Ministro do Turismo participa de mobilização nacional nas escolas contra o Aedes aegypti

c722bbf5-ac74-415f-a0dd-cc66b04a7c32

3d7b3427-1970-43e7-a2cf-e610f3527121
Fotos: Paulino Menezes

A estratégia do governo federal envolve estudantes e professores de todo o país para reforçar o combate ao mosquito

 O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, esteve nesta sexta-feira (19) em Recife (PE) para participar da Mobilização Nacional da Educação Zika Zero em toda a rede escolar, envolvendo a educação infantil e ensinos fundamental, médio e superior. A ação, que reuniu autoridades dos governos federal, estaduais e municipais, além de militares das Forças Armadas, percorreu as capitais brasileiras e 115 municípios considerados prioritários no combate ao mosquito aedes aegypti. A iniciativa faz parte do esforço permanente do Governo Federal, em parceria com os estados e municípios, no enfrentamento ao vetor e na conscientização da população e será uma estratégia continuada na rede escolar.

 Na capital pernambucana, o ministro visitou a Escola Estadual Professor Fernando Mota onde falou para os estudantes sobre a importância da eliminação dos focos do mosquito e orientou sobre as medidas simples de combate ao inseto. Henrique Eduardo Alves ouviu dos jovens uma apresentação sobre o trabalho de combate ao mosquito feito pelos estudantes.

 “Com a educação, com o estudante, que tem muito cuidado e preocupação com isso, ele pode dar uma grande contribuição. Na hora que aprende na escola, levar pra casa, pra ensinar seus pais, pra advertir os seus pais, os seus coleguinhas de rua. Então, esse trabalho na escola, é fundamental essa parceria. Esperamos que nos próximos meses, com cada um fazendo o seu dever de casa, com o governo, de forma exemplar e consistente, e o cidadão, de forma consciente, nós possamos debelar esse mal muito rapidamente”.

 MOBILIZAÇÃO NACIONAL – Com caráter mobilizador, a iniciativa teve o objetivo de intensificar a conscientização da população para a importância do enfrentamento ao mosquito Aedes. As atividades realizadas nas escolas nesta sexta-feira fazem parte de uma estratégia nacional do Governo Federal dentro do Plano Nacional de Enfrentamento ao Aedes e à Microcefalia. Todos os órgãos federais estão mobilizados para atuar conjuntamente neste enfrentamento, que conta também com a participação dos governos estaduais e municipais.

 O Dia Nacional de Mobilização contra o Aedes aegypti, realizado no último sábado (13), quando o ministro Henrique Eduardo Alves foi designado para acompanhar as ações em João Pessoa (PB), alcançou 2,8 milhões imóveis em 428 municípios do País. Destes, 295 mil propriedades estavam fechadas, sendo que, em 15 mil casas, houve a recusa de acesso. A ação contou com 220 mil integrantes das Forças Armadas, em conjunto com os agentes comunitários de saúde e os agentes de controle de endemias.

 AÇÕES DO TURISMO – Desde janeiro, o Ministério do Turismo tem desenvolvido uma série de ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya a vírus Zika. Para o setor turístico, a pasta enviou para mais de 53 mil estabelecimentos cadastrados no Cadastur dicas sobre possíveis criadouros do mosquito e orientações gerais sobre como eliminá-los.

 Na última quarta-feira (17), uma portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU), assinada pelo ministro Henrique Eduardo Alves, determinou que os municípios e estados que possuem convênios e contratos de repasse com o Ministério do Turismo deverão realizar ações de combate ao mosquito Aedes aegypti em seus canteiros de obras e frentes de trabalho. O texto prevê, ainda, a realização de campanhas educativas, além de vistoria e eliminação de eventuais criadouros do inseto nas áreas internas e externas e entorno das instalações públicas de funcionamento dos órgãos ligados ao MTur.

Para esclarecimento aos turistas, o Ministério do Turismo disponibiliza em sua página na internet informações sobre saúde do viajante. O conteúdo, disponível nos idiomas português, inglês, espanhol e francês é produzido e atualizado constantemente pelo Ministério da Saúde.

