Sukio Mahikari recebe homenagem da Assembleia Legislativa

Uma vida centrada em Deus, independente da religião, e a imposição das mãos para purificação da mente, reenergização e cura dos enfermos. Estes são os principais preceitos da Sukio Mahikari, com sede em 75 países e mais de um milhão de membros ativos. O movimento religioso foi homenageado na Assembleia Legislativa, em sessão solene na manhã desta segunda-feira (18), por iniciativa do deputado Kelps Lima (SDD).

“Gostaria de agradecer a tanta gente de bem, pessoas que acordam e se dedicam a fazer o bem aos outros, à sociedade e aos que mais precisam. Hoje não me sinto homenageando, me sinto o homenageado, pois sempre sonhei em participar do processo de transformação do meu Estado, como agente político”, afirmou o deputado Kelps Lima, que é o autor da lei que instituiu o Dia Mahikari no RN.

Na solenidade foram homenageados alguns dos principais diretores da Sukio Mahikari na América Latina e no Brasil, como Hiroki Shimizo, presidente da corrente religiosa na América Latina e também do presidente da sede de orientação de São Paulo, Hidekazu Sakamoto. A homenagem contou com a presença de dirigentes da Sukio Mahikari de diversas partes do País, do desembargador presidente do Tribunal de Justiça (TJRN), João Rebouças, e da vereadora Eleika Bezerra, que instituiu o Dia Mahikari em Natal

“A Sukio foi estabelecida para suscitar um movimento pragmático que visa a edificação de um mundo celestial na terra, sob o lema de que a origem da terra é única, a origem da humanidade é única, a origem de todas as previsões é única. Agradeço a homenagem rogando a Deus que abençoe com felicidade esta natureza pujante e bela do Rio Grande do Norte”, afirmou Hiroki Shimizo.
Em seu pronunciamento, Hidekazu Sakamoto lembrou que o dia 27 de fevereiro marca o momento da revelação divina recebida pelo fundador, Sukuinushi-Sama (Kootama Okada), em 1959. De modo bem sucinto, ele falou sobre o propósito da Arte Mahikari: “consiste em esclarecer o caminho, as leis que conduzem à eterna prosperidade da humanidade”, disse.

No encerramento da solenidade, Kelps Lima parlamentar destacou essa aproximação do Oriente com o Ocidente e fez críticas às posturas rígidas que vem afastando povos, religiões e ideias. “A união é sempre o melhor caminho. Cabe às pessoas de bem promover essa união e compete à Assembleia homenagear quem faz o certo, quem faz o bem e quem se dispõe a fazê-lo até fora do Estado”, disse o deputado.

 

Assessoria