Presos em confronto com a PM na Grande Natal são fugitivos de Alcaçuz

presos
Diego Gregório Meirelles Santos e Bruno Mitchell Carvalho de Farias foram feridos e socorridos (Foto: Divulgação/PM)

Os dois homens presos na manhã desta terça-feira (14) após um confronto armado com a Polícia Militar em Parnamirim, cidade da Grande Natal, são fugitivos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior presídio do RN. Segundo a própria PM, Diego Gregório Meirelles Santos e Bruno Mitchell Carvalho de Farias fugiram na noite de 10 de abril deste ano juntamente com outros quatro detentos. O homem que morreu na troca de tiros ainda não foi identificado.

Os presos trocaram tiros com a PM próximo ao Banco do Brasil do bairro Cohabinal. Os suspeitos, que estavam vestidos de terno e gravata, chegaram a roubar as armas de dois vigilantes da agência. Uma mulher loira, que também faria parte da quadrilha, conseguiu fugir. As informações são do major Rodrigues Barreto, comandante do BPChoque.

1_j2aoNOx
Um dos suspeitos de participar do assalto foi baleado; homens estavam vestidos de terno e gravata (Foto: Divulgação/PM)

Ainda segundo o comandante, os suspeitos teriam roubado um carro. Houve perseguição e o veículo acabou batendo em outro automóvel. Os assaltantes que estavam no carro estariam preparados para dar fuga a outros criminosos que estavam dentro do banco. Na agência, dois vigilantes foram rendidos e tiveram as armas levadas. Com a chegada da polícia, as armas foram encontradas dentro de uma bolsa, que foi largada pelos assaltantes.

Bruno Mitchell, um dos assaltantes preso, ainda tentou se esconder dentro de uma casa. Ele fez a moradora refém, mas logo se rendeu.

O helicóptero Potiguar 1, aeronave da Secretaria de Segurança Pública (Sesed), sobrevoou a região na tentativa de localizar a mulher ou outros envolvidos no crime. Até a publicação desta matéria, mais ninguém havia sido encontrado.

Do G1