Precarização dos serviços de odontologia no RN será discutida em audiência pública

Foto http://www.indike.com.br/odontologia/
Foto http://www.indike.com.br/odontologia/

Os dentistas do Rio Grande do Norte estão em campanha pela valorização da profissão e contra a precarização da odontologia no Sistema Único de Saúde (SUS). Para ampliar o debate, a Assembleia Legislativa realizará, na quinta-feira (11), às 14h, uma audiência pública acerca do tema, contando com a participação dos profissionais, representantes do Poder Público e comunidade em geral. A discussão foi sugerida pelo deputado Raimundo Fernandes (PSDB).

Desde o fim de julho, o Sindicato dos Odontologistas do Rio Grande do Norte (SOE-RN) tem realizado ações na cidade para chamar a atenção da sociedade à situação dos profissionais da odontologia. Além da precarização dos serviços, a falta de profissionais concursados, más condições de trabalho e baixa remuneração são alvos das manifestações.

Segundo o SOE, o piso salarial dos odontólogos está entre R$ 1.800 e R$ 2.000 por 40 horas trabalhadas. Os profissionais tentam fazer com que o valor passe para R$ 6.300 com a mesma carga horária. Além disso, a categoria também pleiteia a implantação da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Odontológicos (CBHPO), que estabelece uma tabela com valores padrão em relação aos honorários para cada procedimento.

“É importante que escutemos a real situação dessa profissão tão importante para a sociedade. Acredito que teremos uma audiênca pública de alto nível e, com certeza, será importante para a sociedade”, disse o deputado Raimundo Fernandes.

A Audiência Pública ocorrerá no auditório do Palácio José Augusto, da Assembleia Legislativa, e será transmitida ao vivo pela Rádio Assembleia e TV Assembleia. A participação é aberta ao público.