As propostas de Moro que serão enviadas para ao Congresso

Quando foi anunciado ministro, Sergio Moro já havia defendido algumas medidas, como:

  • Proibir a progressão de regime de presos membros de organizações criminosas condenados por crimes como homicídio;
  • Punição mais rigorosa para condenados por corrupção ou peculato, que é o desvio de recursos públicos;
  • Prisão de condenados após julgamento em segunda instância, que atualmente acontece em razão de um entendimento do Supremo Tribunal Federal, mas que ainda não está previsto em lei;
  • Regulamentação de operações policiais disfarçadas;
  • “Plea bargain”: uma modalidade em que o acusado confessa o crime e opta por um acordo em vez de responder a um processo.

G1

Davi Alcolumbre pede caneta BIC para assinar os primeiros atos no Senado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), assinou os primeiros atos no cargo na noite de sábado (2.fev.2019). Ao receber uma caneta mais sofisticada do secretário-geral da Mesa, Luiz Fernando Bandeira de Mello, pediu outra mais simples.

Recebeu uma caneta esferográfica mais simples e começou assinar os papeis. Em seguida, chegou uma caneta BIC, mas Davi Alcolumbre já está no final das assinaturas.

A atitude de Davi Alcolumbre emula a do presidente da República, Jair Bolsonaro, que costuma assinar decretos e atos de governo com canetas esferográficas, como as da marca BIC.

Como o senador havia pedido uma outra caneta, o secretário-geral da Mesa, Luiz Fernando Bandeira de Mello, o entregou uma caneta BIC / Foto: Poder360 Sérgio Lima

Moro anuncia medidas ‘objetivas’ contra corrupção, crime organizado e crime violento

Resultado de imagem para Moro
Foto: da Internet

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou em um vídeo publicado neste domingo (2) em uma rede social do governo que o projeto de lei anticrime a ser enviado ao Congresso Nacional terá “medidas bastante objetivas” e “fáceis de serem explicadas” contra corrupção, crime organizado e crimes violentos.

Moro apresentará e debaterá o projeto nesta segunda-feira (4) em uma reunião com governadores e secretários de segurança, em Brasília.

Segundo o Ministério da Justiça, a proposta será encaminhada para análise de deputados e senadores nos “próximos dias”.

Moro e equipe trabalham no projeto desde o final do ano passado, quando se iniciou o período de transição de governo.

O projeto da lei anticrime é um dos que integram a lista de metas prioritárias para os primeiros 100 dias do governo Jair Bolsonaro.

No vídeo publicado neste domingo, Moro não antecipou detalhes do projeto. De acordo com o ministro, será um texto “simples” e com “medidas bastante objetivas”.

“São medidas contra a corrupção, crime organizado e crime violento. Na nossa concepção, esses três problemas caminham juntos”, declarou.

Segundo ele, “é um projeto simples, com medidas bastante objetivas, bem fáceis de serem explicadas ponto a ponto, para poder enfrentar esses três problemas”.

Moro argumentou que o crime organizando “alimenta” a corrupção e o crime violento.

“Boa parte dos homicídios estão relacionados, por exemplo, à disputa do tráfico de drogas ou dívida de drogas”, disse.

A corrupção, na avaliação do ministro, “esvazia” os recursos públicos necessários para se implementar ações de segurança “efetivas”.

De acordo com Sérgio Moro, a “ideia principal” do projeto é “melhorar a qualidade de vida” dos brasileiros, que desejam “viver em um país mais seguro”.

O ministro ressalvou que o governo não tem condições de resolver todos os problemas, mas pode “liderar” o processo de mudança.

“A sociedade tem que ter presente que o governo não resolve todos os problemas, mas o governo pode ser um ator, pode liderar um processo de mudança”, declarou.

G1

Quem é de fato o presidente do Supremo Tribunal de Justiça para interferir no plenário do senado

A decisão do presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Dias Toffoli, interferindo no poder legislativo confirma o ativismo judiciário que vem ocorrendo por alguns anos neste Brasil.

