Hospital do Coração em Natal é vendido a grupo empresarial

Hospital do Coração, em Natal (Arquivo) — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Hospital do Coração, em Natal (Arquivo) — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Após cerca de dois anos de negociação, o Hospital do Coração – um dos maiores hospitais privados de Natal – foi vendido para a Humana Saúde, do grupo Athena Saúde, segundo confirmou a empresa em comunicado à imprensa. Os valores negociados na compra não foram divulgados.

De acordo com o comunicado, o contrato foi assinado no dia 30 de dezembro. O grupo empresarial ainda informou que não haverá nenhuma alteração no corpo clínico e nos serviços prestados e o médico Nelson Solano deverá permanecer na direção do hospital.

“Ressaltamos ainda que o hospital continuará atendendo e fortalecendo a parceria com todos os convênios, ampliando seus serviços e oferecendo uma medicina especializada e de excelência para a saúde potiguar”, informou a empresa no comunicado.

O hospital foi fundado no início dos anos 2000 por médicos cardiologistas potiguares, mas ampliou seu atendimento a várias outras especialidades.

Com a venda, o Hospital do Coração passa a integrar a Athena Nordeste, juntamente com a Humana Saúde, Medplan, grupo Medimagem, Unihosp e o Hospital Centro Médico Maranhense.

G1RN

Polícia Civil prende dois suspeitos de participação na morte de educador físico no interior do RN

Israel Feitosa era educador físico e dono de uma academia em Caiçara do Rio do Vento. — Foto: Cedida
Israel Feitosa era educador físico e dono de uma academia em Caiçara do Rio do Vento. — Foto: Cedida

Policiais civis prenderam nesta terça-feira (5) um homem e uma mulher suspeitos de participarem do sequestro e da morte do educador físico Israel Feitosa, de 28 anos, no último dia 28 de dezembro no município de Caiçara do Rio do Vento, Região Central potiguar. Outra mulher também foi detida suspeita de receptação.

A operação dos policiais civis da 1ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de São Paulo do Potengi teve o objetivo de cumprir dois mandados de prisão temporária, além de quatro de busca e apreensão nos municípios de São Tomé e Caiçara do Rio do Vento.

Um homem de 31 anos e uma mulher de 26 foram detidos suspeitos de participação no crime.

A outra mulher, de 32 anos, foi detida no Centro do município de São Tomé, distante cerca de 80 quilômetros de Caiçara do Rio do Vento. Segundo a Polícia Civil, durante o cumprimento dos mandados, foi descoberta na residência dela uma motocicleta com registro de roubo. Ela foi autuada em flagrante pelo crime de receptação.

A operação contou também com policiais civis da Delegacia Municipal de São Tomé e policiais militares do Destacamento de Caiçara do Rio do Vento e do Grupo Tático Operacional (GTO) de João Câmara.

O crime

O educador físico Israel Feitosa, de 28 anos, foi encontrado morto com marcas de tiros na manhã do último dia 29 de dezembro na zona rural do município de Caiçara do Rio do Vento. Segundo a polícia, ele foi tirado de dentro de casa e raptado por criminosos no dia anterior, por volta das 21h30.

Segundo a PM, criminosos armados chegaram à casa da família dele, renderam a mãe, o padrasto e familiares da vítima e afirmaram que procuravam por uma pessoa, que seria o irmão de Israel. Como não encontraram o alvo, levaram o educador físico como refém.

Israel Feitosa era educador físico e tinha uma academia em Caiçara do Rio do Vento.

G1RN

‘Temos de 8 a 15 dias para concluir a reforma do secretariado’, diz prefeito de Natal após exonerações

Álvaro Dias, prefeito de Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Álvaro Dias, prefeito de Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

G1RN – Após exonerar todos os cargos comissionados do município no primeiro decreto do ano nesta terça-feira (5) e renomear parte dos secretários para a próxima gestão, o prefeito de Natal Álvaro Dias (PSDB) disse que não tem “pressa” e que vai concluir a reforma do secretariado entre 8 e 15 dias.

“Não temos essa pressa toda, temos aí uns 8 a 15 dias para poder concluir a reforma do secretariado, as mudanças e as nomeações dos novos que se iniciam ou dos que vão permanecer”, disse em entrevista ao RN 2 da Inter TV Cabugi.

De acordo com o prefeito, a exoneração de todos os cargos aconteceu como uma estratégia para criar uma nova pasta: a Secretaria da Igualdade Racial. A ideia é encontrar formas de fundir alguns cargos e excluir outros para que a pasta seja incluída na nova gestão sem que haja um aumento nas despesas municipais.

