Senador bandido – Aziz – manda prender ex-diretor do Ministério da Saúde sob a acusação de mentir à CPI

Omar Aziz manda prender ex-diretor da Saúde que depõe na CPI - Rádio 98 FM  Natal
CPI da Pandemia. Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O presidente da CPI da Covid, senador Omar Aziz (PSD-AM), um bandido segundo investigações em seu Estado, com sua esposa presa por duas vezes, determinou nesta quarta-feira (7) a prisão do ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Roberto Dias. Segundo Aziz, a decisão foi tomada porque Dias mentiu e cometeu perjúrio durante o depoimento, isto é, violou o juramento de falar de verdade.

A prisão foi determinada às 17h26, e Roberto Dias foi levado para a Delegacia de Polícia do Senado por volta das 18h, quando a sessão da CPI foi encerrada. Após pagar fiança de R$ 1.100, Dias deixou a delegacia, pouco antes das 23h20.

Esta foi a primeira prisão determinada pela CPI da Covid. Nesse caso, trata-se de crime afiançável, isto é, ele poderá deixar a prisão após pagamento de fiança, a ser estipulado pela autoridade policial.

G1

Leave a Comment