O parlamento nacional tem autonomia. Se os senadores, em sua maioria, na sessão de ontem, 01, votaram por uma votação aberta, o presidente do STF não tem competência para interferir no voto do plenário.

No caso, basta que o atual presidente do senado desista de ser candidato para presidente da casa. É a unica coisa que ainda não foi decidida.

50 contra senadores estão contra o voto secreto podendo ser que todos estes estejam contra a volta de Renan para presidência da casa.

O que a governadora do PT conversava tanto no ouvido do vereador Paulinho do PSDB

Ontem, 01, durante a espera de início da solenidade de posse dos deputados estaduais para 62ª legislatura, a governadora  do RN, Fátima Bezerra (PT), passou um tempão conversando ao pé do ouvido do presidente da Câmara de Vereadores de Natal, Paulinho Freire, do PSDB.

Mas a curiosidade é tentar saber o que ela tanto falava no ouvido do vereador, já que ele é do parlamento municipal; enquanto ela precisa dos votos do parlamento estadual.

Paulinho está no PSDB a convite do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira que é também presidente do PSDB.  Ele acompanhando Ezequiel tem muito o que conseguir em favor de Natal, podendo conseguir, no futuro, até benefícios para o Estado do RN.

Fotos de Laurivan de Sousa

RN tem 170 barragens ‘sem dono’, segundo relatório; 9 delas têm alto potencial de dano e risco

Barragens "sem dono" estão em fase de fiscalização  — Foto: Anderson Barbosa/G1
Barragens “sem dono” estão em fase de fiscalização — Foto: Anderson Barbosa/G1

G1 – O Rio Grande do Norte tem 170 barragens sem donos identificados, segundo o relatório da Agência Nacional de Águas (ANA), divulgado no ano passado. Entre elas, existem pelo menos nove estruturas com alto potencial de dano e alto risco. O órgão afirma que no caso de rompimento dessas barragens sem dono, a responsabilidade é do fiscalizador estadual, o Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn).

“O Igarn está realizando o cadastro das barragens do Estado e algumas ainda estão identificadas apenas pelas coordenadas geográficas, através de geoprocessamento. As atividades de cadastramento continuam e na sequência serão realizadas as visitas presenciais, quando serão identificados os proprietários”, informou o instituto, em nota.

As 9 listadas abaixo têm risco e potencial de dano altos:

  • Angicos II / Paraú
    Tipo: Dessedentação animal
    Capacidade: 413.000 m³
  • Barragem Baixio II / Jurucutu
    Tipo: Dessedentação animal
    Capacidade: 1.374.000 m³
  • Barragem Gavião / Lajes
    Tipo: abastecimento de água
    Capacidade: 300.000 m³
  • Barragem Walter Magno / Serrinha dos Pintos
    Tipo: Dessedentação animal
    Capacidade: 382.000 m³
  • Barra do Tapuia, em Sítio Novo
    Tipo: Dessedentação animal
    Capacidade: 2.116.000 m³
  • Barragem dos Tanques, em Campo Grande
    Tipo: Dessedentação animal
    Capacidade: 476.000 m³
  • Barragem do Escondido, em Patu
    Tipo: Abastecimento de água
    Capacidade: 119.000m³
  • Barragem Ferreira de Baixo, em Jardim de Piranhas
    Tipo: dessedentação animal
    Capacidade: 983.000 m³
  • Barragem Francisco Cardoso, em Currais Novos
    Tipo: Irrigação​
    Capacidade: 1.618.000 m³

Deputados elegem Mesa Diretora da Assembleia Legislativa

Após tomarem posse para a 62ª Legislatura os deputados estaduais escolheram a nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) para o biênio 2019-2020 e em seguida a eleição para o biênio 2021-2022. O deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) foi eleito presidente da ALRN com 23 votos nas duas eleições.