Algumas pastas tiveram seus titulares renomeados nesta própria terça-feira, como a secretária de Administração, Adamires França; o secretário municipal de governo, Joham Alves Xavier; o procurador-geral do município, Fernando Pinheiro de Sá e Benevides; o consultor do município, Genildo Pereira da Costa e o coordenador do gabinete, Esdras Alves de Queiroz.

“Os outros nós vamos amadurecer, pensar, discutir, ouvir opiniões e sugestões para definir”, disse Álvaro Dias.

Prédio Prefeitura de Natal fachada  — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Prédio Prefeitura de Natal fachada — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Segundo ele, a tendência é que outros sejam mantidos, como a secretária de Políticas para a Mulher, Andréa Ramalho, o secretário de Tributação, Ludenilson Lopes, e também o secretário da Saúde George Antunes.

“O secretário George Antunes, que tem feito um bom trabalho a frente da SMS provavelmente deverá ser mantido. Mas eu vou conversar com ele, vou dialogar inclusive sobre a equipe que compõe a secretaria”, disse.

“Nós tivemos um bom desempenho na pandemia e vamos continuar a ter. Mas eu preciso conversar com ele pra definir o restante da equipe e estratégias de combate ao coronavírus. É a segunda onda que está aí caracterizada e que nós precisamos ter uma atuação forte, consistente e firme como tivemos na primeira onda, para diminuir o impacto no número de óbitos e de casos confirmados”.

Em contrapartida, Álvaro Dias citou que em outras pastas, há possibilidade de mudanças mais radicais para a nova gestão, incluindo cargos de secretários e cargos nas equipes. Esse é o caso da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU).

“A questão dos transportes é uma questão que muito nos preocupa, é um problema crônico que a cidade de Natal enfrenta. Precisamos ter respostas e vamos analisar bastante todos os nomes que vamos nomear”, disse.

Segundo o prefeito, o novo secretariado será “eminentemente técnico”. “Não vou dizer aqui que nós vamos exorcizar, nem extirpar a política da nossa gestão. Mas o secretariado vai ser eminentemente técnico.

“Para assumir novos cargos na nova gestão, temos de ter um secretariado e todos os cargos comissionados com o perfil eminentemente técnico, conhecimento sobre o assunto, a pasta e os cargos que vão ocupar. Esse será o requisito”.

Álvaro Dias era vice-prefeito de Carlos Eduardo (PDT) e assumiu a prefeitura em 2018, após o ex-prefeito deixar o cargo para se candidatar ao governo do estado, perdendo a disputa para a atual governadora, Fátima Bezerra (PT). O prefeito foi eleito para um novo mandato em novembro, em primeiro turno e tomou posse na última sexta-feira (1º).

Segundo Álvaro Dias, a mudança no secretariado não visa afastar a sua imagem da equipe herdada da gestão anterior, do ex-prefeito.

“Não significa distanciamento de nada e de ninguém. Eu tenho um bom relacionamento com o ex-prefeito Carlos Eduardo. Vamos, claro, continuar a nossa gestão com o bom relacionamento que sempre tivemos com o ex-prefeito. Não existe nenhum problema”.

Exonerações

O decreto que determinou a exoneração foi o primeiro ato administrativo oficial publicado no Diário Oficial do Município (DOM) após a posse no último dia 1º. De acordo com o texto, foram exonerados todos os ocupantes de cargos de provimento em comissão da Administração Direta e Indireta do Município, exceto os da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana).

Também foram exonerados todos os ocupantes de cargos em comissão da Agência Reguladora de Saneamento Básico do Município do Natal (Arsban), com exceção para os membros da diretoria que possuem mandato.

Caseiro morre eletrocutado em cerca elétrica na Grande Natal

Caseiro morreu eletrocutado ao tentar pular muro na região metropolitana de Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Caseiro morreu eletrocutado ao tentar pular muro na região metropolitana de Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Um caseiro de 65 anos morreu eletrocutado na cerca elétrica de uma casa no distrito de Guajiru, em São Gonçalo do Amarante, região metropolitana de Natal. O caso aconteceu na noite desta segunda-feira (4). A suspeita é de que a instalação elétrica seja irregular.

O imóvel fica em uma travessa da avenida Ruy Pereira dos Santos, a via principal que leva ao Aeroporto de São Gonçalo do Amarante. A vítima foi identificada como Francisco de Assis de Souza, de 65 anos. O homem tinha 28 filhos criados em duas famílias.

De acordo com familiares, a vítima trabalhou cerca de seis meses para o proprietário da residência. Ele foi ao local, nesta segunda (4), para pegar um pagamento de R$ 600, mas não encontrou ninguém no local. O homem havia se mudado.