 

Assessoria

Kelps Lima solicita melhorias em estradas potiguares

Crédito da foto: Eduardo Maia
O deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) solicitou, através de requerimentos ao Departamento Estadual de Estradas e Rodagens (DER), melhorias nas RNs 066, 306, 012, 177 e 093. 

“A rodovia RN-066, por exemplo, que liga o conjunto da Coophab à RN 313, a chamada Estrada de Pium, possui uma intensa movimentação de veículos e serve como rota de escoamento da BR-101, sendo de suma importância sua duplicação e iluminação”, disse o parlamentar.

Além da Estrada de Pium, Kelps Lima requer a recuperação asfáltica das RNs 306, que liga a Praia de Pitangui à Praia de Barra do Rio, a 012, que liga o município de Grossos à comunidade de Gangorra, a RN-177, que liga o município de São Miguel à cidade de Pau dos Ferros e a 093 no trecho que liga os municípios de São José de Campestre e Tangará.

 
Assessoria

Eliana mostra apartamento de R$ 6 milhões com cinco suítes que possui no Rio

Eliana no apartamento que possui no Rio Foto: Cadu Pilotto/Revista Contigo! Divulgação Leia mais: http://extra.globo.com/famosos/eliana-mostra-apartamento-de-6-milhoes-com-cinco-suites-que-possui-no-rio-18707084.html#ixzz40dX4ZtCT
Eliana no apartamento que possui no Rio Foto: Cadu Pilotto/Revista Contigo! Divulgação

Paulista, Eliana pode ser vista com frequência em terras cariocas. É que a apresentadora possui também uma residência fixa no Rio. Trata-se de um luxuoso duplex com vista para a Lagoa Rodrigo de Freitas, na Zona Sul.

Em entrevista à revista “Contigo!”, que chega às bancas nesta sexta-feira, ela contou que decidiu adquirir o imóvel após ficar encantada pela vista do apartamento. A intenção inicial, segundo ela, era alugar um QG para quando viesse gravar quadros do seu programa na Cidade Maravilhosa.

Eliana posa em seu apartamento milionário
Eliana posa em seu apartamento milionário Foto: Cadu Pilotto/Revista Contigo! Divulgação

“A vida corrida me fez procurar um apartamento confortável para ficar tranquila no Rio. Era para ser algo simples, porém, na época, encontrei um amigo que me falou de um imóvel incrível, com uma vista de tirar o fôlego. (…) Quando abri a porta e dei de cara com aquela vista, precisei me segurar muito para não soltar um grito muito alto de felicidade. Me acalmei para não dar na cara que eu queria fechar o negócio. Vai que o corretor decidisse cobrar mais caro (risos)”, contou.

Eliana em seu apartamento com uma vista deslumbrante
Eliana em seu apartamento com uma vista deslumbrante Foto: Cadu Pilotto/Revista Contigo! Divulgação

O apartamento de Eliana conta com cinco suítes no andar inferior e uma área social no superior. Segundo apurações do EXTRA, um imóvel com as mesmas características na região custa R$ 6 milhões. A apresentadora possui ainda uma outra residência em São Paulo.

Sala do apartamento de Eliana no Rio, com vista para a Lagoa Rodrigo de Freitas
Sala do apartamento de Eliana no Rio, com vista para a Lagoa Rodrigo de Freitas Foto: Reprodução
Vista do apartamento que Eliana possui no Rio
Vista do apartamento que Eliana possui no Rio Foto: Instagram

É lá que ela tem passado boa parte do tempo com o filho, Arthur, de 4 anos, fruto do casamento de oito anos com o empresário João Marcelo Bôscoli, filho de Elis Regina. O imóvel também permite que Eliana fique mais tempo com o namorado, o diretor de TV Adriano Rico, que mora no Rio. Os dois mantêm um relacionamento há pouco mais de um ano. A apresentadora, porém, ainda não tem planos de casar novamente.

