Temer e Aécio na mira da Lava Jato e do STF?

aecio-temer – ueslei marcelino-reuters

Uma dúvida recorrente em Brasília era que significado teria a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Seria o ápice da Lava Jato e das investigações de corrupção, ou um feito importante num caminho mais longo, que naturalmente miraria outros partidos e outras figuras proeminentes? Uma série de eventos ocorridos nesta terça-feira levou uma nova onda de preocupação para além das odres petistas.

A primeira turma do Supremo Tribunal Federal agendou para a próxima terça-feira o julgamento que pode aceitar denúncia contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) no caso em que é acusado de corrupção passiva e obstrução de Justiça com base na delação do grupo J&F.

Aécio aparece em gravação pedindo 2 milhões de reais ao empresário Joesley Batista e chega a afirmar que poderia “matar” o intermediário. Ele é investigado em nove inquéritos no Supremo e, caso a corte aceite as denúncias, pode se tornar réu pela primeira vez na Lava-Jato.

O presidente Michel Temer (MDB) é outro que também está na mira da Lava Jato. Ele é apontado com chefe de um esquema que lhe proporcionaria mensalmente, dado pela JBS, um valor de quinhentos mil Reais por mês durante 30 anos. Um contrato ilícito que ficaria para seu filho.

 

Fonte: https://exame.abril.com.br/brasil/mdb-e-psdb-os-novos-alvos-da-lava-jato-e-do-stf/?bt_ee=KoJqCZu/qJ/AqH4ma11EPeAfN+haohzildJMcRBPt/T+vPiqFyOXo+rDMW/K4sVX&bt_ts=1523443382599