Um dos filhos afirmou que, ao perceber que o patrão havia ido embora sem pagar a quantia, Francisco resolveu pular o muro para pegar as suas coisas que estavam dentro do imóvel. Na saída, o facão com que andava na cintura bateu na cerca, provocando a descarga.

Francisco de Assis de Souza, de 65 anos, sofreu choque em uma cerca elétrica e faleceu na Grande Natal. — Foto: Cedida

Francisco de Assis de Souza, de 65 anos, sofreu choque em uma cerca elétrica e faleceu na Grande Natal. — Foto: Cedida

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e enviou ambulâncias ao local, mas o homem já foi achado morto.

O facão foi encontrado ao lado do corpo. A perícia técnica foi acionada e policiais civis da Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal levantaram as primeiras informações sobre o incidente. Técnicos da companhia energética também foram acionados ao local e auxiliaram a polícia.

A corrente que fechava o portão foi aberta com auxílio de ferramentas, para que os investigadores tivessem acesso ao interior do imóvel. Se forem constatadas irregularidades na instalação da cerca elétrica, o morador poderá ser responsabilidade, segundo a polícia.

Preliminarmente, os técnicos da Cosern constataram que a cerca foi energizada direto do medidor de energia, o que é irregular. Também havia um arame amarrado no cadeado do portão.

Praia de São Conrado tem ‘onda de lixo’ após temporal

Foto de vídeo

Imagens feitas na Praia de São Conrado, na Zona Sul do Rio, mostram uma grande quantidade de lixo acumulado após as chuvas que atingiram a cidade no fim de semana.

O registro foi feito na tarde de sábado (2) e compartilhado pelo surfista e campeão mundial Kelly Slater em uma rede social.

Entre os objetos encontrados há muitas garrafas, tampas e sacos plásticos, a cabeça de uma boneca e uma bola de futebol.

G1RJ

Após pressão do povo governo de São Paulo reabre comércio nesta segunda-feira (4)

Cidade de São Paulo reabre comércio de rua nesta quarta-feira (10); FOTOS | São  Paulo | G1
Foto ilustrativa: Nelson Almeida/AFP

Por causa da pressão do povo o estado de São Paulo voltou, nesta segunda-feira (4), para a fase amarela da quarentena, e, reabriu o comércio e outras atividades não essenciais.

A gestão João Doria havia colocado todo o estado temporariamente na fase vermelha para tentar conter o avanço da contaminação pelo coronavírus. Mas o governador trancou o povo de São Paulo e foi passeia em Miame/EUA, o que deixou o povo muito irritado.

Dória retornou o mais rápido possível tentando justificar seu erro, dizendo que seu vice havia sido infectado, que esta era a razão de seu retorno. Disse também que haviam ido dá umas palestras em Miame, o que foi desmentido por vários jornalistas, entre eles, Alexandre Garcia, que recebeu da assessoria do governo uma mensagem informando o passeio para a passagem de ano novo no EUA.

Veja o que funciona hoje em São Paulo:

  • shoppings;
  • lojas;
  • concessionárias;
  • escritórios;
  • bares, restaurantes e lanchonetes;
  • academias;
  • salões de beleza;
  • parques;
  • cinemas, teatros e outros estabelecimentos culturais.
  • farmácias;
  • mercados;
  • padarias;
  • postos de combustíveis;
  • lavanderias;
  • meios de transporte coletivo, como ônibus, trens e Metrô;
  • bancos;
  • pet shops;
  • hotéis, pousadas e outros serviços de hotelaria.

G1SP

Suspeito é morto após assalto a conveniência na Zona Leste de Natal

Suspeito de assalto foi morto por pessoa não identificada que perseguiu dupla, no bairro Alecrim. — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi
Suspeito de assalto foi morto por pessoa não identificada que perseguiu dupla, no bairro Alecrim. — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Um homem ainda não identificado, suspeito de um assalto a uma padaria e conveniência no bairro Alecrim, na Zona Leste de Natal, foi morto a tiros por uma pessoa não identificada, na noite deste domingo (3). O caso aconteceu próximo à esquina da avenida Presidente Sarmento com a Rua dos Canindés.

De acordo com a polícia, uma dupla armada invadiu a conveniência por volta das 18h30 e realizou um assalto a funcionários e clientes, tomando dinheiro e celulares, entre outros objetos.

Em seguida, os dois homens correram em direção a outra esquina, onde tinham estacionado uma motocicleta. Porém, uma pessoa que estava na rua, e que ainda não foi identificada, atirou contra os assaltantes.