“Estamos indo com calma, deixando as coisas acontecerem naturalmente no nosso relacionamento. Se resolvermos casar e ter um filho, é o futuro quem dirá. Viver na ponte área é uma experiência nova para mim. É difícil não ter alguém para compartilhar seu dia, quando você chega em casa. Mas estou sentindo muitas saudades e isso é bom, pois assim aprendo a valorizar a pessoa e o tempo que eu tenho pra ficar com ela”, diz.

Eliana e o namorado, o diretor de TV Adriano Rico
Eliana e o namorado, o diretor de TV Adriano Rico Foto: Arquivo/Divulgação

 

Hermano requer solução para trincaduras na barragem Passagem das Traíras

 
A barragem Passagem das Traíras, localizada entre os municípios de São José do Seridó, Jardim do Seridó e Caicó é considerada pelo deputado Hermano Morais (PMDB) como uma das mais importantes do Rio Grande do Norte. Foi com base nessa consideração, que o parlamentar protocolou na Assembleia Legislativa requerimento encaminhado à secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) solicitando explicação sobre a trincadura existente na parede daquele reservatório.

“A Defesa Civil de Caicó está bastante apreensiva com relação à trincadura na estrutura da parede da barragem e até o momento não houve respostas das autoridades competentes sobre essa situação”, justifica o deputado.

Hermano destaca que a Passagem das Traíras faz parte do conjunto de barragens da bacia do rio Piranhas-Açu, tendo barrado o rio Seridó. É o quarto maior reservatório da região e utilizado para abastecimento de água para a zona urbana de Jardim do Seridó e zona Norte de Caicó, para irrigação, defesa contra as cheias e criação de peixes.

O deputado diz ainda em seu requerimento que a barragem está com um nível significativo de água e caso encha até o seu limite máximo, corre o risco de estourar e a água chegar a inundar parte da cidade de Caicó. 

 
Assessoria

Harper Lee, escritora de ‘O sol é para todos’, morre aos 89 anos

harper-lee

A escritora americana Harper Lee morreu aos 89 anos. Ela ficou famosa por escrever o clássico “O sol é para todos” em 1960. A obra ganhou um Prêmio Pulitzer e é considerada uma obra-prima do século 20 por seu retrato da injustiça racial na era da depressão no sul dos Estados Unidos.

A notícia da morte foi divulgada nesta sexta-feira (19), inicialmente pelo AL.com, site de notícias locais do Alabama, nos EUA, e depois confirmada pela agência Reuters. O site e a agência confirmaram a morte por meio de fontes na cidade em que escritora nasceu e vivia, Monroeville. O motivo não foi divulgado.

Harper Lee morava em uma casa de repouso em sua cidade natal no Alabama e sofria de deficiências visuais e auditivas.

Depois do primeiro livro, ela se retirou da vida pública e ficou até 2015 sem lançar um novo romance. No ano passado, foi lançado “Vá, coloque um vigia”, que continua a história do livro de estreia. Seu manuscrito foi descoberto nos arquivos da escritora em 2014.

Sucesso absoluto
“O sol é para todos” vendeu aproximadamente 30 milhões de cópias. No ano passado, “Vá, coloque um vigia”, teve a maior pré-venda dos EUA desde “Harry Potter”, com 1,6 milhão de exemplares vendidos em papel.

“Vá, coloque um vigia”, editada pela editora Harper Collins, põe em cena, 20 anos mais tarde, os mesmos personagens de seu primeiro livro.

No primeiro livro, Harper Lee dá voz à menina Scout que admira o pai por seu senso de justiça e por como ele lida com questões duras como a segregação racial no sul dos Estados Unidos. Já na segunda obra, Scout já adulta tem de usar toda sua –falta de– maturidade para seguir com a vida após confrontar a imagem idealizada do pai com o real pensamento dele.

No cinema, “O sol é para todos” também foi um sucesso, quando foi lançado em 1962. Nomeado a oito estatuetas do Oscar, levou três: melhor ator para Gregory Peck, que interpretou Atticus Finch, advogado e pai da narradora; melhor roteiro adaptado e melhor direção de arte.

