Quem é de fato o presidente do Supremo Tribunal de Justiça para interferir no plenário do senado

A decisão do presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Dias Toffoli, interferindo no poder legislativo confirma o ativismo judiciário que vem ocorrendo por alguns anos neste Brasil.

O parlamento nacional tem autonomia. Se os senadores, em sua maioria, na sessão de ontem, 01, votaram por uma votação aberta, o presidente do STF não tem competência para interferir no voto do plenário.

No caso, basta que o atual presidente do senado desista de ser candidato para presidente da casa. É a unica coisa que ainda não foi decidida.

50 contra senadores estão contra o voto secreto podendo ser que todos estes estejam contra a volta de Renan para presidência da casa.

Leave a Comment