Um dos homens foi atingido na barriga e morreu no local. Já o outro suspeito conseguiu fugir levando o material roubado.

A Polícia Militar, a Polícia Civil e o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) foram acionados ao local para dar início à perícia e as investigações sobre o caso.

G1RN

Anvisa aprova importação de dois milhões de doses de vacinas pela Fiocruz

AstraZeneca afirma que tem a "fórmula vencedora" da vacina contra Covid-19
Vacina Oxford/AstraZeneca é aguardada com impaciência porque é relativamente barata | Foto: Justin Tallis / AFP / CP

A Anvisa informa que aprovou um pedido de importação excepcional de vacinas pela Fiocruz. A importação é considerada excepcional porque o imunizante ainda não foi submetido à autorização de uso emergencial ou registro sanitário. A aprovação ocorreu no dia 31 de dezembro de 2020, mesmo dia que o pedido de importação foi protocolado pela Fiocruz.  

A importação engloba dois milhões de doses da vacina de Oxford. A Fiocruz é a responsável por produzir a vacina desenvolvida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford aqui no Brasil. As doses importadas foram fabricadas pelo Serum Institute of India PVT. LTD, que é uma das empresas participantes do Covaxx Facility, o programa de aceleração e alocação global de recursos contra o novo coronavírus co-liderada pela OMS.  

Como se trata de uma importação de vacina que ainda não foi aprovada no país, a entrada no país deve seguir algumas condições, estabelecidas pela Anvisa. 

A principal exigência é que as vacinas importadas fiquem sob a guarda específica da Fiocruz até que a Anvisa autorize o uso do produto no país. Para isso, a Fiocruz deve garantir as condições de armazenamento e segurança para manutenção da qualidade do produto. Na solicitação recebida pela Anvisa, a indicação é que as vacinas cheguem ao país em janeiro.  

De acordo com o pedido da Fiocruz, a importação excepcional é uma preparação para antecipar a disponibilização de vacinas a partir do momento em que o seu produto estiver aprovado pela Anvisa.  

A autorização do pedido de importação excepcional é semelhante a outros já analisados e autorizados pela Anvisa e demostra a prioridade da Agência no tratamento de todos os processos que tratam de produtos para o enfrentamento da Covid-19.  

Das responsabilidades: 

A ausência de registro na Anvisa não isenta o importador das responsabilidades, quanto à qualidade, eficácia e segurança da vacina Covid-19, bem como de garantir as condições de biossegurança, transporte, armazenamento e conservação, devendo responder pelos efeitos danosos à saúde, caso venham a ocorrer. Assim, a liberação excepcional de importação condiciona as seguintes responsabilidades referente ao(s) lote(s) que fica(m) sob guarda da Fiocruz, devendo a fundação garantir: 

I. adequabilidade da cadeia de transporte; 

II. adoção das medidas relativas à biossegurança em todas as etapas (transporte, armazenamento, guarda e os procedimentos para a liberação dos lotes); 

III. adequabilidade das condições de conservação e armazenamento; 

IV. que não seja disponibilizada para distribuição e uso na população brasileira a vacina Covid-19, sem autorização de uso emergencial ou registro sanitário concedido pela Anvisa; 

V. a liberação do(s) lote(s) pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde – INCQS, nos termos da Resolução – RDC No 73, de 21 de outubro de 2008, DOU de 22 de outubro de 2008; 

VI. adoção demais medidas para preservar a qualidade, eficácia e segurança 

Caso a vacina covid-19, objeto desta liberação de importação, não seja autorizada a ser usada nos termos da autorização emergencial ou registrada pela Anvisa ou o lote seja reprovada por Biomanguinhos ou INCQS, a Fiocruz deve executar os procedimentos de descarte e incineração da vacina, conforme os padrões normativos. 

Atualmente, existem quatro vacinas com pesquisa autorizadas no país. Por meio da Submissão Contínua, a Anvisa já vem analisando os dados enviados previamente pelos laboratórios, mas até o momento não há pedidos de uso emergencial ou de registro no país.  

Fonte: Anvisa

Prefeito de Mossoró decreta calamidade administrativa e financeira e suspende diárias de viagens e gratificações

Prefeito de Mossoró decreta calamidade financeira e administrativa e suspende diárias de viagens e gratificações — Foto: Canindé Soares
Prefeito de Mossoró decreta calamidade financeira e administrativa e suspende diárias de viagens e gratificações — Foto: Canindé Soares

O prefeito Allyson Bezerra (SD) decretou estado de calamidade administrativa e financeira no Município de Mossoró. O ato foi publicado no Jornal Oficial de Mossoró (JOM), neste sábado (2), e faz parte um pacote de ações que, segundo o prefeito, visam “economizar recursos e dar mais eficiência à máquina pública”.

