Revista em homenagem ao Monsenhor Paulo Herôncio foi lançada em Currais Novos

Foto cedida

Foi lançada na manhã desta terça-feira (1º) a Revista do Monsenhor Paulo Herôncio, dentro da programação aos 57 anos de morte do sacerdote. O material histórico foi apresentado no auditório da Câmara dos Dirigentes Lojistas em cerimônia restrita para imprensa e autoridades. Com distribuição gratuita a revista conta a história e legado do sacerdote que durante 26 anos foi vigário em Currais Novos e deixou marcas expressivas na construção de escolas, capelas, além da mobilização da sociedade para execução das suas ideais visionárias.

Além do empresário Sérgio Dantas, equipe da revista e imprensa, estiveram presentes o Vigário Geral da Diocese de Caicó Padre Welson e os padres Cláudio da Paróquia de Sant’Ana, Janilson da Paróquia da Imaculada Conceição,  prefeito da cidade Odon Júnior, presidente da Câmara João Neto, juiz da comarca de Currais Novos Marcus Vinícius, presidente da CDL Anderson Azevedo e outras autoridades.

Idealizada pelo empresário Sérgio Dantas, que é admirador da obra religiosa e social do Monsenhor Paulo Herôncio de Melo, a revista teve a coordenação editorial do jornalista Ismael Medeiros e editoria da jornalista Eliane Cristina Gomes, que junto com o também jornalista João Bezerra, escreveram e pesquisaram a vida do Monsenhor. O projeto gráfico foi de Gabriel Campos e a fotografia de Alesson Neydson, todos curraisnovenses. “Contar esta história não foi fácil: reviramos arquivos históricos, consultamos diários guardados em gavetas que tem as marcas do tempo, analisamos fotografias que flagraram o sacerdócio deste personagem e entrevistamos exaustivamente pessoas para quem a memória de Monsenhor Paulo Herôncio continua viva”, falou Ismael. “Nosso trabalho de pesquisa foi revelador, ao mostrar uma figura essencial para o desenvolvimento da cidade. Também buscamos conversar com pessoas que conviveram com o Monsenhor, elas são testemunho vivo das benesses que o sacerdote fez em Currais Novos”, complementou Eliane Cristina.

Em sua fala Sérgio fez questão de enaltecer toda contribuição que o Monsenhor Paulo Herôncio deixou para a região. “Agora estou contribuindo para o resgate da memória dele, para não deixar morrer a pessoa do Monsenhor que é desconhecido de muitos em Currais Novos, tenho isso como uma missão. Acho que já deveria ter muito mais que uma praça com o nome dele na cidade. Como sugestão e por tudo que ele fez, acho que as autoridades poderiam nomear este espaço tão pujante da entrada da cidade, que está em crescimento de Bairro Monsenhor Paulo Herôncio”, contou. O empresário está reformando uma praça que leva o nome do padre e será entregue a comunidade no mês de janeiro.

Leave a Comment