“Quero deixar aqui o meu agradecimento pela confiança dos colegas parlamentares que aqui já estavam e dividir todo o êxito da gestão de quatro anos com os deputados e todos os funcionários desta Casa Legislativa. Meu agradecimento pela confiança dos que aqui chegaram e que vieram com o mesmo propósito dos demais deputados de ser voz de ressonância da sociedade nessa casa plural, representando com responsabilidade, competência e inteligência a voz rouca das ruas. Tenho certeza de que essa legislatura será recheada de novos êxitos e conquistas pelo perfil de cada parlamentar que hoje tomou posse”, disse.

Para o biênio 2019-2020 compõem a mesa: segundo vice-presidente: Vivaldo Costa (PSD); primeiro secretário: Galeno Torquato (PSD); segundo secretário: Raimundo Fernandes (PSDB); terceiro secretário: Albert Dickson (PROS) e quarto secretário: Francisco do PT.

Para o período de 2021-2022 comporão a mesa, além do presidente: primeiro vice-presidente: Galeno Torquato; segundo vice-presidente: Coronel Azevedo (PSL); primeiro secretário: George Soares (PR); segundo secretário: Gustavo Carvalho (PSDB); terceiro secretário, Kleber Rodrigues (Avante) e quarto secretário: Francisco do PT.

Mesa diretora biênio 2019-2020

Presidente – Ezequiel Ferreira (PSDB)

Primeiro vice-presidente – George Soares (PR)

Segundo vice-presidente – Vivaldo Costa (PSD)

Primeiro secretário – Galeno Torquato (PSD)

Segundo secretário – Raimundo Fernandes (PSDB)

Terceiro secretário – Albert Dickson (PROS)

Quarto secretário – Francisco do PT

Mesa Diretora para o biênio 2021-2022

Presidente – Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB)

Primeiro vice-presidente – Galeno Torquato (PSD)

Segundo vice-presidente – Coronel Azevedo (PSL)

Primeiro secretário – George Soares (PR)

Segundo secretário – Gustavo Carvalho (PSDB)

Terceiro secretário – Kleber Rodrigues (AVANTE)

Quarto secretário – Francisco do PT

 

Suspeito de balear PM em tentativa de assalto na Grande Natal é retirado de ambulância e assassinado

De acordo com a PM, os criminosos tiraram o suspeito da ambulância e o executaram — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Um homem suspeito de ter participado de uma tentativa de assalto – crime que terminou com um sargento baleado e dois bandidos feridos e presos nesta sexta-feira (1º) na Grande Natal – foi retirado de dentro de uma ambulância e assassinado a tiros. O veículo, que pertence ao hospital de Brejinho, fazia o transporte do paciente para a capital potiguar. Uma viatura da PM, que fazia a escolta, quebrou momento antes de um carro se aproximar e interceptar a ambulância.

Segundo informações do hospital de Brejinho, o suspeito e um outro homem interceptaram uma ambulância que estava a caminho de Brejinho, momento em que obrigaram os pacientes a saírem do veículo. O motorista, então, foi forçado a prestar socorro ao suspeito, que estava ferido. O segundo homem não seguiu com a ambulância e ainda é procurado.

Já no hospital de Brejinho, o suspeito foi atendido e seu estado de saúde estabilizado. Porém, ele precisou ser transferido para Natal e foi colocado em uma outra ambulância. Uma viatura da Polícia Militar foi acionada para fazer a escolta do paciente até a capital.

No meio do caminho, porém, a viatura quebrou, e a ambulância seguiu para Natal sem a escolta. Pouco tempo depois, após passar pela cidade de Monte Alegre, a ambulância foi interceptada. De dentro de um carro, homens armados atiraram na ambulância, que parou.

De acordo com a PM, os criminosos tiraram o suspeito da ambulância e o executaram. O motorista ficou em estado de choque, mas não foi ferido. Os bandidos, quatro homens em um carro de cor preta, fugiram em seguida.

Em contato com o G1, a assessoria de comunicação da PM disse que o comando da corporação deve se pronunciar até o final do dia, mas já adiantou que um procedimento administrativo será aberto para apurar as circunstâncias do problema apresentado pela viatura.