Possível 3º romance
Também no ano passado, um amigo de Harper Lee disse que ela teria um terceiro romance ainda não lançado. O livro ainda não divulgado contaria uma história de crime chamada “The Reverend”, baseada em um caso verídico envolvendo um pastor que matou três pessoas e foi absolvido de assassinato, revelou Wayne Flynt, professor da Universidade de Auburn, que conhece Harper há mais de 30 anos.

“Eu sei que existe porque a irmã (de Harper) Louise me disse”, afirmou em julho do ano passado Flynt, um especialista em cultura sulista, a repórteres na cidade natal da escritora, em Monroeville, Alabama.

Em 2007, Harper Lee recebeu a medalha presidencial da liberdade das mãos do ex-presidente George W. Bush (Foto: REUTERS/Larry Downing/Files)
Em 2007, Harper Lee recebeu a medalha presidencial da liberdade das mãos do ex-presidente George W. Bush (Foto: REUTERS/Larry Downing/Files)

Memorial do Legislativo vai permitir visita virtual

                   Site vai permitir tour virtual e acesso ao acervo museológico da Assembleia Legislativa

O acervo que preserva boa parte dos 180 anos de história da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte poderá em breve ser acessado de qualquer parte do mundo. O Memorial do Legislativo Potiguar terá seu próprio site, que vai permitir um tour virtual de 360º graus e a consulta da história via documentos, fotografias e a cronologia dos fatos mais marcantes que remontam ao tempo do Brasil imperial. O projeto está em andamento e faz parte das metas do Planejamento Estratégico implantado pela atual gestão, imprimindo a marca da modernidade e transparência ao Legislativo do RN.

“Documentos raros que foram preservados e que contam a história do Poder Legislativo do nosso Estado estarão disponibilizados, permitindo aos estudantes e aos cidadãos em geral o conhecimento acerca dos fatos”, afirma a coordenadora do Memorial, jornalista Bernadete Oliveira.

Em estado bastante avançado, o site tem a colaboração do Setor de Informática, e está sendo desenvolvido por Voltaire Maia. No momento, está sendo realizado o cadastro virtual da biografia dos mais de 800 parlamentares que já tomaram assento ao longo das 61 legislaturas desde que a Assembleia Legislativa foi instalada, em 1835. O trabalho prévio de levantamento já foi realizado pela equipe do setor.

Será possível ao internauta ter acesso a documentos, ao mobiliário da época e conhecer a sede do Memorial através de um tour virtual de 360º graus. Um dos documentos raros é a constituição de 1891, que foi totalmente digitalizada num trabalho delicado para não danificar suas páginas. A constituição original foi um presente do Instituto Histórico e Geográfico (IHGRN) ao Memorial, que está localizado no 2º andar da sede da Assembleia Legislativa.

 
Assessoria

Meteorologistas preveem chuvas abaixo do normal no Nordeste

Reunião Climática aconteceu nos dias 18 e 19 em Natal (Foto: Fernanda Zauli/G1)
Reunião Climática aconteceu nos dias 18 e 19 em Natal (Foto: Fernanda Zauli/G1)

As chuvas na região Nordeste devem ficar abaixo do normal no período de março a maio de 2016. Essa é a conclusão da II Reunião de Análise e Previsão Climática para o Nordeste Brasileiro que terminou nesta sexta-feira (19) em Natal.

De acordo com os especialistas, a constatação foi feita “diante de um quadro onde persiste o Fenômeno El Niño no Oceano Pacífico e um Oceano Atlântico indefinido, além dos modelos de previsão climática apontarem para chuvas abaixo do normal”.

Para Gilmar Bristot, meteorologista da Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn), as chuvas de janeiro – que foram acima do previsto – criaram uma expectativa positiva nos sertanejos, mas a previsão é de chuvas abaixo do normal. “Nós temos expectativa de chuva, mas abaixo do nromal. No interior do Rio Grande do Norte, por exemplo, chove em média 700 mm, e a previsão é de chuvas abaixo dessa média”, explicou.

