Vivaldo Costa reforça importância da Ciência e Ubaldo destaca leis sancionadas

O deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) voltou a se pronunciar, no horário destinado a deputados, na sessão desta quarta-feira (05), na Assembleia Legislativa, sobre a necessidade, de impedir o avanço da pandemia no Brasil, de se ouvir a Ciência. Ele citou mais uma vez o cientista americano Anthony Faucy, que comanda a força-tarefa dos Estados Unidos contra Covid, como exemplo a ser seguido no Brasil.
 
“Os Estados Unidos tinham um presidente negacionista”, disse Vivaldo, referindo-se a Donald Trump, ressaltando que o negacionismo tornou o país como recordista em número de mortes por covid. Vivaldo lembra que, da posse do presidente Joe Biden para cá, a situação dos Estados Unidos foi revertida, e chama atenção para o que o infectologista fala sobre o Brasil.
 
“O que ele diz sobre o Brasil é preocupante, a pandemia é sem controle, o número de mortos é cada vez mais alto. É preciso fazer lockdown, é preciso fechar tudo”, afirmou o deputado, se referindo às declarações do assessor do presidente Joe Biden. Vivaldo voltou a alertar para que se siga orientações da Organização Mundial de Saúde, da Anvisa e dos comitês científicos. Vivaldo lamentou as mortes recentes dos ex-prefeitos de Parnamirim e de Macaíba, acometidos pela doença.
 
O deputado Ubaldo Fernandes (PL) também se pronunciou no horário para agradecer à governadora Fátima Bezerra (PT) por ter sancionado leis de sua autoria. Uma das leis institui no início do mês de março, a Semana de Atenção à Saúde Auditiva da Pessoa Idosa, quando o Estado terá que fazer campanhas de conscientização e atividades como exames específicos. Outra lei assegura ao deficiente visual idoso o direito de receber, sem taxa pelo serviço, as faturas de serviços em braile.
 
Também foi sancionada pela governadora, lei do deputado Ubaldo Fernandes que obriga laboratórios públicos e privados enviarem notificação à Secretaria Estadual de Saúde sobre casos de diabetes. E a outra lei, segundo o parlamentar, institui no calendário oficial de eventos do Rio Grande do Norte, o dia estadual em memória às vítimas da Covid. A data, de acordo com o projeto sancionado, será 28 de março, quando as pessoas que perderam a vida para a doença e seus familiares serão homenageados. O deputado Ubaldo aproveitou o tema para lamentar a morte do ator Paulo Gustavo.

Leave a Comment