Queda nas vendas do comércio varejista do RN preocupa Hermano Morais

unnamed (3)

As vendas do comércio varejista potiguar registraram, em junho, queda de 11,2% em relação a igual período do ano passado, segundo dados do IBGE. Com isso, o acumulado do primeiro semestre de 2016 no Estado já mostra uma queda de 10,3%. O percentual, acima do 1,9% de queda registrado nos seis primeiros meses de 2015, preocupa o deputado Hermano Morais (PMDB), que se pronunciou nesta quarta-feira (10) na Assembleia Legislativa sobre o assunto.

“No Rio Grande do Norte, a queda assusta, pois o setor é um dos mais importantes por causa da geração de emprego e renda. O comércio varejista tem sido grande mantenedor das vagas de trabalho no RN”, disse Hermano.

O deputado defende que é preciso buscar alternativas para enfrentar as dificuldades e questiona o Governo do Estado sobre o que pode ser feito para vencer a crise enquanto a economia nacional ainda está sendo restabelecida.

“Não vejo medidas estimulantes para manter os empregos que ainda restam no Estado. Nosso quadro é desanimador e o segmento mais sofrido da cadeia produtiva é a juventude, que busca um espaço no mercado de trabalho e não consegue”, destacou o deputado.

Hermano Morais ressalta ainda que no interior do Estado, várias cerâmicas foram fechadas e o desemprego acentuado.

Assessoria