WhatsApp, Instagram e Facebook voltou ao ar após mais de 6h de queda

A causa da instabilidade, que afetou o mundo todo, ainda não foi esclarecida pelas plataformas

Depois de quase sete horas fora do ar, o Instagram, o Facebook e o WhatsApp voltaram a funcionar. Os primeiros relatos de falhas nos serviços apareceram no começo da tarde desta segunda-feira, 4, por volta do meio-dia.

Rapidamente, a falha virou um dos assuntos mais comentados do Twitter, principal plataforma, que não foi afetada. A causa da instabilidade, que afetou o mundo todo, ainda não foi esclarecida pelas plataformas. O jornalista de tecnologia e vida digital da Jovem Pan, Carlos Aros, explicou que uma das possíveis causas da queda pode ser uma falha no DNS, que é um sistema que redireciona os domínios para os sites. “O que os especialistas indicam é que pode ser uma falha de DNS, que é uma sigla para uma funcionalidade importante em um sistema de internet como o que nós temos.

É o que dá nome aos domínios de internet e direcionam nosso acesso para um determinado endereço de IP, que faz com que o aplicativo abra. Possivelmente essa falha de DNS estaria causando essa suspensão de serviços”, afirmou Aros.

Apesar da explicação, o jornalista ressaltou que é impossível determinar a razão da queda, uma vez que outras coisas podem ter sido responsáveis pela falha e que o Facebook não se manifesta sobre problemas semelhantes.

Além disso, Aros disse que a concorrência do WhatAapp se beneficia, mas também está sofrendo com um aumento de fluxo. “Imagine um volume tão grande de pessoas migrando para outros aplicativos. É o que tem acontecido.

Todo mundo correndo para o Telegram e para o Signal”, disse o jornalista. Segundo o The New York Times, o Facebook enviou uma pequena equipe até sua sede na Califórnia para corrigir manualmente os erros apresentados nos servidores.

O jornal teve acesso a um memorando interno que informa que houve falhas no sistema interno da empresa, incluindo sistemas de segurança, calendário interno e ferramentas de agendamento.

Chamadas de telefone celular e e-mails dos funcionários também foram afetados. O memorando diz ainda que a interrupção dos serviços é “um risco ALTO para as pessoas, risco MODERADO para os ativos e um risco ALTO para a reputação do Facebook”. Segundo fontes ouvidas pelo NYT, um ataque hacker está fora de questão pelo alto grau de dificuldade.

Jovem Pan

Leave a Comment