transição para quem já está no mercado de trabalho.

Após a aprovação do texto-base nesta quarta, os deputados votaram um único destaque, rejeitado. Em seguida, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão, retomada na manhã desta quinta (11).

O resultado da votação do texto-base desta quarta superou as expectativas dos próprios governistas. Até domingo (7), o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, estimava que a proposta receberia cerca de 330 votos.

Contribuíram para o resultado os votos de deputados de partidos de oposição, como PSB e PDT, que tinham fechado questão contra a reforma da Previdência. No PSB, dos 32 deputados da bancada, 11 votaram a favor da reforma. No PDT, oito dos 27 deputados votaram pela aprovação do texto.

Fonte: https://g1.globo.com

Assembleia vai a Florânia e Caicó discutir isenção de IPVA para motocicletas

A  Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte irá até as cidades de Florânia e Caicó, nesta sexta-feira (12), para discutir e orientar a população desses municípios sobre a isenção do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para motocicletas de até 200cc de uso rural. A proposição do debate é do deputado Nelter Queiroz (MDB), que vê a necessidade de esclarecimento do benefício junto à população.

“É um benefício que está previsto em lei e muitas pessoas sequer têm conhecimento sobre ela. Por isso, é importante que a Casa contribua para o esclarecimento da população que pode ser diretamente beneficiada, e isso é o que estamos buscando”, disse o deputado.

A norma que trata sobre a isenção é a lei estadual nº 6.967, de 30 de dezembro de 1996, que determina que o pagamento do IPVA é dispensado aos pequenos proprietários, produtores e trabalhadores rurais (exclusivamente em atividade rural), limitado a um veículo por beneficiário e para motos ou motonetas de até 200cc. O debate já ocorreu em outros municípios do Estado, como Jucurutu, Santana do Matos e Parelhas, e agora chega a Florânia e Caicó.

“Vamos continuar levando a discussão ao interior do Rio Grande do Norte para contribuir com essa população, que já paga diversos tributos e tem o direito dessa economia. Com certeza essa economia faz muita diferença no orçamento da população, que precisa das motos para diversas atividades no dia a dia”, explicou o parlamentar.

As audiências públicas ocorrerão pela manhã às 9h, na Câmara Municipal de Caicó, e às 14h, na Câmara Municipal de Florânia.  A entrada é aberta ao público.

Assessoria

Incêndio atinge barco em Natal

Barco pega fogo no bairro da Ribeira em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi 

Uma embarcação pegou fogo na manhã desta quinta-feira (11) no terminal pesqueiro de Natal, no bairro da Ribeira, Zona Leste da cidade. Unidades de combate a incêndio e de resgate, do Corpo de Bombeiros, foram enviadas para o local. Não há feridos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a embarcação estava sendo desmanchada e pegou fogo quando uma lâmpada interna foi acesa. O calor da lâmpada em contato com gases acumulados dentro do barco teria provocado as chamas. O fogo também atingiu o revestimento da embarcação.

A embarcação Kinsai Maru tinha sido apreendida há cerca de seis anos e, desde então, estava encostada no terminal. Agora ela estava sendo desmanchada para ter partes vendidas ao ferro velho.

Os bombeiros foram acionados por volta das 10h15. A princípio, o desmanche era feito de forma legalizada. O caso foi informado à Marinha. Além dos carros do Corpo de Bombeiros, um da Marinha foi usado no combate ao fogo. 20 militares participaram da ação.

Bombeiros combatem incêndio em embarcação de Natal — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Bombeiros combatem incêndio em embarcação de Natal — Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação 

Fonte: https://g1.globo.com

Assembleia realiza ação de conscientização sobre Câncer de Cabeça e Pescoço

A manhã desta quinta-feira (11) foi reservada para os servidores da Assembleia Legislativa e sociedade participarem de uma ação de conscientização sobre o combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço, dentro da programação do “Julho Verde”. O objetivo do evento, promovido pelo Setor de Saúde e Bem Estar, junto com a Diretoria de Políticas Complementares e a deputada estadual Cristiane Dantas (SDD), foi conscientizar os participantes sobre os riscos, fatores causadores e tratamento da doença.

