Vírus Zika matou 49 bebés em 3 meses

Uma assustadora complicação de saúde provocada pelo vírus Zika, a microcefalia, provocou a morte de 49 bebés no Brasil em apenas três meses, confirmou ontem ao Correio da Manhã o Ministério da Saúde brasileiro. Há registos da doença em 21 dos 27 estados brasileiros, mas a situação é mais grave nos estados do nordeste do país, como Pernambuco, Rio Grande do Norte, Bahia e Paraíba.

Os dados referem-se somente ao período entre 22 de outubro do ano passado, quando o ministério passou a monitorar a doença, e o dia 16 deste mês, quando, em todo o país, foram notificados 3893 casos de microcefalia em bebés cujas mães foram contaminadas pelo vírus. A microcefalia faz com que os bebés afetados nasçam com uma forte redução do tamanho do crânio e do cérebro, provocando a morte logo após o parto ou impedindo o normal desenvolvimento dos que acabam por sobreviver.

A assessora do Ministério da Saúde avançou ao Correio da Manhã que em 90% das pessoas contagiadas o vírus Zika não provoca sintomas, mas numa grávida pode mesmo ter efeitos devastadores para o bebé.

Estudos de investigadores do Instituto Carlos Chagas e da Fundação Instituto de Pesquisas Oswaldo Cruz confirmaram esta semana que o Zika é capaz de atravessar a placenta e atingir o feto, com resultados nocivos.

O governo não tem dados exatos sobre o Zika, que é transmitido através do mosquito ‘Aedes aegypti’, o mesmo da dengue, pois a doença, só por si, não é alarmante. Apesar disso, estimativas dão conta de que o Brasil terá entre 400 mil e 1,4 milhões de pessoas contaminadas, que, no máximo, ficam com os olhos avermelhados, sentem desconforto físico e têm pequenas erupções na pele, sintomas que desaparecem no prazo de uma semana.

CM Jornal

Livro de educação sexual foi comprado pelo Ministério da Cultura

Livro não tem relação com o Ministério da Educação. (Foto: Reprodução/Facebook)
Livro do sexo infantil (Foto: Reprodução/Facebook)

O livro “Aparelho Sexual e Cia – Um guia inusitado para crianças descoladas” teve exemplares comprados pelo Ministério da Cultura (MinC) e foi destinados para bibliotecas públicas. A compra ocorreu em 2010.

De acordo com a pasta, as unidades foram adquiridas dentro do Programa Livro Aberto, que não tem relação com bibliotecas escolares.

O Ministério da Educação, em nota, já havia informado não ter qualquer relação com o título. Segundo um vídeo que circula nas redes sociais desde o início de janeiro, o MEC teria distribuído a obra em escolas.

De acordo com o MEC, a acusação não procede: o livro não consta nos programas do governo de distribuição de materias didáticos. Por sua vez, o Ministério da Cultura também afirma que a compra teve como foco bibliotecas de uso geral. Lançado em 2004, o programa tinha como meta zerar o número de cidades sem bibliotecas.

Um dos vídeos compartilhados nas redes mostra um discurso do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ). Nas imagens, ele afirma que a obra é uma “coletânea de absurdos que estimula precocemente as crianças a se interessarem por sexo. É uma porta aberta para a pedofilia”. Ele cita também políticos do Partido dos Trabalhadores (PT). “É o livro do PT, livro do Lula e da Dilma Rousseff.”

Bolsonaro diz, na filmagem, que o governo teria comprado milhares de unidades do livro e as distribuído em escolas públicas. “É uma grana para os companheiros e fica pervertendo seu filho na sala de aula. Para que o filho de pobre, na escola pública, não aprenda nada e seja apenas um beneficiário do Bolsa Família.”