Ao todo, oito decretos foram publicados. Dentre as medidas adotadas, estão a suspensão temporária de horas extras e diárias de viagem; suspensão de contratos de telefonia móvel, viagem, hospedagem e prestação de serviços de consultoria e assessoria; suspensão temporária de funções gratificadas, exceto solicitação devidamente fundamentada dos secretários; e o retorno à Prefeitura, em trinta dias, de servidores públicos cedidos para outros órgãos, como Poder Legislativo e órgãos ou a entidades da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal.

O prefeito Allyson Bezerra justifica os ajustes da máquina pública a uma série de dificuldades. Entre elas, a expectativa, no Orçamento 2021, que as despesas com pessoal superem o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

“Conforme a LOA de 2021 (Lei Orçamentária Anual), os gastos com pessoal em Mossoró deverão atingir 57,50% da receita, acima do limite máximo, que é de 54%”, alerta o prefeito.

Confira os decretos

Decreto 5.941/2021 – Estimula recolhimento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para o exercício de 2021, ao estabelecer 25% de desconto para pagamento em quota única, com vencimento até o dia 26/02/2021; 5% para o pagamento em oito parcelas mensais, de acordo com o novo quadro de vencimentos: quota única/1ª quota (26/02/2021); 2ª quota (31/03/2021); 3ª quota (30/04/2021); 4ª quota (31/05/2021); 5ª quota (30/06/2021); 6ª quota (30/07/2021); 7ª quota (31/08/2021) e 8ª quota (29/09/2021)

Decreto 5.944/2021 – Suspensão temporária de horas extras e diárias de viagem, exceto casos excepcionais. Suspensão de contratos de telefonia móvel, viagem, hospedagem e prestação de serviços de consultoria e assessoria e revisão de todos os convênios em 60 dias.

Decreto 5.943/2021 – Identificação, em trinta dias, de equipamentos e imóveis alugados; veículos próprios e locados; empresas e serviços terceirizados e respectivos empregados. Listagem de patrimônio mobiliário, linhas telefônicas, servidores, com as respectivas funções gratificadas, e estagiários, todos os contratos e convênios em vigor, entre outras medidas. Estabelece avaliação de despesa com pessoal nos últimos 48 meses, no prazo de trinta dias; inventariação de todos os imóveis do Município, incluindo os doados ou cedidos em comodato nos últimos 48 meses e identificação dos convênios e contratos de doação dos dois distritos industriais do Município de Mossoró, no prazo de trinta dias.

Decreto 5.945/2021 – Identificação, no prazo de trinta dias, da variação de receita total do Poder Executivo dos últimos 48 meses e valores a serem inscritos em Restos a Pagar (processados e não processados), com os seus respectivos saldos. Nenhuma despesa será reconhecida ou paga sem que tenha sido previamente contratada.

Decreto 5.944/2021 – Ampliação do atendimento ao cidadão nos órgãos públicos municipais. A determinação é garantir que o atendimento ao público seja, no mínimo, das 7h às 14h.

Decreto 5.946/2021 – Estabelece retorno à Prefeitura, em trinta dias, de servidores públicos cedidos para outros órgãos, como Poder Legislativo e órgãos ou a entidades da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal.

G1RN

Praça Monsenhor Paulo Herôncio em Currais Novos será inaugurada neste domingo

foto cedida

Será inaugurada neste domingo a Praça Monsenhor Paulo Herôncio, em Currais Novos. A data marca os 120 anos de nascimento do sacerdote que fez história quando esteve à frente da paróquia de Sant’Ana. O local foi reformado e ampliado com objetivo de revitalizar o espaço público, avivar a memória do religioso e ofertar um equipamento de lazer repaginado, amplo e que atende aos critérios de acessibilidade. Todo o investimento foi proporcionado através do empresário Sérgio Dantas que é devoto e admirador do Monsenhor Paulo, através de uma parceria público-privada.

A programação começa às 19 horas com a celebração da Santa Missa na Matriz de Sant’Ana, presidida pelo bispo diocesano Dom Antônio Carlos e concelebrada pelos padres das paróquias de Currais Novos. Devido à pandemia o público será restrito. Em seguida todos seguem para o espaço da praça onde acontecerá a benção e o descerramento da placa. Tudo será transmitido ao vivo pela TV Cristo Rei, Rádio Currais Novos e plataformas digitais da paróquia.