De acordo com a chefe do setor de saúde da Casa, Geane Augusto, o Dia Mundial de Conscientização e Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço é celebrado no dia 27 de julho. “Essa é uma ação que visa principalmente chamar a atenção para esse problema que cresce a cada dia”, disse. Ela explicou que a Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP), vem há 50 anos buscando o melhor para a prevenção e tratamento da doença. “Para isso promove durante todo o mês de julho atividades de conscientização e informação no combate a este tipo de câncer”, completou.

A deputada Cristiane Dantas foi a propositora do projeto de lei nº 10.132 de 2016, que dispõe sobre a inclusão, no calendário oficial do RN, do mês de Julho como o mês de Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço e institui a campanha “Julho Verde”, estabelecendo o dia 27 de julho como Dia Estadual de Conscientização do Câncer de Cabeça e Pescoço.

De acordo com a médica da Divisão de Políticas Complementares de Saúde e Bem-Estar da Assembleia, Almira Dantas, as estimativas do INCA posicionam o câncer de cabeça e pescoço como o segundo tipo de tumor maligno mais frequente entre os homens no Brasil, atrás somente do câncer de próstata.

“O câncer da tireoide, três vezes mais frequente entre mulheres, é apontado como o mais comum da região da cabeça e pescoço. Na maioria dos casos tem muita relação com tabagismo e abuso de álcool, que são situações frequentes na população”, explicou.

O câncer de cabeça e pescoço é o nome que se dá ao conjunto de tumores que se manifestam na boca, na faringe e na laringe, entre outras localizações da cabeça e do pescoço.

Segundo Almira, uma ação como a do “Julho Verde” tem como objetivo disseminar informações sobre prevenção e detecção precoce desse tipo de câncer, pois, quando diagnosticado logo no início, as chances de cura podem chegar a 80%.

“O diagnóstico é feito por meio de avaliação clínica — que muitas vezes pode ser realizada por um médico ou dentista. Esperamos com a ação que mais pessoas procurem assistência e possam descobrir e tratar precocemente”, explicou a médica.

Durante o evento foram realizadas palestras com os seguintes temas: Câncer de Cabeça e Pescoço: Desafios do diagnóstico ao tratamento; Aspectos Psicológicos do paciente com Câncer de Cabeça e Pescoço; Câncer de Boca: do diagnóstico à reabilitação; Reabilitação fonoaudiológica do paciente com Câncer de Cabeça e Pescoço e Aspectos Sociais.

 

Assessoria

Entre postagens agressivas sobre a morte de Paulo Henrique, Padre Fávio dá uma aula de fé e respeito

Resultado de imagem para Padre Fábio de Melo
Foto: Divulgação/TV Globo

Com a morte do jornalista Paulo Henrique Amorim (10), está acontecendo muitas postagens agressivas por causa das posições do jornalista. Supostamente ele havia sofrido suspensão da TV Record quando fez críticas pessoais contra o governo de Jair Bolsonaro, é o que diz a imprensa. Então começaram as agressões dos descontrolados que não possuem fé, amor e respeito.

Um internauta fez a seguinte crítica:

“Quando morre um canalha me lembro das aulas de catecismo, em que o padre falava sobre o Céu e o Inferno. Aquilo me impressionava. Fazer o bem, ser cristão, em suma, era a receita para entrar na porta iluminada. Senão, o Diabo nos esperava na escuridão. Onde baterá a alma de PHA?”.

Mas em  meio a tantas agressões surgiu alguém com sensatez e repeito por todos os brasileiros. O padre Fábio de Melo com a seguinte mensagem:

“É assim que nós religiosos fomentamos e fazemos crescer o ateísmo. Anunciando um deus que é bem pior do que nós”, criticou o padre, pela forma como a pessoa quis explicar o assunto.

E o padre não parou por ele, ele deu uma bela lição explicando que a pessoa não precisa ser religiosa para respeitar a morte do outro e que mesmo quando há diferenças, é preciso ser humano, respeitar o luto de quem está sofrendo e que isto mostra o quanto uma pessoa é digna, completando em seguida:

“Se não gostava do que morreu, dedique-se o silêncio”.

A postagem de padre Fábio fez o assunto render ainda mais, com muitos outros comentários, contras e a favor também.