Reprodução do Facebook mostra páginas do livro "Aparelho Sexual e Cia - Um guia inusitado para crianças descoladas".  (Foto: Reprodução/Facebook)
Reprodução do Facebook mostra páginas do livro “Aparelho Sexual e Cia – Um guia inusitado para crianças descoladas”. (Foto: Reprodução/Facebook)

O mesmo boato já havia circulado, de acordo com o MEC, em 2013, quando foi necessário explicar que não havia recomendação do ministério sobre o livro, tampouco ele constaria no Programa Nacional do Livro Didático e no Programa Nacional Biblioteca da Escola.

“Aparelho Sexual e Cia – Um guia inusitado para crianças descoladas” foi escrito por Zep, pseudônimo do autor suíço Phillipe Chappuis, e publicado em mais de 10 idiomas, com 1,5 milhão de exemplares vendidos no mundo. No Brasil, ele foi lançado em 2007 pela editora Companhia das Letras.

G1

Dilma pede combate a mosquito enquanto não há vacina contra Zika

A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quinta-feira (21) em Recife (PE), durante a inauguração da pista leste da Via Mangue, que é preciso combater o mosquito Aedes aegypti enquanto não houver a vacina contra o Zika vírus, apontado como responsável pelos casos de microcefalia registrados no país desde o fim do ano passado.

“A gente só vai conseguir ter o combate e sair vitorioso se a população se engajar. Por mais esforços que façamos, sempre é possível ter água parada que nós não vimos. Daí, quem tem mil olhos? A população. E ela também pode nos ajudar para que a gente, enquanto não temos a vacina, enquanto não podemos fazer um combate mais agressivo a ele [vírus], que a gente tire as condições de reprodução do mosquito”, disse a presidente.

No discurso, que durou cerca de meia hora, Dilma elogiou o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), e o prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), por terem adotado “ações protagonistas” no combate ao Zika.

À plateia, a presidente também disse ser preciso assegurar a conscientização da população para que não deixe água parada, o que contribui para a proliferação do mosquito transmissor do vírus.

ALCA_PONTE
A conclusão da obra vai beneficiar a capital pernambucana e metropolitana de Recife. O trecho conta com faixa exclusiva de ônibus e ciclovia. Foto: Divulgação URB Recife.

“Nós temos de fazer todo esforço e o Ministério da Saúde está vendo, com todos os grandes laboratórios brasileiros e internacionais, como faremos para ter a vacina, não só contra o vírus da dengue, mas também contra o Zika”, disse a presidente.

Ao iniciar a fala sobre o assunto, ela se confundiu e pediu que haja o combate contra o “vírus do mosquito zika”.

Conforme a Secretaria de Comunicação Social, ao retornar a Brasília na tarde desta quinta, Dilma receberá no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência, o ministro da Saúde, Marcelo Castro. Procurado pelo G1, o ministério disse que ele foi convocado pela presidente e, em razão disso, cancelou uma agenda que teria na Paraíba.

Economia
Dilma dedicou parte do discurso desta quinta a uma avaliação da crise econômica. Para ela, o momento da economia é “crítico”, mas o governo tem de trabalhar para reequilibrar as contas públicas, reduzir a inflação e retomar os investimentos.

“Nós estamos, neste ano que passou, 2015, e agora nesse início de 2016, enfrentando grandes desafios e enfrentando também uma situação bastante instável no mundo. O mundo hoje passa também por um momento crítico. O nosso objetivo neste momento é reequilibrar o orçamento do país, reduzir a inflação e reconstruir a capacidade de investimento público e privado no país”, declarou.

“E eu estou confiante de que, neste ano, nós vamos lançar a terceira fase do Minha Casa, Minha Vida e, com isso, a gente vai ajudar milhões de pessoas a ter acesso à casa própria. Nós também vamos fazer concessões e vamos continuar apoiando todas as iniciativas de segurança hídrica em relação à seca”, acrescentou  presidente.