Fonte: https://g1.globo.com

Deputados tomam posse para 62ª Legislatura e defendem união pelo RN

A união parlamentar acima das questões ideológicas e partidárias para a recuperação do Rio Grande do Norte deu a tônica ao discurso dos deputados estaduais durante a solenidade na qual os 24 eleitos no último pleito tomaram posse. A sessão solene para início da 62ª Legislatura foi conduzida pelo presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) e aconteceu no plenário da Assembleia Legislativa na manhã desta sexta-feira (1), com transmissão ao vivo da TV Assembleia no canal 51.3 da TV aberta, pelo site da Assembleia (www.al.rn.gov.br) e pelo Instagram @assembleiarn.

“Ao longo de toda a sua história a Assembleia Legislativa soube cumprir seu papel e não será diferente nesta legislatura. Vamos juntos superar os desafios e colocar o Rio Grande do Norte no local onde ele merece, com mais oportunidades de emprego e renda, segurança jurídica para investidores, dotado de infraestrutura e sendo destaque na produção de energias renováveis. É preciso continuar um trabalho para debelar a insegurança, ter o cuidado com seus doentes, educar as futuras gerações, zelar pela coisa pública e nos enchendo de orgulho”, afirmou Ezequiel Ferreira (PSDB).

Representantes dos demais poderes e instituições prestigiaram a solenidade, como a governadora Fátima Bezerra (PT), o prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), o presidente do Tribunal de Justiça, João Rebouças, presidente do Tribunal de Contas (TCE-RN), Poti Júnior, o presidente do TRT, desembargador Herculano Júnior, entre outras autoridades.

A governadora Fátima Bezerra destacou que o momento requer espírito público e colaboração e os parlamentares se mostram solidários: “Temos já mantido contato com os parlamentares e posso dizer claramente que independente de bancada de situação ou oposição, o que tem ficado muito claro é a disposição da Assembleia Legislativa de colaborar com o governo, especialmente nesse momento difícil que o Estado atravessa. Não tenho dúvida de que vamos ter um relacionamento muito harmonioso e o espírito de colaboração e união”, disse.

Atenção para áreas como saúde, educação, segurança, geração de emprego e renda marcaram os pronunciamentos. Entre os novatos na Casa, o ex-vereador de Natal, Ubaldo Fernandes (PTC) saiu em defesa da questão hídrica e do setor educacional. Outro estreante, o deputado Alysson Bezerra (Solidariedade) ressalta, além da educação, uma pauta social na defesa das pessoas com deficiência. Sandro Pimentel (PSOL) destacou: “Vamos analisar as pautas que chegarem com cautela, responsabilidade e olhando para nosso Estado”, disse.

Já atuando como líder do governo, o deputado George Soares (PR) disse que a Assembleia deve cumprir um papel muito importante nessa crise na qual o RN se encontra e o governo tem tido esse entendimento de saber a importância da Casa: “Acredito que teremos uma legislatura bem atuante na questão fiscal e financeira. É isso que espero para que a gente possa recuperar a credibilidade e dignidade do servidor público”, disse. Em meio às temáticas que nortearão os trabalhos desta Legislatura, o deputado Kelps Lima (Solidariedade) defendeu a independência da Casa: “Espero que a Assembleia tenha altivez e independência, o Rio Grande do Norte vive uma crise, precisa da Assembleia e ela precisa ser altiva, para colocar soluções e medidas importantes para o povo do RN”, disse.

No seu segundo mandato, o deputado Galeno Torquato destacou o momento de renovação política: “Passamos por um processo que há muito tempo não acontecia, que é uma renovação geral nas Câmaras Legislativas e no Senado, e nosso mandato vem com toda força e entusiasmo principalmente nas bandeiras da água, da saúde. Tenho certeza que, junto aos novos deputados, vamos ajudar o governo no que for necessário para que os cidadãos norte-riograndenses possam ter dias melhores”, afirmou. Hermano Morais (MDB) assinalou o papel do Legislativo: “Temos um grande desafio a ser enfrentado, não só pelo Poder Executivo, a quem compete muitas ações, mas também pelo Legislativo, agente fiscalizador e propositor de soluções que possam atender aos anseios da população do RN”, disse.