Hospitais de Pau dos Ferros e Caicó firmam parceria para realização de cirurgias

Foto: da Internet
Os mais de 35 municípios da 6ª Região de Saúde do Rio Grande do Norte, com sede em Pau dos Ferros, passam a contar com a realização de cirurgias ortopédicas eletivas de média e alta complexidade. Os procedimentos serão iniciados no dia 18 de julho.

A ação será possível pela assinatura, esta semana, de um Termo de Cooperação entre os diretores dos hospitais de Caicó, Maura Sobreira, e de Pau dos Ferros, Raimundo Farias.”A ideia é que possamos reduzir o tempo de espera para realização de procedimentos de alta complexidade em traumato-ortopedia, incluindo os encaminhamentos para região de Natal”, explicou Maura Sobreira, diretora geral do Hospital Regional Telecila Freitas Fontes, em Caicó.

O termo prevê que as cirurgias eletivas ortopédicas sejam realizadas no hospital Regional de Caicó, que será responsável pela equipe multiprofissional de saúde e os leitos hospitalares necessários para o procedimento.

O hospital Regional Dr. Cleodon Carlos de Andrade, em Pau dos Ferros, irá encaminhar para Caicó os pacientes, devidamente estabilizados e acompanhados pela equipe técnica, em ambulância própria, abastecida com os materiais/insumos e medicamentos que serão utilizados na cirurgia.

O Núcleo Interno de Regulação (NIR) das duas unidades irá trabalhar informando diariamente a lista dos pacientes que aguardam cirurgia eletiva ortopédica ao Complexo Estadual de Regulação (CER). Uma Comissão de Acompanhamento composta por representantes dos dois hospitais e da Coordenação de Hospitais da Sesap (Cohur) irá monitorar os resultados dos serviços.

Deputados aprovam 17 projetos, incluindo isenção de IPVA para autistas

Mais de 17 projetos e requerimentos, incluindo os de iniciativa parlamentar e os enviados pelo Executivo, foram aprovados pelos deputados na sessão plenária desta quarta-feira (10). Entre eles o projeto do governo que estabelece a remissão e a anistia dos créditos tributários decorrentes das isenções dos incentivos e dos benefícios fiscais. De iniciativa parlamentar, projetos nas áreas de educação, de proteção à mulher e de cunho social, como o que estende a isenção do IPVA para autistas.

Na discussão do projeto governamental, o deputado George Soares (PR), líder governista, agradeceu às bancadas dos líderes pela liberação do projeto “que vem fazer uma previsão na lei, autorizando a celebração de convênios e permitindo ao Estado deliberar sobre a remissão de créditos tributários”.

Outra matéria aprovada do Governo, o projeto 011/2019, não gera custos para o erário e pretende aprimorar os procedimentos da Procuradoria, criando a divisão de cobranças judiciais dos débitos da dívida ativa, irá permitir a cisão da procuradoria fiscal e da dívida ativa (PFDA), da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), em Procuradoria da dívida ativa (PDA) e em Procuradoria do Contencioso Fiscal (PCF).

De iniciativa da deputada Cristiane Dantas (SDD), o projeto que amplia a isenção de IPVA na aquisição de veículos, incluindo os autistas. Do deputado Kleber Rodrigues (Avante) o projeto que institui no calendário de eventos oficiais do RN a Semana da Leitura e Escrita infantil e o que institui a Semana Estadual de Esporte para a Pessoa Idosa. O projeto que institui o Dia do Cão Guia, do deputado Sandro Pimentel (PSOL) também foi aprovado, bem como o que cria espaços públicos destinados ao lazer e socialização de cães.

Também foram aprovados: projeto que institui, no calendário de eventos do RN, o Dia do Técnico Agrícola (Francisco do PT); projeto que dispõe sobre a classificação da surdez unilateral como deficiência auditiva, do deputado Nelter Queiroz (MDB).

De iniciativa do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), foi aprovado o projeto que institui o mecanismo de inibição da violência contra a mulher no Estado do Rio Grande do Norte, através de multa contra o agressor, em caso de utilização de serviços públicos. Do então deputado Dison Lisboa (PSD) o projeto que vinha tramitando na Casa e cria o Selo Estadual RN Sem Dengue; bem como o de Márcia Maia (PSDB), que institui o dia 23 de setembro como o Dia Estadual da Ikebana Sanguetsu.