O projeto de reforma da praça é assinado pela arquiteta curraisnovense Daniela Othon e foi executado pela Construtora Sol. As obras tiveram início em julho e foram finalizadas na última semana. Daniela Othon explicou que todo o projeto foi idealizado para dar ainda mais destaque à figura do monsenhor Paulo Herôncio, mas sem deixar de lado a integração do espaço com as pessoas que convivem na área do entorno. “Fizemos estudo do comportamento humano do lugar, de como as pessoas transitam pela praça e se relacionam com o espaço. A partir daí propomos um acréscimo à área já existente, elevamos o nível da praça e trouxemos elementos que remetem ao monsenhor Paulo”.

Renam Luiz e Welby são empossados prefeito e vice de Campo Redondo em cerimônia na Praça de Eventos

Foto cedida

Pelos próximos quatro anos a cidade de Campo Redondo será governada pelo médico Renam Luiz (PROS). A cerimônia de posse aconteceu na Câmara Municipal, no final da tarde desta sexta-feira (1º), onde o vereador Victor Souza (MBD) conduziu o protocolo. Em seguida na Praça de Eventos Aluisio Eloi, ocorreu a solenidade de transmissão de cargo. O ex-prefeito Alessandru Alves passou a faixa de prefeito para Renam Luiz, que ao lado do odontólogo Welby Martins conduzirão os destinos da princesinha do Trairi.

O evento foi transmitido pelas redes sociais e seguiu os protocolos de proteção a Covid-19. Com a presença do presidente da Câmara, Preto da Emater, vereadores, ex-prefeitos, assessores e a comunidade, Renam  agradeceu o momento e contou que nunca havia pensando em ser prefeito, que sempre sonhou em cuidar das pessoas, mas hoje havia compreendido que a função de prefeito era exatamente cuidar da sua gente.

“Agradeço a todos os que abriram as portas da sua casa para nos ouvir, que acreditaram na nossa ideia para fazer desta cidade um lugar ainda melhor. Quero que o camporedondense saiba que a partir de hoje tem uma prefeito que estará junto, que poderá contar que vai acompanhar bem de perto a dor e as feridas da sociedade. Farei tudo que estiver ao meu alcance nestes quatros anos, todos possam olhar nossa cidade e perceber que ela mudou. Minha missão como prefeito será concluir este mandato tendo a certeza de que cada filho e filha de Campo Redondo baterá no peito com orgulho de dizer que é aqui desta terra abençoada”.

Foto cedida

Renam ainda se comprometeu em nos próximos 45 dias iniciar as primeiras cirurgias de pequeno e médio porte no Hospital Municipal. “Nossa principal mudança, sem sombra de dúvidas, será na saúde. Sou médico de formação e conheço de perto esta realidade. Quero uma saúde de referência, onde o cidadão veja todos os setores funcionando, onde não falte o medicamento e os procedimentos básicos possam ser oferecidos a todos. E pode ter certeza que esta será uma luta incansável de toda equipe”, contou.

Renam Luiz é médico, nasceu em Parelhas, morou na infância e juventude em Cruzeta, é filho de Luiz Gonzaga e Lúcia Maria. Ainda muito jovem casou com a também médica Kylvia Twiza. Em Campo Redondo trabalhou como médico onde atuou no atendimento da cidade e zona rural e ganhou o carinho da população sendo eleito prefeito com 3.314 votos.

Transição

Antes de passar a faixa de prefeito, Alessandru Alves, fez uma retrospectiva dos seus oito anos a frente do executivo municipal e disse que estava entregando a cidade bem melhor do que encontrou. “Esta é a primeira vez na história de Campo Redondo que acontece um evento como este, onde o prefeito veio de peito aberto entregar as chaves do município para a nova gestão. Ao longo dos últimos oito anos a cidade que tanto sonhamos nasceu. Mas foi preciso coragem para colocar a casa em ordem: salários atrasados, dívidas com fornecedores, hospital fechado e sem médico, escolas sem nenhuma estrutura para funcionar, sem merenda, ruas sujas, obras inacabadas. Esta realidade mudou! Foi possível Campo Redondo, mas é para você que trabalhamos e que em oito anos fizemos a cidade do povo para todos”.

Allyson Bezerra toma posse como prefeito de Mossoró

Allyson Bezerra toma posse como prefeito de Mossoró — Foto: Reprodução
Allyson Bezerra toma posse como prefeito de Mossoró — Foto: Reprodução

Allyson Bezerra (Solidariedade) e Fernandinho (PSD) tomaram posse como prefeito e vice-prefeito de Mossoró na noite de sexta-feira (1º). A cerimônia foi realizada no Teatro Municipal Dix-Huit Rosado.