Voz ativa na defesa das causas relacionadas à mulher, Cristiane Dantas (PPL) afirmou que esta bandeira continuará em destaque no seu mandato. A bancada feminina na Casa é composta ainda por Eudiane Macedo (PTC) e Isolda Dantas (PT). “Nossa expectativa é cumprir o que é designado a um parlamento, que é a fiscalização e a contribuição com o Executivo e a sociedade”, disse Isolda.

 

Assessoria

Veja os perfis das vítimas do rompimento da barragem de Brumadinho já identificadas

O Portal EM publicou os perfis das vítimas da tragédia em Brumadinho. Para ver mais detalhes basta abir o link após a foto.

Veja a lista completa com as vítimas já identificadas pela Polícia Civil de Minas Gerais

(foto: Fotos extraídas de redes sociais/reprodução)

Click aqui e veja os perfis.

DEPUTADOS ESTADUAIS POTIGUARES TOMAM POSSE NESTA SEXTA (1)

Resultado de imagem para Pleno da Assembleia Legislativa do RN
Foto: cedida

Os representantes diretos da população, os deputados estaduais que vão compor a 62ª Legislatura tomam posse durante a sessão solene desta sexta-feira (1), no Plenário da Casa. São 24 parlamentares escolhidos pelo voto direto de aproximadamente um milhão de potiguares no último pleito. Durante a solenidade, o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB), abrirá a sessão e anunciará os nomes dos diplomados para integrar o Legislativo nos anos 2019 a 2022. A solenidade de posse será transmitida ao vivo pela TV Assembleia, no canal 51.3 da TV aberta, pelo site da Assembleia (www.al.rn.gov.br) e pelo Instagram @assembleiarn

De acordo com o Regimento Interno da Assembleia Legislativa, os eleitos também devem apresentar a declaração de bens e fontes de rendas, bem como a de ausência dos impedimentos previstos no artigo 39 da Constituição Estadual. Os deputados também têm que comunicar o seu nome parlamentar e a legenda partidária a que pertencem. O nome parlamentar é composto de dois elementos: apenas um prenome e um nome, dois nomes, ou ainda dois prenomes.

Na sequência, durante a solenidade, será oficializado o compromisso solene dos deputados estaduais e o presidente da Mesa proferirá a declaração: ”Prometo desempenhar fiel e lealmente o mandato que me foi confiado, manter, defender e cumprir as Constituições Federal e Estadual e as Leis da República e do Estado, sustentar a união, a integridade, a independência do Brasil e a autonomia do Rio Grande do Norte, servindo a seu povo com dedicação e honra”

Em seguida é feita a chamada nominal de cada um e o parlamentar ratificará a declaração afirmando “Assim o Prometo”, como ritual da solenidade.

Papel do Parlamento vai além da produção de leis
A Assembleia Legislativa é presente na história do Rio Grande do Norte há 184 anos, quando foi instalada. Os deputados, legítimos representantes da população, são responsáveis por fiscalizar o Executivo e intermediar conflitos que envolvam a sociedade. Eles também ecoam as necessidades do cidadão e simbolizam a democracia.

O Plenário da Assembleia é o fórum máximo de deliberação das leis produzidas pelos parlamentares e onde são discutidas e votadas as normas que regem e interferem na vida da população.

Todo o processo legislativo inicia com as discussões e votação  que tem início nas Comissões – grupos de deputados que analisam as proposições e emitem suas opiniões antes que cheguem ao Plenário. As comissões também promovem iniciativas que permitem a participação da sociedade e a fiscalização do Executivo. Com reuniões abertas ao público, aproximam o cidadão do Poder Legislativo.

Além de produzir leis e fiscalizar, a Assembleia promove atividades que visam a aproximação do parlamento com a sociedade e embasam os trabalhos do próprio Legislativo. São realizados, em parcerias com órgãos e entidades, audiências públicas, ciclos de debates e projetos que atendem aos pleitos da população.

