Rio 2016 se despede com música elogiada, chuva e Super Mario rumo a Tóquio

 1/44 SLIDES © Foto: Felipe Dana/AP

1/44 SLIDES © Foto: Felipe Dana/AP

Está encerrada a Olimpíada do Rio de Janeiro. Após 16 dias de competição, o Brasil mostrou ao mundo que era capaz de sediar este grande evento, celebrado na cerimônia de encerramento.

Sob chuva, com música elogiada pela mídia internacional e belas sequências artísticas, os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro foram encerrados oficialmente neste domingo, no Maracanã.

A trilha sonora foi um espetáculo à parte, com muitos elogios e misturando ritmos como frevo e forró e artistas como Roberta de Sá, Lenine e Martinho da Vila. O espetáculo artístico, também. Por parte do Brasil, homenagens aos artesãos, às rendeiras e aos artistas de barro, com belas coreografias e um belo carnaval no fim.

Na transição para o Japão, um dos momentos mais divertidos, com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, se “transformando” no personagem de videogame Mario e aparecendo no centro do Maracanã.

Shinzo Abe, primeiro ministro do Japão, vestido de Super Mario
© Getty Shinzo Abe, primeiro ministro do Japão, vestido de Super Mario

 Principais nomes da Olimpíada, os atletas aderiram bem ao evento de encerramento. A organização ficou surpresa com a aparição de cerca de sete mil deles.

Além das apresentações e coreografias, um dos pontos mais notáveis da cerimônia foi a participação da saltadora russa Yelena Isinbayeva. Vetada de participar do evento por causa da suspensão do país pela IAAF, ela – que tem dois ouros e um bronze olímpicos – marcou presença por ser da Comissão de Atletas eleita para representar a Olimpíada. Ela anunciou sua aposentadoria do esporte no Brasil.

 Getty Bandeira do Brasil é projetada na cerimônia de encerramento: como foi o país no Rio-2016?
Getty Bandeira do Brasil é projetada na cerimônia de encerramento: como foi o país no Rio-2016?

No âmbito mais político, a ausência notável ficou por conta do presidente interino Michel Temer. Ele foi representado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

O encaminhamento final começou com um discurso do presidente do Comitê Rio 2016 e do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman. “Sou o homem mais feliz do mundo. O melhor lugar do mundo é aqui. Os Jogos vão ficar na memória e no coração dos homens, mulheres e jovens que foram tocados pela chama olímpica. O Rio fez história. Foram sete anos de trabalho. Valeu cada dia, cada minuto, cada segundo. Boa sorte a Tóquio”

O presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, acrescentou com um “Jogos maravilhosos da Cidade Maravilhosa. A Olimpíada fará o Rio melhor sem dúvidas”.

Próxima parada: Tóquio, em 2020.

Fonte: http://www.msn.com