Depois da posse, Allyson fez um discurso emocionando, agradecendo aos eleitores. O teatro ficou lotado. Muita gente vieram para frente do teatro para ver o novo prefeito.

Alysson Bezerra informou que tem várias reuniões agendadas com os secretários para este fim de semana, e disse também que deve publicar novos decretos já a partir deste sábado. O novo prefeito ainda disse que é prioridade quitar os salários atrasados de parte dos servidores municipais.

G1RN

Vereadores tomam posse e Paulinho Freire (PDT) é reeleito presidente da Câmara Municipal de Natal

Vereadores tomam posse e Paulinho Freire (PDT) é reeleito presidente da Câmara Municipal de Natal — Foto: CMN/Assessoria
Vereadores tomam posse e Paulinho Freire (PDT) é reeleito presidente da Câmara Municipal de Natal — Foto: CMN/Assessoria

Os 29 vereadores eleitos em Natal para a legislatura 2021-2024 tomaram posse na tarde desta sexta-feira (1º). O vereador Paulinho Freire foi reeleito presidente da Câmara Municipal de Natal.

Este ano, em razão da pandemia, a cerimônia de posse aconteceu de forma híbrida. Os parlamentares puderam escolher participar presencialmente ou pela internet. Apenas os vereadores Robério Paulino (Psol) e Ana Paula (PL) acompanharam a sessão pela internet.

Vereadores de Natal tomam posse  — Foto: CMN/Assessoria

Vereadores de Natal tomam posse — Foto: CMN/Assessoria

Dos 29 vereadores, 14 são novatos na Câmara Municipal. São eles:

  • Herberth Sena (PL)
  • Aldo Clemente (PDT)
  • Antonio Geovane (PTB)
  • Tercio Tinôco (Progressistas)
  • Brisa Bracchi (PT)
  • Hermes Câmara (PTB)
  • Milklei Leite (PV)
  • Camila Araújo (PSD)
  • Margarete Régia (PROS)
  • Luciano Nascimento (PTB)
  • Anderson Lopes (SD)
  • Nivaldo Bacurau (PSB)
  • Eribaldo Medeiros (PSB)
  • Robério Paulino (PSOL)

Outros 15 foram reeleitos. São eles:

  • Divaneide Basílio (PT)
  • Paulinho Freire (PDT)
  • Kleber Fernandes (PSDB)
  • Robson Carvalho (PDT)
  • Felipe Alves (PDT)
  • Aroldo Alves (PSDB)
  • Bispo Francisco de Assis (Republicanos)
  • Nina Souza (PDT)
  • Ana Paula (PL)
  • Chagas Catarino (PSDB)
  • Preto Aquino (PDT)
  • Raniere Barbosa (Avante)
  • Eriko Jácome (MDB)
  • Julia Arruda (PCdoB)
  • Klaus Araújo (SD)

Mesa diretora eleita

Após a posse dos vereadores, foi realizada a eleição da Mesa Diretora da Casa para o biênio 2021-2022. Não houve disputa porque só uma chapa se inscreveu. A chapa única foi eleita com 27 votos. O vereador Robério Paulino (Psol) se absteve e a vereadora Ana Paula (PL) votou contra.

Paulinho Freire foi reeleito presidente da CMN. Essa será quinta vez que ele presidirá a casa legislativa. Em entrevista à Inter TV Cabugi ele afirmou que a votação do Plano Diretor é uma das pautas mais importantes do ano. “Nós temos uma pauta muito importante esse ano que é o plano diretor, Essa pauta deve chegar na Câmara em meados de março. A Câmara tem que se debruçar, debater, escutar todos os segmentos representativos para que a gente possa aprovar um plano que venha beneficiar a cidade e a população de Natal”, disse.

Confira a composição da mesa diretora:

  • Klaus Araújo – 1º vice
  • Luciano Nascimento – 2º vice
  • Julia Arruda – 3º vice
  • Felipe Alves – 1ºsecretário
  • Aroldo Alves- 2ºsecretário
  • Preto Aquino – 3ºsecretário
  • Nivaldo Bacurau – 4ºsecretário

G1RN

Álvaro Dias toma posse em do segundo mandato em Natal, diz que vai investir no turismo

Álvaro Dias (PDT) tomou posse nesta sexta (1º) na Câmara Municipal de Natal — Foto: Carla França/Assessoria PMN
Álvaro Dias (PDT) tomou posse nesta sexta (1º) na Câmara Municipal de Natal — Foto: Carla França/Assessoria PMN

O prefeito reeleito Álvaro Dias (PDT) e a vice Aíla Cortez (PDT) tomaram posse na tarde desta sexta-feira (1º) para o novo mandato à frente da Prefeitura de Natal. A cerimônia foi realizada na Câmara Municipal da cidade e comandada pelo presidente da casa legislativa, vereador Paulinho Freire (PDT).