Confira a relação dos eleitos:
Albert Dickson (PROS)
Allyson Bezerra (Solidariedade)
Coronel Azevedo (PSL)
Cristiane Dantas (Solidariedade)
Dr. Bernardo (Avante)
Eudiane Macedo (PTC)
Ezequiel Ferreira (PSDB)
Francisco do PT (PT)
Galeno Torquato (PSD)
George Soares (PR)
Getúlio Rêgo (DEM)
Gustavo Carvalho (PROS)
Hermano Morais (MDB)
Isolda Dantas (PT)
José Dias (PSDB)
Kelps Lima (SOLIDARIEDADE)
Kleber Rodrigues (Avante)
Nélter Queiroz (MDB)
Raimundo Fernandes (PSDB)
Sandro Pimentel (PSOL)
Souza (PHS)
Tomba Farias (PSDB)
Ubaldo Fernandes (PTC)
Vivaldo Costa (PSD)

Secretário da Previdência diz que Bolsonaro determinou reforma para ‘todos os segmentos’

O secretário nacional de Previdência, Rogério Marinho — Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
O secretário nacional de Previdência, Rogério Marinho — Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O secretário especial de Previdência do Ministério da Economia, Rogério Marinho, disse que o presidente Jair Bolsonaro determinou uma reforma nas regras de aposentadoria para “todos os segmentos” da sociedade.

Marinho deu a declaração nesta quarta-feira (30) em um evento organizado por um instituto de liderança pública em Brasília. Na plateia havia deputados e senadores recém-eleitos.

A reforma da Previdência é o primeiro grande projeto que o governo Bolsonaro deve enviar ao Congresso. A medida é considerada pela equipe econômica como essencial para sanear as contas públicas.

No entanto, representantes de algumas categorias, como militares das Forças Armadas, já argumentaram que devem ficar de fora da reforma, devido a características especiais de suas carreiras.

“Existem no Brasil pessoas que conquistaram privilégios e têm dificuldade de abrir mão desses privilégios. Mas o presidente [Jair Bolsonaro] determinou que todos têm que contribuir. Todos os segmentos. Ninguém vai ficar de fora. [A reforma da Previdência] vai levar em consideração todos os segmentos da sociedade brasileira”, afirmou Marinho.

De acordo com dados do Ministério da Economia, o déficit somado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), sistema público que atende aos trabalhadores do setor privado, e dos Regimes Próprios dos Servidores Públicos (RPPS) da União, além do sistema dos militares, atingiu R$ 290,297 bilhões em 2018.

Desse valor total, o rombo do regime dos servidores militares, por sua vez, avançou de R$ 37,68 bilhões, no ano retrasado, para R$ 43,9 bilhões em 2018.

O déficit da Previdência Social é o principal fator, na avaliação do governo, que tem gerado rombos bilionários sucessivos nas suas contas. No ano passado, o déficit primário (despesas maiores do que receitas, sem contar juros da dívida) foi de R$ 120 bilhões. Foi o quinto ano seguido de déficit primário.

G1

Prefeitura de Mossoró lança painel de empregos online

A Prefeitura de Mossoró, no Oeste potiguar, lançou essa semana o painel de empregos online. As vagas são atualizadas diariamente pelo setor de empregabilidade da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo. A partir de agora, os interessados podem acessar as vagas disponíveis através do site.

A iniciativa faz parte do projeto Mossoró Cidade Inteligente, que vem propondo soluções de conectividade para o serviço público municipal. O Município já oferece informação de horários e rotas de ônibus, através do aplicativo Cita Moby. A ouvidoria digital é outro serviço online disponibilizado pela Prefeitura, no qual a população pode solicitar serviços, sugerir e opinar através do hot site do projeto. Outro aplicativo com serviços para população é o “Cidade Iluminada”, em que é possível informar pontos de iluminação pública que estão apagados e solicitar reposição das lâmpadas

Agora, com o balcão de empregos online, será possível acessar as vagas disponíveis através do endereço online. “A proposta é facilitar para população, que poderá consultar as vagas de emprego disponíveis em qualquer terminal de acesso à internet”, frisou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Lahyre Rosado Neto.