G1

Deus é pai! Chuvas no interior do RN renova esperança do povo

As chuvas não foram intensas apenas na zona urbana de Caicó. Na zona rural ela chegou de mansinho e rapidamente aumentou a precipitação, transformando a paisagem que antes estava seca. No registro abaixo foto da barragem do Manhoso que estava completamente seca. Segundo registros de Serra Negra do Norte, na zona urbana a chuva chegou a 97 milímetros nas últimas horas. Principal reservatório do município, a barragem Dinamarca está a 70 centímetros de alcançar a lâmina de sangria.

barragam-dinamarca-em-serra-negra-do-norte_0

12540721_982737231806140_7837840006266473338_n (1)

Robson Pires

 

Governador Robinson depois de mostrar indignação na TV com a insegurança do RN, faz mudança pífia

Quando vi a entrevista do governador Robinson de Faria na Inter TV Cabugi, pensei que as mudanças seriam de uma proporção bem válida para os momentos vividos na insegurança do Estado. Mas com a saída apenas do comandante da Polícia Militar, vejo que é uma mudança tão pífia quanto à saída de Dinorá, que teve de sair de Alcaçuz no início de 2015.

Nada vai mudar!

Faz-se necessário reconhecer que o ano de 2015 foi muito violento; invés de ficar apresentando um percentual comparado ao ano de 2014. Foram mais de 1500 homicídios em 2015, e isso é muito serio. O trabalho de uma boa segurança requer uma “Tolerância Zero”.

Do G1 RN

Governador do RN anuncia saída do comandante-geral da PM
Governador reuniu cúpula da segurança pública nesta quinta (21) (Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi)
Governador reuniu cúpula da segurança pública nesta quinta (21) (Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi)

Em reunião com a cúpula da segurança pública do estado, o governador Robinson Faria anunciou na noite desta quinta-feira (21) a saída do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ângelo Mário de Azevedo Dantas. Até a publicação desta matéria o governador não havia anunciado o nome do substituto para o cargo.

“Eu vou mudar todo o comando da PM. Com todo respeito ao ex-comandante, coronel Ângelo, e ao subcomandante, mas infelizmente a Polícia Militar, apesar da boa vontade e da honestidade, ela não se adequou a velocidade que a população e o govenador esperava no combate à violência”, disse Robinson Faria.

Ele disse ainda que procura um comandante “com perfil de liderança e com capacidade de interpretar esse momento difícil, que seja combativo, que ofereça respostas rápidas para a população e que não fique procurando culpados que ele próprio vá para a linha de frente”.

A reunião foi convocada após a a morte da universitária Maria Karoline Álvares de Melo, de 19 anos, que foi assassinada a tiro durante um assaltona Zona Norte de Natal na quarta-feira (20), e ainda após uma nova fuga na Penitenciária de Alcaçuz. Em entrevista ao RNTV nesta quinta-feira, o governador afirmou que estava se “sentindo desafiado” diante à onda de violência no estado

Artigo de Ricardo Motta: “Valorização do guia de turismo e fortalecimento da atividade no RN”

Crédito da foto: Assessoria de Comunicação
O turismo constitui uma das mais importantes atividades da economia do Rio Grande do Norte. E, por esse motivo, é muito importante assegurar a qualidade e profissionalização dos serviços prestados na área. Segundo informações do Sindicato dos Guias de Turismo do RN, estima-se a existência de quase 800 profissionais no Estado. A atividade dos guias regionais de turismo é regulamentada por Lei Federal 8.623/93. No entanto, não há a aplicação da referida legislação em função da ausência de fiscalização pelo Governo Federal.

Apesar de ser a única profissão regulamentada no turismo brasileiro, há uma enorme dificuldade de fiscalizar e coibir ações clandestinas no Brasil. Daí porque se faz necessário regulamentar a atividade dos guias regionais de turismo no âmbito dos estados para que a fiscalização fique a cargo do Executivo Estadual.

