Políticos e entidades comemoram 2 anos da soltura de Lula

Lula ao lado de Haddad e da namorada Janja
Lula deixou a prisão em 8 de novembro de 2019 ao lado de Fernando Haddad e na namorada, Janja. / Ricardo Stuckert – 8.nov.2019.

Congressistas petistas, sindicatos e entidades lembraram nesta 2ª feira (8.nov.2021) o aniversário de 2 anos da soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O petista foi preso no âmbito da operação Lava Jato depois de ser condenado em 2ª Instância em 2 processos, um com confirmação do STJ (Superior Tribunal de Justiça). No total, Lula ficou 580 dias preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR), sede da extinta força-tarefa da Lava Jato. Ele se apresentou à sede da PF em 7 de abril de 2018 e foi liberado em 8 de novembro de 2019.

Lula foi condenado pelo então juiz Sergio Moro no caso envolvendo o triplex do Guarujá e pela juíza substituta Gabriela Hardt no caso do sítio de Atibaia. Ambas condenações tiveram suas penas ampliadas pelo TRF-4 (Tribunal Regional Federal), mas a 5ª Turma do STJ reduziu a sentença no 1º processo.

Todas as condenações, entretanto, foram anuladas pelo STF (Supremo Tribunal Federal) depois que a Corte considerou Moro suspeito no julgamento dos processos. Lula foi solto antes desse julgamento, quando o Supremo aboliu a possibilidade de prisão antes do trânsito completo das ações, ou seja, quando se esgotam os recursos nas instâncias superiores.

Poder 360

Leave a Comment