Fonte: https://g1.globo.com

 

Operação de combate ao tráfico de drogas no RN apreende mais de R$ 100 mil

Operação Sal da Terra apreendeu mais de R$ 100 mil — Foto: Polícia Civil do RN/Divulgação

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte deflagrou nesta quinta-feira (31) uma operação denominada ‘Sal da Terra’, cujo objetivo foi o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão contra integrantes de uma facção criminosa que atuam no tráfico de drogas no estado. Mais de R$ 100 mil foram apreendidos e pelo menos 21 pessoas foram presas.

Os mandados foram cumpridos na Grande Natal, e em quatro cidades da região salineira do estado: Pendências, Alto do Rodrigues, Macau e Guamaré.

Cerca de 200 policiais civis e militares participaram da ação, que também contou com o apoio de agentes penitenciários.

Além do dinheiro, armas e drogas também foram apreendidas.

Fonte: https://g1.globo.com

Deputados dialogam com equipe econômica do Governo do RN

Em reunião convocada pela governadora Fátima Bezerra (PT), na manhã desta quarta-feira (30), os deputados estaduais assistiram a uma apresentação do retrato da situação fiscal e financeira do Estado. Oportunidade em que a governadora antecipou a discussão de alguns projetos que deverão ser encaminhados para a Assembleia Legislativa. O encontro aconteceu no auditório da Governadoria e contou com a presença de 21 deputados, além do vice-governador Antenor Roberto (PCdoB), de secretários e auxiliares. Fátima Bezerra pediu apoio ao Plano de Recuperação Fiscal que será enviado à Casa contendo medidas para combater a crise.

O presidente do Legislativo do RN, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), afirmou que os parlamentares serão solidários ao momento de dificuldades que o Estado já vem enfrentando. “Mantendo o permanente diálogo atendemos à solicitação da governadora Fátima Bezerra para debater a situação econômica do Estado. E dentro da harmonia entre os poderes já interagimos sobre temas que serão apresentados pelo Poder Executivo ao Legislativo nos próximos dias. E salientamos que o cerne da Casa Legislativa sempre foi o de ser solidária com o estado do Rio Grande do Norte”, afirmou. Já atuando como líder do Governo no Legislativo, o deputado George Soares (PR) destacou que a situação é grave que é preciso dar celeridade aos projetos. “E o permanente diálogo da gestora com o conjunto dos 24 deputados será a tônica da gestão”, disse.

O secretário de Planejamento e Finanças, Aldemir Freire, fez uma explanação sobre a situação orçamentária, elencando os principais déficits e alertando para a necessidade de uma revisão das despesas. Os deputados externaram suas preocupações quanto aos serviços prestados à população, no caso da Saúde, quanto à execução das emendas parlamentares – que destinam 50% para a Saúde, Segurança e Educação – bem como em relação à possível venda de ativos do Estado e aplicação dos royalties, caso o Governo consiga antecipar a receita.

Da Assembleia Legislativa também estavam presentes os deputados Albert Dickson (PROS), Alysson Bezerra (Solidariedade), Coronel Azevedo (PSL), Dr. Bernardo (Avante), Eudiane Macedo (PTC), Francisco do PT, Galeno Torquato (PSD), Getúlio Rêgo (DEM), Gustavo Carvalho (PSDB), Hermano Morais (MDB), Isolda  (PT),  Kelps Lima (Solidariedade), Kleber Rodrigues (Avante), Nélter Queiroz (MDB), Raimundo Fernandes (PSDB), Sandro Pimentel (PSOL), Souza Neto (PHS),  Ubaldo Fernandes (PTC) e Vivaldo Costa (PSD). A deputada Cristiane Dantas (PPL) justificou a ausência motivada por procedimentos de saúde.

Também participaram da apresentação seguida de debate entre dos participantes; o procurador geral do Estado, Luiz Antônio Marinho da Silva, o controlador-Geral, Pedro Lopes de Araújo Neto, o secretário chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, da Tributação, Carlos Eduardo Xavier e o então deputado Fernando Mineiro, que assumirá a pasta de Gestão de Projetos e articulação institucional.

 

Assessoria