O atual cenário no Rio Grande do Norte, segundo o Sindicato da categoria, é infelizmente um dos piores possíveis. Profissionais que investiram em suas formações estão descrentes tanto do segmento quanto dos gestores públicos diante do crescimento de prestação de serviços por pessoas inabilitadas e não credenciadas.

A atividade do turismo para ser promovida de modo sustentável deve ser feita de forma profissional, daí a importância dos guias credenciados. O guia regional de turismo torna a experiência do turista no nosso Estado mais segura pelas orientações e informações que oferece, por exemplo, sobre passeios, roteiros, lugares para comer e comprar artesanato e acesso a serviços de saúde. O turismo é viável quando é bom para o nativo e excelente para os turistas.

Por esse motivo, apresentei um projeto de Lei, atendendo solicitação do Sindicato dos Guias de Turismo do RN, visando a regulamentação da atividade dos guias regionais de turismo no Estado.

Assessoria

‘Estou me sentindo desafiado’, diz governador sobre violência no RN

4753577

 

O governador Robinson Faria disse estar indignado com a onda de violência no Rio Grande do Norte e anunciou que fará mudanças na equipe. Em entrevista ao RNTV 1ª edição desta quinta-feira (21) ele informou que vai se reunir com a cúpula da segurança pública nesta tarde para tratar dessas mudanças.

“Essa indignação da população também é a mesma do governador. O meu sentimento também é de revolta, de tristeza, eu também sou cidadão, sou pai de seis filhos e não me conformo. Isso aumenta bastante a motivação do governador, eu estou me sentindo desafiado, isso faz eu tomar medidas de adequações, inclusive de mudanças na equipe”, disse o gestor.

Robinson Faria disse que o governo vem investindo em segurança, mas que os resultados alcançados estão abaixo da expectativa. Segundo ele, 3.300 policiais militares foram promovidos no ano de 2015 e o governo investiu em condições técnicas como armamento, equipamentos e veículos. “Tudo o que estava ao alcance do poder público a gente cumpriu”, afirmou.

Durante a entrevista o governador lamentou a morte da estudante universitária Maria Karoline Álvares de Melo, de 19 anos, que foi morta na tarde desta quarta (20) durante um assalto na Zona Norte de Natal. “Segurança pública eficaz é aquela que evita acontecer, não a que encontra o assasino. Porque a pessao já morreu, não vai trazer a vida dela de volta. Eu quero uma polícia que faça a segurança preventiva para dar a percepção de segurança para quem mora no RN”.

Ele disse ainda que mandou instaurar uma sindicância para apurar as constantes fugas no sistema prisional “para apurar o que está por trás dessas fugas nos presídios”. Uma nova fuga foi registrada nesta quinta na Penitenciária de Alcaçuz, a maior unidade prisional do estado.

Do G1

Frentes Parlamentares atuam em favor da sociedade

Na Casa do Povo, assuntos de interesse da população, seja para decisões referentes ao futuro econômico do Estado ou para melhorar a qualidade de vida dos potiguares, a Assembleia promove durante toda a legislatura ações e debates que tratam de ações voltadas aos principais temas em discussão no Estado. Para manter o debate e foco constante nesses assuntos, o Legislativo instala as Frentes Parlamentares, que são grupos temáticos compostos por deputados para a atuação direta e constante em áreas específicas. Os resultados têm sido expressivos, como a conquista do convênio de R$ 1,25 bilhão da Frente do Cooperativismo presidida por Ezequiel Ferreira para o desenvolvimento de projetos e programas sustentáveis.

O acordo foi celebrado com a Rússia através da BS&S LLC e a Agência Internacional de Promoção e Defesa da Economia Social, presidida pelo brasileiro Roberto Coelho, que também preside da Federação das Cooperativas do Brasil. Os recursos serão utilizados em ações, principalmente, no meio rural.