De acordo com a Emparn, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) é o principal Sistema Meteorológico  responsável pela ocorrência de chuvas no Nordeste. Ela é influenciada  pelas variáveis climáticas ligadas aos oceanos Pacífico e Atlântico. Para os meteorologistas, “variáveis como a temperatura superficial, vento e pressão atmosférica sobre os oceanos tem forte correlação com as chuvas que ocorrem durante os meses de março a maio sobre a região Norte do Nordeste e, o seu monitoramento possibilita a elaboração de prognósticos mais confiáveis em relação a ocorrência de chuvas, tanto na questão da distribuição temporal como espacial”. A próxima Reunião de Análise e Previsão Climática será realizada em Recife.

No Rio Grande do Norte, por causa da estiagem, 19 cidades estão em colapso de abastecimento, quando a água só é fornecida por carminhões-pipa. Outras 72 cidades estão em rodízio, ou seja, recebem água em dias alternados.

 

Do G1

Projeto de Ezequiel propõe que telefônicas exponham tarifas na capa de sites

e9723775-9788-4fc2-86d4-cdb2021398db

O deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB), apresentou Projeto de Lei obrigando as empresas de telefonia fixa e móvel que operam no Estado do Rio Grande do Norte a disponibilizar, em suas páginas iniciais na internet, “links” que direcionem o usuário internauta às páginas contendo todos os valores das tarifas praticadas pelos serviços prestados.

“É muito difícil para o consumidor avaliar qual operadora oferece o serviço mais barato, ficando muitas vezes refém da falta de ética de alguns operadores, que lhes ‘empurram’ um serviço mais desvantajoso para seu perfil”, explicou Ezequiel Ferreira se referindo a prática muito comum que é a ligação de operadores de telemarketing de empresas telefônicas, ou mesmo malas-diretas, oferecendo a migração de planos de serviços de telefonia de outras empresas, em que se divulga tão somente o valor do pacote mensal de minutos, sem exposição clara do valor das tarifas de cada modalidade de chamada.

O Código de Defesa do Consumidor prevê entre os direitos básicos do consumidor a informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta de quantidade, características, composição, qualidade e preço (Art. 6º, III). Além disso a oferta e apresentação de produtos ou serviços devem assegurar informações corretas, claras, precisas, ostensivas e em língua portuguesa sobre suas características, qualidades, quantidade, composição, preço, garantia, prazos de validade e origem, entre outros dados. (Art. 31).

Ainda mais clara é a disposição contida no artigo 36 do CDC, prescrevendo que a publicidade deve ser veiculada de tal forma que o consumidor, fácil e imediatamente, a identifique como tal. “Em que pese a vigência de tais dispositivos, é notório seu descumprimento pelas empresas de telefonia fixa e móvel com atuação no âmbito estadual, no tocante à divulgação dos valores de cobrança das chamadas telefônicas, antes da contratação do serviço”, acrescentou o deputado.

Nesse sentido, considerando que a internet é o canal de mais rápido e fácil acesso para exposição e visualização desse tipo de informação, o Projeto de Lei do deputado Ezequiel passa a exigir das empresas do setor que o utilizem para o cumprimento do que dispõe o Código de Defesa do Consumidor.

 

Assessoria

Por 7 a 4, STF admite prisão logo após condenação em 2ª instância

download

Por 7 votos a 4, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, em julgamento nesta quarta-feira (17), admitir que um réu condenado na segunda instância da Justiça comece a cumprir pena de prisão, ainda que esteja recorrendo aos tribunais superiores.

Assim, bastará a sentença condenatória de um tribunal de Justiça estadual (TJ) ou de um tribunal regional federal (TRF) para a execução da pena. Até então, réus podiam recorrer em liberdade ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao próprio Supremo Tribunal Federal (STF).

Desde 2009, o STF entendia que o condenado poderia continuar livre até que se esgotassem todos os recursos no Judiciário. Naquele ano, a Corte decidiu que a prisão só era definitiva após o chamado “trânsito em julgado” do processo, por respeito ao princípio da presunção de inocência. O que foi decidido contrário nesta quarta. 

