Servidores de São Paulo visitam ALRN para conhecer programas de destaque nacional

Após vencer o “Prêmio Assembleia Cidadã”, na categoria Gestão, com o Programa Legis RH, durante a 23ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE), realizada em novembro, em Salvador, a Assembleia Legislativa do RN tornou-se referência para outros Legislativos do Brasil. Foi o caso da Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP), que enviou para a sede Potiguar, esta semana, três técnicos em informática, com o objetivo de conhecer os programas desenvolvidos pela Diretoria de Gestão Tecnológica.

De acordo com o diretor de Gestão Tecnológica da Assembleia Legislativa do RN, Mário Sérgio Gurgel, o sistema de RH potiguar tem diferenciais que nenhum sistema do mercado possui. “Nós temos o Portal do Servidor, a integração com o Diário Oficial e o Portal da Transparência, a forte gestão de despesas e o crachá virtual. Esses são itens que a maioria dos sistemas não têm e, com certeza, nenhum possui todos eles juntos”, explicou. 

O assessor de informática da ALESP, Fábio Paim, disse que a equipe paulista admirou a qualidade e capacidade inovadora dos programas da ALRN. “A gente ficou bastante impressionado com a parte de gestão legislativa e técnica que vocês possuem em cima dos processos da Casa. Com certeza pretendemos levar essa experiência para lá, para construir um módulo de gestão geral que ainda não temos em São Paulo”, destacou o servidor.

Fábio Paim disse ainda que o Legislativo Paulista pretende manter contato com o Potiguar para ampliar sua gama de conhecimentos. “Nós temos a intenção de continuar em contato com os colegas do RN, para conhecer ainda mais sobre as tecnologias utilizadas aqui e verificar se podemos importar alguma e aprimorarmos o nosso sistema”, frisou.

As Casas Legislativas da Bahia, Rio de Janeiro, Pernambuco e Mato Grosso também demonstraram interesse em conhecer o sistema desenvolvido pelos servidores potiguares e, em breve, devem visitar a sede do Rio Grande do Norte.

Legis RH

O Legis RH foi desenvolvido pela Diretoria de Gestão Tecnológica, é utilizado no setor de Recursos Humanos e Folha de Pagamento e gerou uma economia de mais de 75% com sistemas utilizados antes desse período, possibilitando o investimento em insumos e infraestrutura.