Com grande potencial para a exploração de energias renováveis, o Rio Grande do Norte possui a maior matriz para produção de energia eólica do Brasil, sendo o primeiro estado a superar 2 gigawatts de potência instalada. Por outro lado, a exploração de energia solar ainda é incipiente, apesar do crescimento dos investimentos no país, que superam os US$ 8 bilhões. Para mudar esse quadro, a Assembleia Legislativa criou a Frente Parlamentar de Energias Renováveis, que têm atuado em busca de alternativas para o desenvolvimento do setor. Entre audiências públicas, debates externos e conversas com especialistas, o grupo também promoveu encontros internacionais para a troca de conhecimentos no setor.

“As experiências no exterior estreitaram os contatos entre parlamentares potiguares com membros do setor público e privado de fora do país, especialmente da Europa”, afirma o deputado George Soares, presidente da Frente que trata sobre as energias renováveis. Esses encontros viabilizaram uma das parcerias mais importantes para o Rio Grande do Norte para 2016.

No campo, inclusive, a Assembleia tem buscado ampliar cada vez mais sua atuação. Além da Frente Parlamentar da Água, presidida pelo deputado Galeno Torquato, que trabalha diretamente em discussões sobre propostas que podem amenizar os efeitos da seca no interior potiguar, o Poder Legislativo também instalou a nova Frente Parlamentar de Incentivo aos Produtores Rurais, presidida pelo deputado Hermano Morais, que atuará na elaboração e debate de propostas voltadas ao fomento da produção agropecuária no Rio Grande do Norte. “Com toda certeza, as frentes parlamentares têm uma importância indiscutível para o Estado e continuarão seus trabalhos voltados aos setores que mais precisam da atenção do Legislativo”, garante o presidente da Frente Parlamentar do Cooperativismo, Ezequiel Ferreira.

Assessoria

Insegurança geral: uma mãe; uma filha; mortas por motivos fúteis.

ksjfoeisa
Gisele e Karoline, vítimas em comum da insegurança do Estado do RN

Há aproximadamente vinte dias atrás uma mãe, Gisela Paiva Mousinho, foi morta quando teve seu carro tomado de assalto por um grupo de bandidos. Sua filha havia ficado dentro do carro, quando a vítima fatal, suplicou pela liberdade da filha antes da partida dos marginais que roubaram seu carro. Uma bandida jovem atirou contra essa mãe que morreu em pleno horário de atividades do comércio, no início na noite do dia 02 deste.

Ontem (20), uma filha, estudante de turismo da UFRN, Maria Karoline, fazia uma caminhada para se manter saudável, na Avenida Itapetinga, Zona Norte de Natal; quando dois bandidos a abordaram para tomar seu celular. Acompanhada de sua irmã, que correu com medo dos bandidos, Karoline ficou a disposição de seus algozes. Levou dos tiros, e veio a falecer no local.

Duas vítimas, ou melhor, mais duas, em nosso Estado do Rio Grande do Norte, que clamam com suas vidas sacrificadas em defesa da própria vida.

Gisele, a mãe morta no segundo dia de 2016 e Maria Karolina, morta ontem (20), são representações de um clamor silenciado, sufocado e reprimido.

Diz à história que nos dias de chumbo da ditadura militar, foram muitos os que foram silenciados pela morte, desta vez comandada pelo o próprio governo ditador. Mas o que ocorre hoje no Brasil, não é um terror sequencial, onde todos têm medo? Governantes e governados a mercê de uma classe que emergem da desgraça da falta da educação, da disciplina, apenas para matar, roubar e destruir o que as famílias estão a construir.

Até quando o Rio Grande do Norte, Brasil, vamos focar nessa luta sem vencedores?

Perderemos mais inocentes nas ruas, em plena luz do dia, revelando nossa impotência perante nossos algozes?

Com a palavra os senhores políticos, representantes dos interesses do povo brasileiro.

