STF tenta emparedar Bolsonaro por supostamente ter compartilhado vídeo de convite para as manifestações a favor do Brasil

Resultado de imagem para celso de mello stf
Ministro do STF Celso de Melo/ Foto da Internet

O site Conjur Notícias revela que foi escalado o ministro Celso de Melo para emparedar o presidente Jair Messias Bolsonaro, que possivelmente tenha compartilhado vídeo da campanha onde populares brasileiros convocam o povo para ir às ruas no próximo dia 15 de março.

Todos sabem que há um grupo de ministros do STF que estão constantemente dando seus votos contra o que almeja a população brasileira, como foi no caso da prisão em segunda instância, com o intuito de apenas soltarem o ex-presidente Lula.

Agora, mal acabou o carnaval, juntaram-se contra Bolsonaro os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Lula, os presidentes do Senado e da Câmara Federal, Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia com objetivo de impedir a continuidade de Bolsonaro como presidente.

Ainda há mensagens vinda do STF em que diz da possibilidade de o presidente Bolsonaro ter praticado crime de responsabilidade por supostamente ter compartilhado esse vídeo. O STF agindo como consultor jurídico.

Leia a nota do decano do STF:

Essa gravíssima conclamação, se realmente confirmada, revela a face sombria de um presidente da República que desconhece o valor da ordem constitucional, que ignora o sentido fundamental da separação de poderes, que demonstra uma visão indigna de quem não está à altura do altíssimo cargo que exerce e cujo ato, de inequívoca hostilidade aos demais Poderes da República, traduz gesto de ominoso desapreço e de inaceitável degradação do princípio democrático!!! O presidente da República, qualquer que ele seja, embora possa muito, não pode tudo, pois lhe é vedado, sob pena de incidir em crime de responsabilidade, transgredir a supremacia político-jurídica da Constituição e das leis da República!

Conjur

Leave a Comment