Outro projeto, do presidente da Casa, denomina a Central do Cidadão de Currais Novos de Alberto Antônio do Nascimento; do deputado Kelps Lima (SDD) foi a provado o projeto que veda a prática do nepotismo no âmbito da administração pública direta e indireta do RN; do deputado Allyson Bezerra o projeto que estabelece critérios para a contratação de artistas para espetáculos em festejos de época e eventos comemorativos e culturais no âmbito da administração pública do RN. Na área da saúde, projeto do deputado Allyson Bezerra (SDD) foi aprovado o projeto que assegura, através do SUS, a realização, em até trinta dias, dos exames destinados À comprovação de doença Neoplásica.

Outro projeto aprovado, do deputado Francisco do PT dispõe sobre a liberdade de expressão, de opinião e de pensamentos no ambiente escolar das redes públicas e privadas de ensino no Estado, instituindo o mês da Escola Democrática. Todos vão agora para sanção da governadora Fátima Bezerra (PT).

Autismo

O projeto de Lei da deputada Cristiane Dantas se soma as outras iniciativas da Assembleia legislativa para derrubar tabus em torno do autismo.  No segundo semestre do ano passado a Casa realizou uma ampla campanha educativa nos meios de comunicação do Estado com o tema “Autismo: Entenda o ritmo de cada um”, lançada em uma audiência pública que teve o tom de reflexão, para chamar a atenção do tratamento em crianças autistas e suas famílias.

Outra iniciativa foi a exposição “Autismo & Artes” no Salão Nobre da Assembleia Legislativa, onde todos conferiram os desenhos feitos por portadores de TEA – Transtorno do Espectro Autista.

A atuação da Assembleia Legislativa na defesa das pessoas autistas e no esclarecimento sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA) também teve lugar no “V Simpósio Dialogando sobre o Autismo”, que em abril reuniu especialistas da área em torno do tema.

Deputados discutem Educação em tempo integral e apresentarão mudanças em projeto

É preciso se incentivar a escola de tempo integral no Rio Grande do Norte. Esse foi o entendimento comum de todos os participantes de uma audiência pública realizada na tarde desta quarta-feira (10), na Assembleia Legislativa. Por iniciativa do deputado Kelps Lima (SDD), deputados, alunos, professores e membros do Poder Público discutiram a importância da educação de tempo integral e cobraram uma proposta que amplie a disponibilidade de escolas voltadas a esse fim. O deputado propositor quer participação popular na discussão da proposta do Governo do Estado sobre o tema e apresentou requerimento para garantir esse debate.

Contando com um auditório lotado, a audiência teve a participação dos deputados Francisco do PT, Isolda Dantas (PT), Sandro Pimentel (PSOL) e Hermano Morais (MDB), além de Kelps Lima, que expuseram suas opiniões sobre a educação em tempo integral. Para eles, ficou claro que todos reconhecem a importância da escola que recebe os alunos e fornece atividades durante todo o dia, mas é preciso que uma lei discutida junto à população garanta os direitos e determine as diretrizes dessa educação.

“Escola em tempo integral é um grande investimento e é, sem dúvidas, o caminho”, disse Hermano. “Nós temos que fazer mais debates sobre esse tema, que é algo importantíssimo”, afirmou Isolda Dantas. “Vamos buscar o melhor modelo para que o RN consiga chegar ao projeto da Escola em Tempo Integral”, cobrou Francisco do PT. “Todos falam de escola em tempo integral, mas não pode ser somente falácia nem bandeira de campanha eleitoral. Tem que se tornar prática”, destacou Sandro Pimentel. “Cabe à Assembleia tramitar o projeto o mais rápido possível e estar aberta às sugestões. O que não pode é se omitir no que diz respeito à educação. O que não dá é a Assembleia ficar com o projeto parado e ficar sem o debate público”, alertou Kelps Lima.

O principal ponto em discussão foi sobre qual o melhor modelo a ser estabelecido pelas escolas de tempo integral no Rio Grande do Norte. Na audiência, representantes de instituições que aderiram ao “Escola de Escolha”, que tem moldes diferentes da proposta inicial do Governo do Estado, demonstraram preocupação com a aprovação da matéria nos moldes atuais. O objetivo principal é manter as boas práticas que estão sendo tomadas. Contudo, representantes do Executivo explicaram que uma lei pode dar mais segurança e as diretrizes podem ser afinadas.