Laurivan de Sousa

Famílias dos pilotos apontam falha no avião de Campos

Os advogados das famílias do piloto Marcos Martins e do copiloto Geraldo Magela da Cunha, que comandavam o avião no qual morreu o então candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, contestaram as conclusões do documento apresentado ontem pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) e apresentaram hoje (20), na capital paulista, um relatório alternativo sobre o que teria causado o acidente. De acordo com o Cenipa, a falta de capacitação dos pilotos para operar a aeronave foi um dos fatores que contribuiu para a tragédia.

Eduardo Campos falou sobre seus planos de governo em sabatina com jornalistas
Eduardo Campos falou sobre seus planos de governo em sabatina com jornalistas Foto: Alan Morici / Terra
 Contratado pelas famílias dos pilotos, o comandante Carlos Camacho, especialista em acidentes aéreos que trabalha no caso, defende que houve falha no sensor de velocidade, cuja função é posicionar o estabilizador horizontal da aeronave. Um erro no funcionamento desse sensor, que é automático, provoca o abaixamento abrupto do nariz da aeronave, o que teria ocorrido no acidente em Santos.

Com a situação, explicou Camacho, os pilotos não tiveram tempo e altura suficientes para reposicionar o avião. Camacho destaca que o fabricante da aeronave, um modelo Cessna 560 XL, emitiu aviso de que o processo do recolhimento do flap com velocidade acima de 360 quilômetros por hora poderia provocar essa falha e gerar um acidente.

Os advogados do caso, Josmeyr Alves Oliveira e Ruben Seidl, citam duas falhas semelhantes, envolvendo o mesmo modelo de avião, mas que não resultaram em acidentes com mortes, uma vez que os pilotos voavam em alturas superiores. O avião de Eduardo Campos, por sua vez, estava a apenas 300 metros do solo.

Falha humana

Os advogados refutaram a hipótese de falta de capacitação dos pilotos. Ruben Seidl disse que eles tinham todo treinamento adequado e contavam com experiência na aviação. Os dois fizeram, juntos, 90 voos naquele mesmo avião. “Nenhum candidato à Presidência da República pegaria um novato para pilotar a aeronave, isso é bastante óbvio. Nós contestamos essa versão”, disse.

Para a defesa, os pilotos não estavam sob efeito da desorientação espacial no momento do acidente, já que tiveram a clareza para, após a arremetida, desviar do Monte Serrat, em Santos.

Josmeyr disse que os parentes dos pilotos ficaram indignados com o resultado da investigação do Cenipa. “Foi muito falado dos pilotos, em 70% do tempo falaram deles”, reclamou o advogado. Para Josmeyr, faltou uma análise aprofundada sobre as condições da aeronave.

Portal Terra

Polícia prende os assassinos da estudante Maria Karoline

Já estão presos os bandidos que mataram a estudante Maria Karoline, ontem na avenida Itapetinga, na zona Norte de Natal.

Os dois não eram menores como chegou a ser informado.

A estudante do curso de Turismo da UFRN é filha de um condutor do SAMU Natal.

Em solidariedade ao colega vítima de tragédia familiar, os colegas de trabalho suspenderam o atendimento para velar o corpo de Maria Karoline.

A estudante estava caminhando na avenida quando foi abordada pelos assatantes que lhe pediram o celular.

Mesmo sem reagir ela foi atingida por dois disparos.

Thaísa Galvão

Banco pega fogo após explosão a caixas eletrônicos em Natal

Com a explosão, as chamas destruíram parte da agência; criminosos fugiram sem levar o dinheiro dos terminais (Foto: Divulgação/PM)
Com a explosão, as chamas destruíram parte da agência; criminosos fugiram sem levar o dinheiro dos terminais (Foto: Divulgação/PM)

A agência do Banco do Brasil da Av. Tomaz Landim, uma das mais movimentadas da Zona Norte de Natal, pegou fogo na madrugada desta quinta-feira (21) durante uma tentativa de explosão a caixas eletrônicos. Segundo a Polícia Militar, os criminosos fugiram após a tentativa frustrada de saquear os terminais.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para conter as chamas no local. Pelo menos quatro caixas ficaram completamente destruídos. A Polícia Civil tenta identificar a quadrilha através das câmeras de segurança da agência.

