Para Kelps problema do RN vai além da crise e passa por mudanças estruturais

Crédito da Foto: Eduardo Maia
Crédito da Foto: Eduardo Maia

No pronunciamento que fez durante a sessão plenária desta quarta-feira (10), o deputado Kelps Lima (Solidariedade) fez críticas ao Governo do RN, que na sua avaliação, não tem serviços de referência em áreas com a Saúde ou Educação. Para Kelps, o maior problema do Estado não é financeiro, mas passa por mudanças estruturais.

“É uma ilusão achar que a crise é o nosso maior problema financeiro. Se não forem feitas mudanças estruturais, essa questão da previdência só vai piorar. Na gestão da então governadora Rosalba Ciarlini, o déficit era em torno de R$ 8 milhões, agora está girando em cerca de R$ 100 milhões mensais”, alertou o deputado.

Kelps afirmou que enquanto a crise tende a arrefecer, a questão da previdência é uma preocupação perene, um problema que precisa ser equacionado, debatido em conjunto com a sociedade e servidores. “As soluções enviadas pelo Governo para cá são sempre paliativas. A previdência é uma delas e esse projeto não evolui por inércia do Governo”, criticou.

Na sua avaliação, o RN não tem grandes exemplos de bom funcionamento na saúde pública ou escolas de referência, que sirvam de exemplo a outros Estados da federação. “Farei aqui esse registro, todos os dias e quantas vezes for necessário”, afirmou.

Convocação – A questão dos 814 aprovados no concurso da PM também foi abordada pelo parlamentar, que sugeriu uma saída jurídica para a convocação. Kelps Lima afirmou que é preciso colocar mais policiais nas ruas e que o Governo deveria providenciar esta convocação após a retirada das tropas federais do RN.