Em regra, os recursos aos tribunais superiores (STJ e STF) não servem para contestar os fatos e provas já analisadas nas instâncias inferiores, mas somente para discutir uma controvérsia jurídica sobre o modo como os juízes e desembargadores decidiram.

G1

 

 

A telefonia fixa e o orelhão vão ser extintos na maioria das cidades do Brasil

Telefonia: atualmente são 18 mil setores censitários que contam apenas com o serviço dos orelhões para se comunicar
Telefonia: atualmente são 18 mil setores censitários que contam apenas com o serviço dos orelhões para se comunicar

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) apresentou hoje (18) uma proposta de mudança nos contratos de concessão de telefonia fixa e das metas de universalização dos serviços.

A ideia é fazer com que a prestação do serviço em regime público seja apenas para as localidades que atualmente só têm orelhões para a comunicação e não têm cobertura de telefonia celular.

De acordo com o relator da matéria, conselheiro Igor de Freitas, atualmente são 18 mil setores censitários (bairros ou conjuntos de bairros) que contam apenas com o serviço dos orelhões para se comunicar.

Segundo a proposta, no restante do país, a telefonia fixa seria oferecida por meio de autorizações, como ocorre em muitas cidades do país, mas com alguns compromissos como a manutenção da oferta de acessos individuais.

“O objetivo da concessão é que o serviço chegue a todo mundo em ambiente competitivo. No serviço de voz, isso já foi atingido para a larga maioria da população, então a concessão é dispensável. A concessão mantida integralmente no país fere o interesse público, porque ela aloca investimento disponível para um serviço que não é a prioridade da população”, disse o relator.

Governador anuncia reforma do Teatro Alberto Maranhão e R$ 6 milhões para incentivo à cultura

Fotos Ivanízio Ramos
Fotos Ivanízio Ramos

Concluída a reforma estrutural necessária para seu funcionamento,  o governador Robinson Faria reabriu ontem o Teatro de Cultura Popular Chico Daniel (TCP) que estava fechado há oito meses.

Durante a solenidade Robinson  anunciou a reforma definitiva do Teatro Alberto Maranhão (TAM) e de outras casas teatrais regionais.

O governador também assinou um decreto que destina R$ 6 milhões para investimentos em projetos culturais do Rio Grande do Norte através da Lei Câmara Cascudo. 

“Mesmo com toda a dificuldade financeira, conseguimos economizar esse recurso, mostrando o nosso compromisso enquanto governo com a cultura do nosso estado”, afirmou Robinson. 
 “Entregaremos o Alberto Maranhão nas mesmas condições de quando ele era novo, recém aberto. E faremos o mesmo com o Lauro Monte, em Mossoró, o Adjuto Dias, em Caicó, e outros teatros regionais”, anunciou.

Em um mês, população denuncia 138 focos de Aedes aegypti em Natal

No RN, Sala Estadual de Coordenação e Controle para o Enfrentamento da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus recebe denúncias pelo 199 (Foto: Divulgação/Sesap)
No RN, Sala Estadual de Coordenação e Controle para o Enfrentamento da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus recebe denúncias pelo 199 (Foto: Divulgação/Sesap)

Coordenada pela Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte, a Sala Estadual de Coordenação e Controle para o Enfrentamento da Dengue, Chikungunya e Zika Vírus completou nesta quinta-feira (18) um mês de atuação. Nestes 30 dias, foram recebidas 155 denúncias de focos do Aedes aegypti. A maior parte delas, 138 só na cidade de Natal. Também na região Metropolitana da capital, a cidade de Parnamirim recebeu seis denúncias; São Gonçalo do Amarante, três. As denúncias são registradas via telefone, pelo número 199.

Após o recebimento da informação, a equipe encaminha os dados para a secretaria de saúde de cada município. Em seguida, os agentes se dirigem até o local do foco. Os municípios de Extremoz, Mossoró, Ceará-Mirim, Poço Branco, Florânia, Macaíba, Pau dos Ferros e Tibau do Sul registraram uma denúncia cada.