Lei dos Agentes Penitenciários é sancionada pelo Governador do Estado

Matéria foi aprovada pelos deputados na última sessão ordinária de 2015

A Lei Complementar 566, que dispõe sobre o Estatuto da Carreira do Agente Penitenciário, aprovada pelos deputados na sessão deliberativa da Assembleia Legislativa que encerrou as atividades em plenário, no final do ano passado, foi sancionada nesta quarta-feira (20) pelo governador Robinson Faria (PSD) com publicação na edição de hoje do Diário Oficial do Estado. O documento estabelece as garantias, os direitos e deveres, a forma de ingresso, a estrutura do cargo, a forma de desenvolvimento na carreira e o sistema de remuneração.

A Lei define os princípios institucionais do Sistema Penitenciário do Estado do Rio Grande do Norte: hierarquia funcional e disciplina; respeito à dignidade e aos direitos da pessoa humana, garantindo a sua integridade física e moral, na forma estabelecida na Constituição Federal, na Constituição Estadual e na Lei de Execução Penal.

Estão incluídos ainda o exercício das atividades penitenciárias com probidade, moderação e respeito; isenção de ânimos pessoais no exercício de suas funções; compromisso com os fins da Execução Penal à luz das leis disciplinadoras da matéria; constantes buscas de formas alternativas à melhoria do sistema prisional, com vistas à ressocialização dos apenados.

Ainda constam como princípios a preservação da integridade física e moral da pessoa presa ou sujeita à medida de segurança, de vigilância e custódia e a promoção das medidas de reintegração socioeducativa de condenados e de conjugação da sua educação como o trabalho produtivo e reinserção social.

A Lei sancionada nesta quarta-feira revoga a Lei Complementar Estadual 266 de 11 de fevereiro de 2004 e um inciso da Lei Complementar Estadual 474, de 17 de setembro de 2012.

Jovem morta na ZN de Natal na tarde de ontem (20) era uma universitária da UFRN

Maria Karoline Álvares de Melo foi alvejada no peito (Foto: Cedida)
Maria Karoline foi alvejada no peito (Foto: Cedida)

Uma universitária de 19 anos foi morta com um tiro no tórax e outro na cabeça na tarde desta quarta-feira (20) em um assalto na Zona Norte de Natal. Maria Karoline Álvares de Melo caminhava pela Avenida Itapetinga, no bairro Potengi, com a irmã quando foi abordada por dois assaltantes. O crime aconteceu por volta das 16h30. Karoline morreu no local.

De acordo com informações da Polícia Militar, a universitária e a irmã dela caminhavam quando dois homens em uma moto anunciaram o assalto.

Ainda segundo informações da PM, elas entregaram os celulares e mesmo assim um dos bandidos atirou.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas Maria Karoline já estava morta. A irmã dela não foi ferida. Os criminosos fugiram.

G1

Jovem que fazia caminhada na Avenida Itapetinga é morta por causa de celular

 12439263_873560192765453_461732973326730774_n

Uma jovem de 19 anos, que caminhava na Avenida Itapetinga, Zona Norte de Natal, na tarde de hoje (20) acompanhada de sua irmã, foi surpreendida quando terminou sua caminha por dois marginais que as abordaram e anunciaram um assalto.

Segundo informações de populares, a irmã da vítima fatal correu por medo dos bandidos, enquanto a garota assassinada ficou no local, quando foi baleada no peito sofrendo morte imediata.

Como sempre os bandidos estavam em uma moto e capacetes, o que será difícil ser identificados. Caso alguém tenha alguma informação, queiram passar para a polícia pelo 190.