A subcoordenadora de Ensino Médio da Secretaria de Educação Estado, Amilka Lima, explicou que a Política educacional é uma construção coletiva e, por isso, todos os presentes eram convidados a contribuir com a proposta. Segundo ela, o Estado não se colocou contrário ao molde da “Escola de Escolha”. Para ela, é preciso que se vejam os relatos positivos, mas são necessários ajustes de alguns elementos.

“É preciso que essa experiência se torne uma política de estado. Tem que ser economicamente sustentável ao longo dos anos. A carreira tem que ser adequada aos professores, que trabalham de forma integral. Temos que pensar em uma escola que seja para todos, que essa escolha seja coletiva e para todos. Deve ser o nosso ponto de partida. A adequação é necessária”, explicou.

Também presente ao debate, a ex-secretária de Educação do Estado Cláudia Santa Rosa avaliou que não há discordâncias sobre a importância da escola em tempo integral e que o fato de se observarem pontos para aperfeiçoamento é salutar ao debate. No entendimento da pedagoga, é preciso que haja um acordo com relação ao modelo pedagógico.

“O que vimos aqui é uma defesa de um modelo pedagógico, que não exclui a necessidade de melhorar a carreira de um professor. O modelo que existe é vitorioso, mas não estou dizendo que tira a possibilidade do estado fazer cumprir o plano estadual de educação. Eu vivi para ver as escolas pedindo a permanência de um modelo pedagógico. Não estou vendo discordância sobre escola de tempo integral, já que todos concordam que é importante. O que está se discutindo é o modelo, a proposta pedagógica, e com diálogo é possível chegar a um bom resultado”, disse Cláudia Santa Rosa.

Durante o debate, vários estudantes e professores expuseram os bons resultados das escolas que já atuam com a educação integral, com mais de 30 pronunciamentos durante toda a discussão. Ao fim da discussão, ficou acordado que a proposta atual do Governo será discutida e aperfeiçoada a partir das sugestões da população e dos profissionais da área.

“Nosso mandato está à disposição para colaborar com tudo o que for necessário para que a escola de tempo integral cresça no Rio Grande do Norte. Vamos abrir o espaço para a discussão do projeto e chegar ao melhor modelo possível”, disse Kelps Lima.

“Vai ser difícil a gente encontrar um movimento com todos os envolvidos que cobram a melhoria. O Poder Executivo e a Assembleia não poderão ignorar o fato de que os profissionais e usuários do sistema virem aqui e dizerem ‘queremos assim’. Isso não pode ser ignorado. Como existem prazos, não dá para esperar. As decisões precisam ser tomadas. Vamos ver o andamento do projeto e discutir as possíveis alterações. Estou à disposição e apresentarei as emendas apresentadas por vocês, independente de eu concordar e de eu votar ou não, mas garanto o debate na Assembleia”, disse Kelps Lima.

Reforma da Previdência: aprovada em primeiro turno

G1 – O texto-base da reforma da Previdência foi aprovado em primeiro turno no plenário da Câmara nesta quarta-feira (10). Foram 379 votos favoráveis e 131 contrários.

O projeto terá que ser aprovado também em segundo turno e ainda poderá sofrer modificações. Depois, se for aprovada, a reforma terá que ser apreciada também pelo Senado.

A proposta de emenda à Constituição (PEC) para mudar as regras de aposentadoria foi apresentada pelo governo Bolsonaro no dia 20 de fevereiro.

A comissão especial da Câmara aprovou o texto com mudanças na semana passada, a partir do parecer do relator Samuel Moreira (PSDB-SP). Foi esse o texto aprovado também no plenário, nesta quarta. Agora, a próxima etapa é votar os destaques, propostas para alterar o texto-base.

A proposta aprovada no plenário reduz a previsão de economia para os cofres públicos com a reforma para R$ 990 bilhões em 10 anos, segundo cálculos do secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho. O projeto enviado pelo governo ao Legislativo previa, inicialmente, uma economia de R$ 1,236 trilhão em 10 anos.