RN investiga 4.753 casos de dengue, 414 de zika vírus e 13 de chikungunya
O último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde revela os casos de dengue registrados entre 1º janeiro a 13 de fevereiro deste ano no Rio Grande do Norte aumentaram 98,46% com relação ao mesmo período do ano passado. Em 2016, já são 4.753 casos suspeitos e 356 confirmados. Quanto à febre chikungunya, este ano já foram notificados 13 casos suspeitos, todos ainda em investigação. Já sobre o zika vírus, foram notificados 414 casos. Destes, 4 confirmados. Os números foram divulgados na quarta-feira (17).

Operação combate tráfico de drogas na Grande Natal

cartão-pronto2 - Copia - CopiaUma operação da Polícia Civil, coordenada pela Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc), foi iniciada na manhã desta sexta-feira (19) na Grande Natal. De acordo com a polícia, estão sendo cumpridos mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão. O objetivo da ação é combater o tráfico de drogas.

De acordo com a polícia, a operação acontece em Natal, Parnamirim, Ceará-Mirim e São Gonçalo do Amarante. Segundo a Polícia Civil, 25 pessoas foram presas até o momento. Também foram apreendidas armas e drogas.

G1

Hermano fala sobre desempenho dos setores de comércio e serviços do RN

Crédito da foto: João Gilberto  

 

O deputado Hermano Morais (PMDB) externou nesta quinta-feira (18), em sessão plenária na Assembleia Legislativa, a sua preocupação com o mercado financeiro do Rio Grande do Norte. De acordo com o parlamentar, os setores de comércio e serviços estão ameaçados pela crise econômica.

“Dados do IBGE apontam em 2015 uma queda de 5,9% nas vendas do varejo potiguar. Segundo a Federação do Comércio, essa queda representa uma perda com reflexo na arrecadação do Estado de mais de R$ 1 bilhão”, disse Hermano.

O deputado explicou que a perda se deu principalmente na venda de móveis, eletrodomésticos e produtos alimentícios. Segundo ele, houve uma queda de 14% no mês de dezembro de 2015 em relação ao ano de 2014. “Isso em uma época na qual o comércio tradicionalmente apresenta melhores resultados. Foi o pior desempenho registrado nos últimos 11 anos, demonstrando a preocupante realidade do mercado”, destacou.

Sobre o cenário atual, Hermano repercutiu as previsões do economista e superintende do IBGE, Aldemir Freire, que indicam que as quedas devem continuar acontecendo em 2016. “Na melhor das hipóteses, vamos ficar no mesmo patamar que em 2015, podendo ser ainda pior”, falou.

Durante o pronunciamento, o deputado reforçou o papel do turismo como alternativa para aquecer a economia potiguar. “O setor tem conseguido manter os empregos diretos e indiretos, além de movimentar o comércio com recursos que vêm de fora”, destacou Hermano enaltecendo o trabalho desempenhado pelo setor turístico.

O aumento do desemprego também foi abordado pelo parlamentar durante a sessão. Segundo Hermano, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) registrou no último ano a perda de 12.298 postos de trabalho. “No comércio foram 2.237 empregos a menos, enquanto que a perda no setor de serviços foi de 529”, observou.

Por fim, Hermano disse que a realidade econômica do país depende de maiores ações do Poder Público. “Reverbero essa preocupação pedindo por mudanças, ações e criatividade por parte dos Governos Federal e Estadual para minimizar essa crise que atinge o país e o Rio Grande do Norte”, concluiu.

 
Assessoria

Brasil quebrado e o governo do PT libera R$ 335 mil para biografia de Cláudia Leitte

 claudia_leite
O Diário Oficial da União informa na edição desta quarta-feira que a jornalista Juliana Gonzalez poderá captar até R$ 355 mil via Lei Rouanet para escrever um livro sobre a cantora Claudia Leitte.

De acordo com o edital, o livro trará uma entrevista “exclusiva” com a cantora, além de fotos, letras, partituras e dados biográficos. A tiragem será de 2 mil exemplares – o que significa que serão investidos até R$ 177,50 por exemplar.