No discurso de posse Álvaro Dias afirmou que vai investir no turismo para a geração de emprego e renda e destacou projetos que foram bandeiras da sua campanha como o novo mercado da Redinha e a recuperação da infraestrutura da praia de Ponta Negra.

“Tenho um compromisso com a cidade e com o povo, precisamos gerar emprego e renda, precisamos reaquecer a economia e investir no turismo com responsabilidade, para superar a grande lacuna gerada pelo desaquecimento do mercado provocado pela pandemia do coronavírus”, disse.

Álvaro Dias também anunciou a criação da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial, Direitos Humanos e Minorias.

“Temos uma dívida social impagável com os afrodescendentes no Brasil. A escravidão deixou de existir, mas não deram escolas, nem moradia, nem emprego para os escravos libertos. Precisamos começar a resgatar essa dívida. (…). Dentro desse contexto anunciamos a criação da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Direitos Humanos e Minorias”.

O prefeito reeleito ainda relembrou todas as ações tomadas durante a pandemia como a instalação do hospital de campanha e dos Centros de Enfrentamento à Covid-19.

Prefeito reeleito

Álvaro Dias tem 61 anos e é natural de Caicó. Foi deputado estadual por quatro mandatos e presidente da Assembleia Legislativa entre 1997 e 2002. Também foi deputado federal. Em 2016, foi vice em uma chapa para a Prefeitura de Natal encabeçada por Carlos Eduardo Alves. A chapa foi eleita em primeiro turno. Dois anos depois, Carlos Eduardo abdicou do cargo para tentar o posto de governador do Rio Grande do Norte. Álvaro, então, assumiu a prefeitura da capital.

O prefeito e os vereadores do município foram eleitos em novembro do ano passado. A maior bancada da Câmara será do PDT, com 5 vereadores.

Cabe ao prefeito decidir onde aplicar os recursos repassados ao município pelo Estado ou pelo governo federal e como administrar o que é arrecadado de impostos, como IPTU e ISS. Ele também é responsável pelas políticas de áreas como educação, saúde, moradia, transporte público e saneamento básico. Para isso, conta com secretários que são nomeados. O prefeito também precisa trabalhar junto com os vereadores, que representam os cidadãos no Legislativo municipal.

G1RN

Deputada quer investigar viagem de João Doria à Miami

Bolsonaristas pedem impeachment de Doria por omissão diante do coronavírus  | Congresso em Foco
Foto de Valter Campanato / Agência Brasil

A deputada estadual de São Paulo Isa Penna (PSOL) enviou nesta segunda-feira (29) uma representação ao Ministério Público do Estado pedindo a apuração da gestão do governador João Doria (PSDB) na condução da pandemia da covid-19.

No documento, a parlamentar questiona polêmicas recentes envolvendo o tucano: desde a viagem à Miami no Natal após o endurecimento das restrições para frear a disseminação do novo coronavírus até a regressão de todo o Estado de São Paulo para a fase amarela do plano estadual de contingência um dia após o prefeito Bruno Covas (PSDB) ter sido reeleito na capital.

Para Isa Penna, é preciso investigar se o governador cometeu improbidade administrativa e atentou contra a saúde pública. Isso porque, na avaliação da deputada, além de ter descumprido normas estabelecidas por seu próprio governo ao viajar aos Estados Unidos, Doria teria atrasado deliberadamente a divulgação de dados sobre a nova escalada da pandemia em São Paulo em um cálculo político para não comprometer a candidatura tucana na capital paulista.

“O governo do estado não pode omitir informações para justificar a sua escolha em não realizar ato administrativo de interesse público, como a atualização do Plano de SP, com a possível regressão de fases de alguns municípios”, apontou a deputada.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, o governador se desculpou pela viagem aos Estados Unidos, classificada por ele como um ‘erro’. Doria decidiu retornar a São Paulo pouco depois de aterrissar na Flórida diante da informação de que seu vice, Rodrigo Garcia (DEM), havia testado positivo para o novo coronavírus.

Procurada, a Secretaria de Saúde de São Paulo afirmou que o governo ‘jamais privilegiou qualquer candidato’ e voltou a atribuir o adiamento da reclassificação do plano estadual contra a covid-19 após as eleições municipais a ‘inconsistências’ no sistema federal do Ministério da Saúde de notificação de casos e óbitos.

R7