Idade mínima e tempo de contribuição previstos no parecer do relator da reforma da Previdência na Câmara — Foto: Arte/G1

Rogério Marinho sai vitorioso da reforma

Resultado de imagem para rogério marinho
Foto: da Iternet
Derrotado fragosamente nas urnas de outubro de 2018 na sua tentativa de permanecer na Câmara dos Deputados mesmo após virar protagonista na casa e no Brasil sendo relator da Reforma Trabalhista, o ex-deputado Rogério Marinho é um daqueles casos que a pessoa “CAI PARA CIMA”.
Nomeado braço direito de Paulo Guedes na montagem do ministério da economia, Rogério foi considerado não só pelo Ministro, mas pelo próprio presidente Jair Bolsonaro e foi o único da equipe do governo citado nominalmente pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia em seu discurso nesta quarta na casa legislativa na aprovação da reforma da previdência, considerada a reforma da reforma do governo atual.
O que faltou aqui no estado em vários momentos para o neto de Djalma Marinho, sobrou em Brasília. HABILIDADE.
Rogério fez um trabalho silencioso e fundamental e sai um gigante para virar Ministro até o fim de 2019.

Cursos gratuitos de espanhol para profissionais de turismo têm inscrições abertas

 

Estão abertas as inscrições para os cursos gratuitos de espanhol para profissionais do turismo. Os cursos são oferecidos pela Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte, em parceria com o Núcleo de Estudos e Pesquisa de Espanhol como Língua Estrangeira (Nupele) do IFRN.

As inscrições para as primeiras turmas seguem abertas até às 18h do dia 16 de julho. Clique AQUI para fazer a inscrição.

O projeto irá ofertar três tipos de cursos: o “Conoce”, o “Comprende” e o “Dime”. Serão disponibilizadas 30 vagas para os cursos “Conoce” e “Comprende”, sendo 70% delas destinadas para o setor do turismo e 30% para o setor de ensino. O curso “Conoce” é voltado para iniciantes no idioma, enquanto o “Comprende” é para quem já possui algum conhecimento na língua. Já para o curso “Dime” serão ofertadas 15 vagas para pessoas que dominam a língua espanhola e procuram aprimorá-la.

O objetivo do projeto é contribuir diretamente na qualificação em língua espanhola de pessoas que trabalham com turismo, priorizando nesse momento mensageiros e recepcionistas. “Falar o idioma espanhol é imprescindível para atender bem o turista que nos visita, tendo em vista que o maior emissor internacional de turistas para o Rio Grande do Norte é a América do Sul”, afirma a secretária de turismo, Aninha Costa.

As aulas acontecerão no IFRN Campus Natal Central, no período de 18 de julho a 30 de setembro de 2019. O resultado das inscrições será divulgado após às 14h do dia 17 de julho no site do Campus Natal-Central e também nos murais da Setur e da ABIH-RN.

Cursos são oferecidos pela Setur em parceria com o IFRN — Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá 

Fonte: https://g1.globo.com

Professores de escolas públicas do RN têm até dia 22 para se inscrever para trabalhar no Enem

Os professores de escolas públicas do Rio Grande do Norte têm até o dia 22 de julho para se inscrever para trabalhar no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para cada domingo de prova é pago R$ 342, o que corresponde a R$ 28,50 por hora. As inscrições podem ser feita pela internet.

Podem se inscrever docentes da rede estadual e municipal de ensino para atuarem na Rede Nacional de Certificadores (RNC) do Enem. Nos dias de prova, 3 e 10 de novembro, os certificadores atuarão como representantes do Inep, conferindo vários procedimentos nos locais onde o Enem estiver sendo aplicado.

O Inep exige uma nota mínima em um curso de capacitação a distância, realizado após as inscrições. Os professores também precisam cumprir alguns critérios para se inscreverem:

  • ser docente da rede estadual ou municipal de ensino, efetivo e registrado no Censo Escolar 2018;
  • ter formação mínima em nível médio;
  • não estar inscrito como participante do Enem 2019;
  • não ter cônjuges/companheiros ou parentes – em linha reta, colateral ou por afinidade até o terceiro grau – inscritos no Enem 2019;
  • não ter vínculo com as atividades do processo logístico de elaboração, impressão, distribuição, aplicação ou observação da aplicação do exame, e nem com o processo de correção da redação.

Serviço

Fonte: https://g1.globo.com

Assembleia Legislativa Homenageia o CREA pelos seus 50 anos

A Assembleia Legislativa homenageou, na manhã desta quarta-feira (10), o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Norte (CREA), pelos seus 50 anos. O propositor, deputado Kelps Lima (SDD), ressaltou na solenidade a importância da Engenharia para o desenvolvimento do Estado.

“O Rio Grande do Norte Nunca precisou tanto das características de um engenheiro, o profissional que sabe o que é um projeto e o nosso Estado precisa de um grande plano de desenvolvimento econômico. O engenheiro sabe o que é planejamento, ele tem a visão geral do todo. Sem uma visão macro de desenvolvimento do Estado não será possível uma solução para o desenvolvimento do todo. A engenharia pode e deve ter um protagonismo maior”, destacou o deputado Kelps Lima.

O ex-senador Fernando Bezerra falou em nome dos homenageados e destacou as vantagens naturais que o nosso Estado tem e a importância de um plano de desenvolvimento para o seu crescimento. “Apesar de tudo que vivemos, de todas as dificuldades eu tenho uma grande esperança no futuro do nosso Rio Grande do Norte. O nosso Estado é viável para o crescimento, o nosso País é rico”, ressaltou Fernando.

Fernando Bezerra comentou ainda a importância da participação dos engenheiros nos planos de desenvolvimento do Estado. “Eu me pergunto qual seria o papel dos engenheiros nesse processo de retomada do crescimento econômico que tanto esperamos e tanto queremos. Natal, por exemplo, está às vésperas de rever seu Plano Diretor, necessitando que todos, mas sobretudo os engenheiros tenham uma participação ativa na formulação desse plano antes dele chegar à Câmara de vereadores”, opinou Fernando Bezerra.

A presidente do CREA, Ana Adalgisa Dias, também falou da alegria de presidir o CREA e enalteceu a participação de todos que fazem a instituição durante esses 50 anos. “Eu recebi uma herança bendita pois hoje tenho o prazer de estar chutando a bola para o gol. Presidir essa entidade que tem uma credibilidade, que tem uma cumplicidade com a sociedade e seus profissionais é extremamente gratificante e de grande responsabilidade e essa responsabilidade e alegria eu compartilho com todos os que fazem o Conselho. Meu muito obrigada não só por essa homenagem, mas eu agradeço por estar na instituição nesse momento, por contar com vocês para fazer um CREA cada vez maior, cada vez mais forte. Que os próximos 50 anos sejam de muito vigor econômico e profissional”, exaltou Ana Adalgisa.

A solenidade contou com a participação dos familiares dos homenageados e de autoridades como o secretário adjunto da secretaria de infraestrutura, Haroldo Azevêdo, representando a governadora Fatima Bezerra (PT); a secretária de Mobilidade Urbana, Elequicina Dos santos, representando o Prefeito de Natal Álvaro Dias  (MDB); o vereador Sueldo Medeiros, representando o presidente da Câmara de Natal, Paulinho Freire; o assessor parlamentar da 7ª brigada de infantaria motorizada, Cel Ozael Teodósio de Melo; o diretor do Centro de Tecnologia da UFRN, Luiz Alessandro Câmara; o presidente da OAB, o advogado Aldo Medeiros e o presidente do CREA do Rio de Janeiro, Luiz Antônio Coenza. Também se fez presente o deputado estadual Hermano Moraes (MDB).

Homenageados

Deputado estadual Allyson Bezerra (SDD), Ana Adalgisa Dias Paulino, Ânjelo da Costa Neto, Brenno Queiroga, Fernando Luiz Gonçalves Bezerra, Gustavo Fernandes Rosado Coelho, João Maria Cavalcante, José Ivonildo do Rêgo, sendo representado pela sua irmã Lúcia de Fátima Rêgo, Márcio José Sá Dantas Luz, Mario Varela Amorim, sendo representado pelo Sr. Haroldo Azevedo Filho, Modesto Ferreira dos Santos Filho sendo representado pelo Sr. Alessandro Ricardo Costa de Araújo Câmara.

Assessoria